• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.87.2019.tde-06122018-092044
Documento
Autor
Nome completo
Vittoria de Lima Camandona
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Júnior, José Ribamar dos Santos Ferreira (Presidente)
Bueno, Valquiria
Pascon, Renata Castiglioni
Simon, Karin Argenti
Título em português
Análise do efeito da superexpressão de HSP27 humana na longevidade de Saccharomyces cerevisiae.
Palavras-chave em português
Biologia molecular
Gerontologia.
HSP27
Longevidade
Saccharomyces cerevisiae
Resumo em português
O envelhecimento populacional está em constante crescimento, sendo acompanhado por uma maior incidência de doenças crônicas e neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson e Huntington. Sabe-se que parte destas doenças são causadas pelo acúmulo de proteínas mal-enoveladas, e estudos têm apontado que os componentes do sistema ubiquitina-proteassomo possuem um potencial alvo terapêutico para doenças relacionadas ao processo senil do envelhecimento. A chaperona molecular HSP27 é capaz de aumentar a atividade catalítica do proteassomo e a degradação de proteínas ubiquitinadas, além de atuar em situações nocivas para célula, como choque térmico e estresse oxidativo. Em vista disso, o presente projeto visou analisar o efeito da superexpressão de HSP27 humana, sob o controle de nove promotores mutantes TEF na longevidade de S. cerevisiae. MATERIAL E MÉTODOS: Os ensaios realizados envolveram a determinação da longevidade cronológica e replicativa, ensaio de termotolerância, resistência ao estresse oxidativo e determinação da atividade proteassomal de S. cerevisiae. RESULTADOS: Os resultados obtidos indicam que a superexpressão de HSP27 prolonga a longevidade replicativa e melhora a resistência celular contra choque térmico e estresse oxidativo, além de aumentar a atividade proteasomal. Contudo, essas melhorias só ocorreram em certos níveis de expressão de HSP27, sendo TEF8 o promotor mutante que conferiu os melhores resultados. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem que a função de HSP27 implica no conceito de hormese, em que níveis ideais puderam ser determinados em S. cerevisiae, e este fato poderá ser importante para interferir na longevidade, e corroborar para o futuro desenvolvimento de fármacos que poderiam controlar a expressão gênica da proteína e modular os fenótipos observados na senescência em humanos.
Título em inglês
Analysis human HSP27 overexpression on the longevity of Saccharomyces cerevisiae.
Palavras-chave em inglês
Gerontology
HSP27
Longevity
Molecular biology
Saccharomyces cerevisiae
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Population ageing is constantly increasing, accompanied by a higher incidence of chronic and neurodegenerative diseases such as Alzheimer's, Parkinson's and Huntington's. It is known that some of these diseases are caused by accumulation of unfolded proteins, and studies have pointed out that the components of the ubiquitinproteasome system have a potentially therapeutic target for diseases related to the senile aging process. The molecular chaperone HSP27 is able to increase the catalytic activity of the proteasome and degradation of ubiquitinated proteins, besides acting in situations harmful to the cell, such as heat shock and oxidative stress. In view of this, the present study aimed to analyze the effect of overexpression of human HSP27, under the control of nine TEF mutant promoters on longevity of S. cerevisiae. MATERIAL AND METHODS: The assays involved the determination of chronological and replicative longevity, thermotolerance, resistance to oxidative stress and determination of proteasomal activity of S. cerevisiae. RESULTS: The results indicated that the overexpression of HSP27 prolongs a replicative longevity and improves the cellular resistance to heat shock and oxidative stress, besides increasing the proteasomal activity. However, these improvements only occurred at optimal levels of HSP27, wherein mutant promoter TEF8' obtained the best performance. DISCUSSION AND CONCLUSIONS: These results suggest that the function of HSP27 implies in the concept of hormesis, in which ideal levels could be determined in S. cerevisiae, and this fact may be important to interfere in the longevity, and corroborate for the future development of drugs that could control the expression of the protein and modulate the observed phenotypes in senescence in humans.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2020-12-05
Data de Publicação
2019-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.