• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Débora Pagliuso
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Buckeridge, Marcos Silveira (Presidente)
Braga, Marcia Regina
Cesarino, Igor
Corete, Aline Andréia Cavalari
Título em português
Padrões de alocação de carbono estrutural e não estrutural em cinco espécies de lentilhas d´água (Lemnaceae)
Palavras-chave em português
Carboidratos
Combustível alternativo
Crescimento vegetal
Parede celular
Resumo em português
Lentilhas d´água são as menores angiospermas aquáticas monocotiledôneas, as quais são classificadas em duas subfamílias (Lemnoideae e Wolffioideae) que contemplam trinta e sete espécies representando cinco gêneros: Spirodela, Landoltia, Lemna, Wolffiella e Wolffia (APPENROTH; BORISJUK; LAM, 2013; BORISJUK et al ., 2015; FAO, 1999; LANDOLT, 1992, LES et al ., 2002). Essas plantas apresentam rápida reprodução vegetativa o que implica no acúmulo acelerado de carboidratos e proteínas, que por sua vez, confere uma enorme aplicação industrial e biotecnológica, especialmente na bioenergia (APPENROTH; BORISJUK; LAM, 2013; FAO, 1999). O balanço de carbono no crescimento relaciona-se com à assimilação fotossintética, armazenamento e consumo desses compostos, que são influenciados pela intensidade de luz (SMITH; STITT, 2007; STITT; ZEEMAN, 2012). O maior dreno de carbono assimilado é para a síntese de parede celular e sacarose, portanto, conhecendo a composição dos polissacarídeos e suas interações junto com o conteúdo de carboidratos não estruturais impacta a produção de combustíveis alternativos. O presente trabalho visou quantificar e analisar os carboidratos estruturais (açúcares de parede celular apiose, arabinose, fucose, ramnose, glicose, xilose, galactose e manose) e não estruturais (açúcares solúveis e de armazenamento sacarose, frutose, rafinose, glicose e amido) de três espécies de Lemnoideae e duas Wolffioideae comparando com as taxas de crescimento dessas plantas.
Título em inglês
Patterns of structural and non-structural carbon allocation in five species of duckweeds (Lemnaceae)
Palavras-chave em inglês
Alternative fuel
Carbohydrates
Cell wall
Plant grow
Resumo em inglês
Duckweeds are the smallest aquatic monocots classified in two subfamilies (Lemnoideae and Wolffioideae) that contemplates thirty-seven species representing five genera: Spirodela, Lemna, Landoltia, Wolffia and Wolffiella . These plants display fast vegetative reproduction, which implies a rapid accumulation of carbohydrates and protein, conferring them biotechnological and industrial applications, especially in bioenergy. Carbon balance among growth is related to photosynthetic assimilation, storage, and consume of compounds which are influenced by light intensity. The major sink of the carbon assimilated is to cell wall and sucrose synthesis, thereby knowing the polysaccharides composition and their interactions together with the non-structural carbohydrates content may impact the alternative fuels production. The present work aimed to quantify and comparative analyze structural (cell wall sugars apiose, arabinose, fucose, rhamnose, glucose, xylose, galactose, and mannose) and nonstructural (storage and soluble sugars starch, sucrose, glucose, raffinose, and fructose) carbohydrates of three Lemnoideae and two Wolffioideae species correlating to its growth rates.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2021-04-09
Data de Publicação
2019-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.