• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2007.tde-22062007-144911
Documento
Autor
Nome completo
Karoline de Macedo Gonçalves Frota
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Arêas, José Alfredo Gomes (Presidente)
Damasceno, Nágila Raquel Teixeira
Santos Filho, Raul Dias dos
Título em português
Efeito do feijão caupi (Vigna unguiculata L. Walp) e da proteína isolada no metabolismo lipídico em hamsters hipercolesterolemizados
Palavras-chave em português
Alimento funcional
Esteatose
Feijão caupi
Isolado protéico
Metabolismo lipídico
Soja
Resumo em português
Introdução - A soja e outras leguminosas são consideradas como alimentos funcionais por apresentarem propriedades hipocolesterlemizantes. Esta propriedade, porém, ainda não foi relatada para o feijão caupi. Um possível componente deste grão responsável pelo feito redutor de colesterol é sua proteína. Objetivo - Produzir isolado protéico de feijão caupi e verificar a influência do grão integral e de sua proteína isolada no metabolismo lipídico de hamsters hipercolesterolemizados pela dieta. Métodos - O isolado protéico de feijão caupi foi produzido por precipitação isoelétrica, utilizando-se pH 8,5 para solubilização da proteína e 4,5 para a sua precipitação, obtendo-se um isolado com 92 % de proteína. O isolado protéico (IP) e o feijão caupi integral (FCI) foram utilizados como fonte protéica em dietas experimentais para hamsters que tiveram hipercolesterolemia induzida por dieta contendo 20 % de caseína, 13,5 % de gordura saturada e 0,1 % de colesterol, por 3 semanas. Os animais foram distribuídos em três grupos, recebendo cada grupo dieta com 20 % de caseína (controle), dieta com 20 % de proteína de isolado de feijão caupi e dieta com 20% de proteína de feijão caupi integral, por 4 semanas. Resultados - Comparando-se à dieta controle, a dieta com FCI e IP provocaram reduções significativas no colesterol total (49 % e 20 %, respectivamente) e colesterol não-HDL (54 % e 22 %, respectivamente). Análises histológicas do fígado foram realizadas e observou-se que IP e o FCI proporcionaram efeito hepatoprotetor comparado à caseína, pois o grupo que recebeu caseína apresentou em média esteatose difusa e intensa, enquanto grupo com feijão e isolado apresentaram esteatose focal e, em alguns casos, ausentes. Alguns possíveis mecanismos envolvidos para o efeito benéfico no metabolismo lipídico foram investigados. A digestibilidade verdadeira do IP foi igual à da caseína, enquanto a do feijão integral foi menor. A excreção de ácidos biliares e colesterol foi inversamente proporcional aos níveis plasmáticos do colesterol dos animais submetidos às diferentes dietas. Os animais com a dieta de feijão integral apresentaram a maior excreção de ácidos biliares e colesterol nas fezes; valores estatisticamente diferentes aos dos animais da dieta com caseína. Conclusões - O feijão caupi e sua proteína isolada reduzem o colesterol plasmático e proporcionam efeito hepatoprotetor. A digestibilidade, excreção de ácidos biliares e colesterol não estão relacionados com a redução do colesterol provocada pelo IP. O mecanismo envolvido na redução do colesterol nestes experimentos ainda não está totalmente elucidado, sugerindo que a proteína isolada do feijão caupi atue na síntese de colesterol, pois não foi observado aumento na sua excreção.
Título em inglês
Effect of the whole seed and protein isolate of cowpea (Vigna unguiculata L. Walp) on the lipid metabolism of hypercholesterolemic hamsters
Palavras-chave em inglês
Cowpea
Functional food
Lipid metabolism
Protein isolate
Soya
Steatosis
Resumo em inglês
Introduction - Soya and other legume seeds are considered functional food because of their hypocholesterolemic properties. This property, however, is not reported yet for cowpea. A possible component present in this grain that could respond for the hypocholesterolemic effect is the protein fraction. Objective - To produce protein isolate of cowpea and to verify the influence of the whole seed and its isolated protein on the lipid metabolism of diet hypercholesterolemized hamsters. Methods - The cowpea protein isolate was prepared by isoelectric precipitation, using pH 8.5 for solubilization and pH 4.5 for protein precipitation. The isolate obtained presented protein content of about 92%. The protein isolate (PI) and cowpea whole seed (CWS) were used as protein source in experimental diets fed to hamsters that previously had their blood cholesterol increased by a diet containing 20 % of casein, 13,5 % of saturated fat and 0,1 % of cholesterol during 3 weeks. Animals were divided into 3 groups and fed on diets containing: 20 % casein (control), 20 % isolate protein of cowpea and 20 % of cowpea whole seed for 4 wks. Results - The results showed that for hamster that fed on diets containing PI and CWS occurred a significant decrease in total cholesterol (49 % and 20 %, respectively) and non-HDL cholesterol (54 % and 22 %, respectively), as compared to casein group. Histological analysis of hepatic tissue was performed and showed that PI and CWS presented reduction in hepatic lipotoxicity as compared to the casein group. Therefore, the group that received casein presented steatosis widely distributed throughout the hepatic lobule, while whole seed cowpea and protein isolate meal groups produced only focal steatosis and, in some cases, it was absent. Some mechanisms involved in lowering plasma cholesterol were investigated. Digestibility for PI was equal for casein group, while it was significantly lower for CWS group. The bile acids and cholesterol excretion in the feces were inversely proportional to plasma cholesterol levels. Animals on CWS presented higher levels of feces bile acids and cholesterol; these values were statistically different from animals on casein diet. Conclusions - Whole seed cowpea and its protein isolate reduce plasma cholesterol and hepatic lipotoxicity. Digestibility, the bile acids and cholesterol excretion are not related to hypocholesterolemic effect of protein isolate of cowpea. The mechanisms involved cholesterol reduction in these experiments is not yet fully elucidated. It is suggested that protein isolate of cowpea is related to the cholesterol syntheses, as it was not verified any increase in cholesterol excretion in the animals on protein isolate diet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
capa_dissertacao.pdf (882.17 Kbytes)
Data de Publicação
2007-07-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.