• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
André Ricardo Machi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Arthur, Valter (Presidente)
Haddad, Gianni Queiroz
Harder, Marcia Nalesso Costa
Sato, Mário Eidi
Silva, Leonardo Gondim de Andrade e
Título em português
Efeitos da radiação ionizante nas fases do ciclo evolutivo de Aedes aegypti L. visando o seu controle através da técnica do inseto estéril
Palavras-chave em português
Aedes aegypti
controle
Dengue
irradiação
técnica do inseto estéril
Resumo em português
Aedes aegypti L. é um dos principais insetos causadores de doenças no mundo, sendo assim, é importante trabalhos envolvendo o seu manejo. O objetivo do projeto foi avaliar os efeitos da radiação gama do Cobalto-60 nas fases do ciclo evolutivo de A. aegypti, visando a aplicação da TIE. O trabalho foi realizado no Laboratório de Radiobiologia e Ambiente do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA/USP) em Piracicaba- SP. A criação do A. aegypti foi mantida nas instalações do laboratório, sob condições de 25±2°C, UR 50-70% e fotofase de 12 horas. A irradiação de todas as fases do ciclo foi realizada em uma fonte de Cobalto-60 tipo Gammacell-220, instalada no CENA/USP, nas seguintes doses: 0 (controle) até 70 Gy sob uma taxa de dose de 0,356 kGy/hora. Quando ovos foram irradiados, avaliou-se viabilidade contando o número médio de larvas L4, pupas e adultos fêmeas e machos emergidos. Foi também avaliado a porcentagem de eclosão em larvas L1 da geração F1. Para larvas irradiadas, avaliaram-se a o número médio de larvas L4, pupas, adultos fêmeas e machos emergidos, porcentagem de eclosão em larvas L1 e larvas L4 F1. Das pupas irradiadas, avaliaram-se a média de eclosão de larvas F1, de larvas L4 F1, porcentagem de pupas F1 e média de adultos machos e fêmeas F1. Em adultos irradiados, avaliaram-se a média de eclosão de larvas F1, larvas L4 F1, pupas F1 e adultos machos e fêmeas F1. Avaliaram-se parâmetros de competitividade e longevidade de machos F1. Os resultados mostraram que as doses esterilizantes para as fases irradiadas: ovo, larva e pupa foram de 15 Gy, 20 Gy e 60 Gy, respectivamente. Já para adultos da geração F,1 as doses de 45 Gy e 50 Gy para macho e fêmea. Para a fase adulta, doses de 40 Gy e 45 Gy foram esterilizantes para machos e fêmeas. No teste de competitividade, a proporção de 10 machos estéreis: 1 macho não irradiado: 1 fêmea não irradiada causou 92,2% de ovos inviáveis, na dose de 50 Gy. A longevidade dos machos foi reduzida em pupas e adultos irradiados com a dose de 40 Gy.
Título em inglês
Ionizing radiation effects on stages of evolution cicle of Aedes aegypti L. aiming the control across of the insect sterile technique
Palavras-chave em inglês
Aedes aegypti
control
Dengue
irradiation
sterile insect technique
Resumo em inglês
Aedes aegypti L. is one of the main insects that cause diseases in the world. The objective of the project was to evaluate the gamma radiation effects in the phases of the evolutionary cycle of A. aegypti, aiming the application of SIT. The work was performed at the Radiobiology and Environment Laboratory of the Center for Nuclear Energy in Agriculture (CENA/ USP) in Piracicaba - SP. The establishment of A. aegypti was kept at the laboratory under conditions of 25 ± 2 ° C, RH 50-70% and photophase of 12 hours. Irradiation of all phases of the evolutionary cycle was performed in a Gammacell-220 type Cobalt-220 source, installed in CENA/ USP, at the following doses: 0 (control) to 70 Gy at a dose rate of 0.356 kGy/ hour. When the eggs were irradiated, the viability was evaluated by counting the mean number of L4 larvae, pupae, and adult females and males emerged. The percentage of hatching of larvae L1 in F1 generation was also evaluated. When larvae were irradiated, the mean number of L4 larvae, pupae, adult and emergent males, larval L1 and L4 F1 larvae were evaluated. From the irradiated pupae, the average of larvae F1, L4 F1 larvae, pupae F1 percentage and average female and male adults F1 were evaluated. From the irradiated adults, mean F1 larvae, L4 F1 larvae, F1 pupae and F1 male and female larvae were evaluated. The parameters of male competitiveness and longevity of F1 males were evaluated. The results showed that the sterilizing doses for a irradiated phases: egg, larva and pupa were 15 Gy, 20 Gy and 60 Gy, respectively. Already for adults of the F1 generation were the doses of 45 Gy and 50 Gy for male and female. For adults doses of 40 Gy and 45 Gy were sterilizing for males and females. For the competitiveness test, the proportion of 10 sterile males: 1 Non-irradiated male: 1 Non-irradiated caused 92.2% unviable eggs, at the dose of 50 Gy. The longevity of males was reduced when pupae and adults were irradiated with a dose of 40 Gy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
2019MachiEfeitos.pdf (2.64 Mbytes)
Data de Publicação
2019-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.