• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Arthur Augusto de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Zezell, Denise Maria (Presidente)
Ana, Patricia Aparecida da
Bachmann, Luciano
Título em português
Espectroscopia de absorção no infravermelho em pele queimada: avaliação de potenciais biomarcadores para o reparo tecidual
Palavras-chave em português
ATR-FTIR
biomarcadores
queimaduras
reparo tecidual
Resumo em português
Uma caracterização bioquímica eficiente da cicatrização das feridas por queimadura pode melhorar a rotina clínica para a ajustar os tratamento dos pacientes. Considerando a dificuldade de monitoramento de cicatrização, a espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier acoplado com o acessório de Reflexão Total Atenuada (ATR-FTIR) é uma técnica analítica a qual tem demonstrado capacidade de prover biomarcadores espectrais no materiais biológicos. Esse estudo avaliou a capacidade de usar ATR-FTIR para classificar a pele queimada com o intuito de monitorar o reparo tecidual em pacientes. Ratos Wistar com pele queimada foram avaliados pela espectroscopia ATR-FTIR nos dias 3, 7, 14 e 21 após a queimadura e comparados com amostras de grupos sadios. Os espectros obtidos foram separados nas regiões entre 900 a 1800 cm-1 e entre 2800 a 3000 cm-1 para posterior adequação quimiométrica. Avaliou-se as amplitudes das derivadas de segunda ordem dos espectros como parâmetro de discriminação, nos quais demonstraram diferenças significativas para os grupos não queimados com controle e entre grupos de queimadura usando Glicogênio (1030 cm-1), Amida I (1628 cm-1), Amida II (1514 cm-1), Colágeno em 1281 cm-1 e Colágeno em 1336 cm-1. Esses resultados indicam que ATR-FTIR é sensível para detectar os estágios de reparo tecidual e pode futuramente ser um instrumento auxiliar para a rotina clínica.
Título em inglês
Infrared absorption spectroscopy in burned skin: evaluation of potential biomarkers in the wound healing
Palavras-chave em inglês
ATR-FTIR
biomarkers
burned skin
wound healing
Resumo em inglês
Efficient biochemical characterization of burn wound healing stages can improve clinical routine to adjust the patient treatment. Considering the difficulty to monitoring wound healing, the Fourier Transform Infrared spectroscopy coupled with Attenuated Total Reflectance (ATR-FTIR) is an analytical technique that has capability to provide spectral biomarkers in biological materials. This study aims to evaluate the classification feasibility of ATR-FTIR in burned skin to follow the regenerative process in patients. Wistar rat burn tissues were evaluated by ATR-FTIR spectroscopy at 3, 7, 14, 21 days after burn and compared with the healthy group samples. The spectra was separated in the region 900 to 1800 cm-1 and the region 2800 to 3000 cm-1 for further chemometric adequation. The second derivative of amplitude was applied for discrimination which results demonstrated differences to control with non-wounded groups and between non-wounded using Glycogen (1030 cm-1), Amide I (1628 cm-1), Amide II (1514 cm-1), Colllagen in 1281 cm-1 and Collagen in 1336 cm-1. These findings indicate that ATR-FTIR is suitable to detect the burn wound healing stages and in the future can be auxiliary instrument for clinical routine.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.