• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.86.2007.tde-21052008-104515
Documento
Autor
Nome completo
Dorival Gonçalves Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Sauer, Ildo Luís (Presidente)
Burani, Geraldo Francisco
Paulani, Leda Maria
Santos Filho, Gildo Magalhaes dos
Sevá Filho, Arsenio Oswaldo
Título em português
Reformas na indústria elétrica brasileira: A disputa pelas 'fontes' e o controle dos excedentes
Palavras-chave em português
Reformas Indústria Elétrica. Análise Histórico-Social. Organização da indústria elétrica - Mercado -
Resumo em português
A indústria de infra-estrutura brasileira que produz, transporta e distribui a eletricidade, como parte integrante da cadeia da indústria elétrica, tem sido submetida, historicamente, a um movimento de permanente mudança em sua estrutura organizacional de produção. Estas, comumente, têm acontecido no interior de discussões realizadas nos meios empresariais, políticos - inclusive com a participação das burocracias de estado - e acadêmicos. De um modo geral, a classe trabalhadora sempre esteve ausente e nunca foi convidada a participar dos debates de como organizar a indústria de eletricidade. Aparentemente, as idéias vencedoras em cada época, acabam determinando a estrutura organizacional para aquele período histórico. Sinteticamente é comum caracterizar a evolução desta indústria em três grandes movimentos históricos. Primeiro, no princípio, quando é organizada a partir de investidores privados. Segundo, o período de grande expansão, quando a indústria de eletricidade é desenvolvida pelo Estado. Terceiro, o atual movimento de mudança, vem sendo reorganizada no sentido de retorná-la na totalidade ao controle privado. Em geral, estes movimentos de mudanças da indústria de eletricidade têm sido explicados, como resultado de tendências externas ideais, manifestadas por novas concepções organizacionais que visam o aperfeiçoamento da indústria de eletricidade, enquanto um bem para toda a sociedade. Dentro deste contexto, este estudo - "REFORMAS NA INDÚSTRIA ELÉTRICA BRASILEIRA: A DISPUTA PELAS 'FONTES' E O CONTROLE DO TRABALHO EXCEDENTE" - tem a pretensão de compreender o passado e o presente das mudanças na indústria de eletricidade brasileira segundo a perspectiva da Economia Política em Marx. Os aspectos ligados à natureza, as técnicas e as tecnologias relacionadas à indústria de eletricidade são abordados enquanto manifestações da forma social da produção capitalista. A análise das relações e das contradições surgidas na produção/circulação - em geral, manifestas em crises que se propagam para a quase totalidade da produção - e no movimento de mudanças da indústria elétrica permite identificar, quais as principais forças econômicas atuantes e suas respectivas estratégias nos cenários de luta/controle pelo trabalho excedente.
Título em inglês
REFORMS IN THE BRAZILIAN ELECTRIC INDUSTRY: THE DISPUTE FOR `SOURCES' AND THE CONTROL OF THE EXCEEDING LABOUR
Palavras-chave em inglês
Electrical Reforms Industry. History-Social Analysis. Organization of the electric industry - Market
Resumo em inglês
The industry of infrastructure that Brazil produces, transports and distributes electricity, as integrant part of the chain of the electric industry, has been submitted, historically, to a movement of permanent change in its organizational structure of production. These usually have happened in the interior of quarrels carried through in the enterprise ways, politicians - also with the participation of bureaucracies of states - and academics. In a general way, the working class always was absent and nor was invited to participate of the quarrels of as to organize the electricity industry. Apparently, the winning ideas at each time, finish determining the organizational structure for that historical period. Synthetically is common to characterize the evolution of this industry in three great historical movements. First, in the principle of industry, when it is organized from private investors. Second, the period of great expansion, when the electricity industry is developed by the State. Third, the current movement of change, comes being reorganized in the direction to return it in the totality to the private control. In general, these movements of changes of the electricity industry have been explained, as resulted of ideal external trends, revealed for new organizational conceptions that aim the improvement of the electricity industry, while a good for all the society. Inside of this scene, this study - "REFORMS IN THE BRAZILIAN ELECTRIC INDUSTRY: THE DISPUTE FOR `SOURCES' AND THE CONTROL OF THE EXCEEDING LABOUR" - the pretension has to understand the past and the present of the changes in the industry of according to perspective Brazilian electricity of the Economy Politics in Marx. On aspects to the nature, the techniques and the technologies related to the electricity industry are boarded while manifestations of the social form of the capitalist production. The analysis of the relations and the contradictions appeared in the production/circulation - in general, manifest in crises that if propagate almost for the totality of the production - and in the movement of changes of the electric industry allows to identify to which the main operating economic forces and its respective strategies in the fight scenes of control for the exceeding labour
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_dorival.pdf (6.11 Mbytes)
Data de Publicação
2008-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.