• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.87.2012.tde-21092012-104513
Documento
Autor
Nome completo
Ludmila Nakamura Rapado
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Nakano, Eliana (Presidente)
Cardoso, André Gustavo Tempone
Mendonça, Ronaldo Zucatelli
Paes, João Tadeu Ribeiro
Tuan, Roseli
Título em português
Obtenção e avaliação da atividade de compostos isolados de Piper em modelos biológicos para o controle da esquistossomose mansônica.
Palavras-chave em português
Biomphalaria
Compostos moluscicida
Esquistossomose mansoni
Esquistossomose mansoni (toxicidade)
Fracionamento biomonitorado
Prevenção de doenças
Resumo em português
A esquistossomose é incidente em países tropicais e subtropicais e o uso de moluscicidas é adequado para prevenir a infecção de pessoas. O objetivo deste estudo foi buscar compostos em Piper ativos em Biomphalaria glabrata e avaliar a atividade esquistossomicida e toxicidade do composto mais ativo. O fracionamento biomonitorado de Piper diospyrifolium resultou no isolamento da flavocavaína A e ácido 4-hidroxi-3-[3,7,11-trimetildodeca-2,6,10-trienil]benzoico. A busca de compostos também foi realizada em amidas e chalconas e dos oito compostos avaliados, quatro foram ativos, sendo a piplartina mais ativa. A piplartina não foi letal a miracídios e cercárias de Schistosoma mansoni e foi tóxica em Daphnia similis e Danio rerio, contudo ainda foi menos tóxica que a niclosamida. Neste estudo, os compostos moluscicidas foram obtidos pelo fracionamento biomonitorado de P. diospyrifolium e pela avaliação da atividade de amidas e chalconas. Ambas as metodologias foram adequadas e a análise de componente principal mostrou ser uma ferramenta viável para a busca de compostos.
Título em inglês
Obtention an evaluation of Piper compounds in biological models to schistosomiasis mansoni control.
Palavras-chave em inglês
Bioassay-guided fractionation
Biomphalaria
Molluscicidal compounds
Prevention of diseases
Schistosomiasis mansoni
Schistosomiasis mansoni (toxicity)
Resumo em inglês
Schistosomiasis is a parasitic disease and the use of molluscicides has been considered an appropriate method to prevent human infection. The aim of this study was to search for compounds in Piper active in B. glabrata and evaluate schistosomicidal activity and toxicity of the most active compound. The P. diospyrifolium bioguided fractionation resulted in flavokavain A and 4-hydroxy-3-[3,7,trimetildodeca-11-2,6,10-trienil]benzoic acid isolation. The search for active compounds was carried out in amides and chalcones. Eight compounds were evaluated, four were active and piplartine was the most active. There was no mortality of miracidia and cercariae exposed to piplartine. It was classified as toxic to D. similis and D. rerio; nevertheless was less toxic than niclosamide. In this study, molluscicidal compounds were obtained from bioguided fractionation of P.diospyrifolium and by evaluating the activity of amides and chalcones. Both methods were suitable to obtain active compounds and principal component analysis also proved to be a viable tool for obtain compounds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.