• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.85.2012.tde-23102012-150844
Documento
Autor
Nome completo
Leila Modanez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Arthur, Valter (Presidente)
Beltrão, Maria Eli Puga
Brolezzi, Antonio Carlos
Calvo, Wilson Aparecido Parejo
Mastro, Nélida Lúcia Del
Título em português
Aceitação de alimentos irradiados: uma questão de educação
Palavras-chave em português
aceitação
alimento irradiado
consumidor
educação
informação
Resumo em português
O uso comercial da tecnologia de irradiação de alimentos no Brasil cresce lentamente, devido a interpretações equivocadas por grande parte dos consumidores brasileiros, que possuem uma ideia preconcebida, advinda da imagem negativa da energia nuclear. Pesquisas indicam que a difícil aceitação por parte do consumidor pode ser atribuída à confusão existente entre os termos irradiação e radioatividade, frequentemente relacionados aos riscos à saúde. Quando devidamente informados sobre o que é, para que serve e quais os benefícios da tecnologia de irradiação de alimentos, grande parte dos consumidores reage de forma positiva. Portanto, os objetivos deste trabalho foram avaliar a aceitação de consumidores brasileiros em relação ao consumo de alimentos irradiados, verificar as informações que eles receberam sobre o processo de irradiação de alimentos durante o período escolar, fazer uma análise do currículo escolar brasileiro desde o Ensino Fundamental II até o Ensino Médio, no que diz respeito às aplicações da energia nuclear e comparar o conteúdo ensinado no Brasil ao conteúdo abordado nos demais países pesquisados, como a França, os Estados Unidos e a China. A metodologia do trabalho consistiu em um levantamento sistemático da literatura específica, bem como na aplicação de um questionário para a verificação da aceitação de alimentos irradiados por consumidores brasileiros. De acordo com a bibliografia consultada, ficou clara a recomendação de uma educação, desde o início no currículo escolar, sobre as aplicações benéficas da energia nuclear, mais especificamente, na área de irradiação de alimentos. Tal recomendação deve-se ao fato de que os consumidores consultados, tanto no Brasil como em outros países, não têm conhecimento suficiente sobre os benefícios da irradiação de alimentos. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que a educação é de fundamental importância para a aceitação de novas tecnologias, por parte dos consumidores, especificamente de alimentos irradiados.
Título em inglês
Acceptance of irradiated food: an education issue
Palavras-chave em inglês
acceptance
consumer
education
information
irradiated food
Resumo em inglês
The commercial use of irradiated food technology in Brazil has a slow growing due to misinterpretation by most Brazilian consumers, who have been mislead by wrong ideas about the meaning of what is nuclear energy. Researches indicate that consumers have difficult in accepting such a technology due to the confusion between the terms irradiation and radioactivity, which are often related to health risks. When properly informed about the process, its purpose and the benefits offered by food irradiation technology, most consumers react positively. Therefore, this work aims to: first, to evaluate the acceptance of irradiated foods by Brazilian consumers; second, to verify the teaching at school about the food irradiation process; third, to analyze the Brazilian school curriculum from elementary school to high school, regarding nuclear energy applications; then, to compare the content taught in Brazil with the content covered in other surveyed countries, such as France, United States, and China. The methodology of this study consisted of a systematic survey of the specific literature, and a questionnaire to verify the acceptance of irradiated food by Brazilian consumers. According to the researched bibliography, it was clear the recommendation of an early school education about the usage of nuclear energy, more specifically, food irradiation. Such a recommendation is due to the fact that the consulted costumers, in Brazil and other countries mentioned in this work, do not clearly understand the full benefits of irradiated food. Hence, education is fundamental for the acceptance of new technologies by consumers, as it is the case with irradiated food.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.