• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Rodrigues Emilio
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Zezell, Denise Maria (Presidente)
Barbosa, Marcos Pinotti
Gioso, Marco Antonio
Matera, Julia Maria
Plapler, Hélio
Título em português
Comparação da eficácia do ácido 5-aminolevulínico com a de seu metil éster utilizando-se a terapia fotodinâmica no tratamento de carcinoma espinocelular felino
Palavras-chave em português
ácido aminolevulínico
carcinoma espinocelular
felino
gato
metil aminolevulinato
Terapia fotodinâmica
Resumo em português
A comparação dos resultados obtidos utilizando-se uma única sessão de terapia fotodinâmica (PDT) com diodos emissores de luz (LEDs) de 630 nm no tratamento de carcinoma espinocelular (CEC) de gatos foi o objetivo principal do presente estudo, onde duas diferentes composições de precursores da protoporfirina IX (PPIX), o metil aminolevulinato (MEALA) e o ácido aminolevulínico (ALA) foram testados. Dezenove animais com um total de 24 lesões de CEC cutâneo confirmadas pelo estudo histopatológico foram distribuídos em dois grupos; o primeiro foi tratado com MEALA e o segundo com ALA. Pelos resultados negativos em testes sorológicos para detecção dos vírus da imunodeficiência felina (FIV) e vírus da leucemia felina (FeLV), não foi possível correlacionar a ocorrência dessas doenças virais com a incidência de CEC cutâneo nos gatos estudados. A temperatura da superfície cutânea, monitorada durante a PDT não apresentou aumento significativo (t < 3oC) nos dois grupos. Todos os animais foram submetidos a exame clínico e sanguíneo (hemograma e função hepato-renal) antes e após o tratamento, não havendo nenhuma alteração que inviabilizasse a inclusão dos mesmos no protocolo experimental e nem alterações atribuídas ao tratamento. A quantificação imunoistoquímica para o antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA) foi realizada como um fator prognóstico do tratamento, porém, os resultados obtidos foram inconclusivos para esse fim. No grupo MEALA, de 10 lesões tratadas, 30% apresentaram respostas completas, 30% apresentaram respostas parciais, 20% apresentaram resposta mínima e em 20% dos casos não houve resposta ao tratamento. Já no grupo ALA foram tratadas 14 lesões, com 28,6% de resposta parcial, 50% de resposta mínima e 21,4% sem resposta. A PDT mostrou-se promissora no tratamento de CEC cutâneo de gatos dentro das condições estudadas, com melhores resultados quando realizada com o MEALA.
Título em inglês
COMPARISON OF EFFICACIES OF ALA-PDT AND METHYL AMINOLEVULINATE-PDT IN THE TREATMENT OF FELINE SQUAMOUS CELL CARCINOMA
Palavras-chave em inglês
ácido aminolevulínico
carcinoma espinocelular
felino
gato
metil aminolevulinato
Terapia fotodinâmica
Resumo em inglês
The comparison of the results obtained with a single photodynamic therapy (PDT) session using 630 nm light emitting diodes (LEDs) in the treatment of feline cutaneous squamous cell carcinoma (SCC) was the main objective of this study, where two different protoporphyrin IX precursors, methyl aminolevulinate (ALAME) and aminolevulinic acid (ALA) were tested. Nineteen animals comprising 24 SCC of the skin histologically confirmed were distributed into two groups, the first one was treated with ALAME and the second one was treated with ALA. Because of the negative results in tests for feline immunodeficiency virus (FIV) and feline leukemia virus (FeLV) it could not be found any correlation between these diseases and skin SCC in the studied cats. The temperature of the skin during the procedure was monitored showing no significative variation. All animals were submitted to clinical exams and blood tests before and after treatment and there were no alterations that could contraindicate PDT or could be attributed to treatment. Proliferating cell nuclear antigen (PCNA) immunohistochemistry was performed as a prognostic factor of PDT, however, the results were inconclusive and no correlation could be established. Ten SCC skin lesions were treated with ALAME-PDT in the first group, 30% had complete response, 30% had partial response, 20% had minimum response and 20% had no response. In ALA group, 14 SCC lesions were treated and there was no complete response at all - 28,6% of the lesions showed partial response, 50% had minimum response and 21,4% had no response. PDT is a promising treatment for feline SCC under the studied conditions, with better results when performed with ALAME
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.