• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2006.tde-15032007-135834
Documento
Autor
Nome completo
Suzana Cristina de Toledo Camacho Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Arêas, José Alfredo Gomes (Presidente)
Marques, Heloísa Helena de Sousa
Szarfarc, Sophia Cornbluth
Título em português
Desenvolvimento de snack rico em ferro e vitamina A e intervenção nutricional em crianças com HIV/Aids
Palavras-chave em português
AIDS
Anemia
Deficiência nutricional
HIV
Vitamina A
Resumo em português
As crianças infectadas por HIV/Aids apresentam desnutrição e deficiências nutricionais, como anemia por deficiência de ferro e hipovitaminose A, causando prejuízo ao crescimento e desenvolvimento e imunodepressão. A fortificação de alimentos é vista como uma estratégia promissora para o combate de deficiências nutricionais. Objetivo: Desenvolver e testar aceitação e eficiência de snack de milho e pulmão bovino, rico em ferro e vitamina, na redução de anemia e hipovitaminose A, em crianças com HIV/Aids. Metodologia: Inicialmente, foi realizado um estudo transversal para caracterização do estado nutricional e alterações hematológicas - anemia e dislipidemias, em 63 crianças, com idade entre 5-10 anos, com HIV/Aids da Unidade de Infectologia do Instituto da Criança - HCFMUSP. Paralelamente, foi desenvolvido o snack rico em ferro e vitamina A, através da extrusão termoplástica, utilizando-se como matérias-primas: grits de milho degerminado e pulmão bovino liofilizado desengordurado (m/m, 90:10), como fonte de ferro heme, altamente biodisponível. A aromatização foi feita com os sabores bacon, cebola e salsa, e morango; neste processo, utilizou-se substituto de gordura e acetato de retinol para fortificação. A aceitação do snack, mediante avaliação sensorial com escala hedônica facial, foi feita por 53 crianças sadias e infectadas por HIV/Aids, com idade entre 2-10 anos, na Associação Civil Anima, SP. A intervenção nutricional ocorreu durante 2 meses; foram oferecidas 3 porções de 30g/semana de snack fortificado a 18 crianças com HIV/Aids, com idade entre 5-10 anos. Para avaliação nutricional, acompanhou-se: consumo alimentar através de recordatório de 24h, peso, altura, hemoglobina, ferro total, ferritina e retinol sérico, no início e no final da intervenção. Resultados: A desnutrição leve, moderada ou grave foi encontrada em 46% dos casos; sendo a maior freqüência no índice E/I, com escore-z de 39,7%, refletindo comprometimento de longa duração (stunting) no crescimento destas crianças. A prevalência de anemia do grupo foi de 19%. Entretanto, entre os tratados com AZT foi de 66%, observando-se associação entre prevalência de anemia e uso de AZT (zidovudina) na terapia anti-retroviral (TARV) (p=0,022). As prevalências de hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia, considerando-se valores limítrofes e aumentados, foram respectivamente 53,5 e 51,7%; com observação de maiores freqüências nos grupos com inibidores de protease (IP) na TARV. O snack fortificado desenvolvido forneceu, em cada 100g, 5,07mg de ferro e 780?g RE de vitamina A, representando respectivamente 56% e até 78% das DRIS para crianças com idade entre 7-10 anos. O resultado da avaliação sensorial foi de aproximadamente 80% de aceitação para todos os sabores testados. A intervenção nutricional resultou em aumento da média de hemoglobina de 12,45+1,34g/dL para 12,56+1,33g/dL, sem significância estatística; e aumento do retinol sérico de 0,447+0,124 ?g RE para 0,928+0,415 ?g RE (p<0,01). Conclusão: Além de estudos de prevalência das deficiências nutricionais em grupos vulneráveis, tais como as crianças com HIV/Aids, são relevantes as intervenções nutricionais, pois contribuem como co-fator positivo no tratamento de doenças, através da melhora do estado nutricional do indivíduo.
Título em inglês
Development of an extruded enriched food with iron and vitamin A for nutritional intervention in a HIV/AIDS children population
Palavras-chave em inglês
AIDS
Anaemia
HIV
Nutritional deficiency
Vitamin A
Resumo em inglês
Children infected by HIV/Aids present malnutrition and nutritional deficiency, as anaemia by iron deficiency and hypovitaminosis A, causing damage to growing and developmente. The food fortification is seen as promising strategy to the combat of nutritional deficiency. Objective: Developing and testing the efficiency of a corn snack and bovine lung. rich in iron and vitamin, in the reduction of de anaemia and hypovitaminosis A, in children with HIV/Aids. Metodology: At first, a transversal study was carried out to characterize the nutritional state and hematology alterations - anaemia and dyslipidemia, in 63 children, with age between 5-10 years old, with HIV/Aids from the Unit of Infectology from Children Institute. At the same time, the snack rich and vitamin A, was developed through the thermoplastic extrusion, using as raw material: corn grits ingeminated and bovine lung lyophilized no fat (m/m, 90:10), as source of heme iron, in highly bioavailability. In the fragrance, bacon, onion and parsley and strawberry flavors, it was used fat substitute and retinol acetate to fortification. The acceptance of the snack, through sensorial evaluation with hedonic facial scale, had been done by 53 healthy children and infected by HIV/Aids, with ages between 2-10 years old, in the Civil Anima Association, SP. Finally, the nutritional intervention was done during 2 months; it was offered 3 portions of 30g/week of strenghtened snack to 18 children with HIV/Aids, with ages between 5-10 years old. To nutritional evaluation, it was followed: food consumption through the 24-hour diary, weight, height, hemoglobin, total iron, ferreting e serum retinol, at the beginning and in the ending of the intervention. Results: The slight, moderate or severe malnutrition was found in 46% of the cases; being the most frequency when considered, the z-score of height-for-age 39,7% of malnutrited, reflecting commitment of long duration (stunting) in the growing of these children. The prevalence of anaemia was 19%, end more of 66% between the AZT treated; there was association between anaemia the AZT use (zidovudina) in the anti retroviral therapy (ARVT) (p=0,022). The prevalence of hypercholesterolemia e hypertrigliceridemia, considering low values and increased, were respctively 53,5 and 51,7%; with tendency to major frequencies in the groups with protease inhibitors (PI) in ARVT. The strengthened snack developed, per each 100g, guaranteed 5,07 mg of iron and 780 µg RE of A vitamin, representing respectively 56% and even 78% of DRIS to children with age between 7-10 years old. The result of sensorial evaluation, showed around 80% of acceptance to all tested flavors. The nutritional intervention, resulted in growth of the hemoglobin average of 12,45 +/- 1,34 g/dL to 12,56 +/- 1,33 g/dL, without statistics significance; and increasing of serum retinol of 0,447 +/- 0,124 to 0,928 +/- 0,415 (p«0,01). Conclusion: Besides the studies of prevalence of nutritional deficiency in vulnerable groups, such as children with HIV/Aids, the nutritional intervention are relevant, because contribute as co-positive factors in the didease treatments, through the improvement of the nutrition state of the individual.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
lima.sctc.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2007-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.