• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.85.2014.tde-18122014-112107
Documento
Autor
Nome completo
Jefferson Koyaishi Torrecilha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Paulo Sergio Cardoso da (Presidente)
Cotrim, Marycel Elena Barboza
Lazzerini, Fabio Tadeu
Título em português
Extração sequencial aplicada à lama negra de Peruíbe
Palavras-chave em português
BCR-701
extração sequencial
in natura
lama negra
maturada
Resumo em português
A Lama Negra de Peruíbe é utilizada em tratamentos terapêuticos, tais como, psoríase, dermatites periféricas, acne e seborreia, além de utilizações em mialgias, artrites e processos reumáticos não articulares. Assim como a demais argilas medicinais ela pode não estar isenta de possíveis efeitos danosos à saúde, sendo os principais, a ocorrência de minerais perigosos ao sistema respiratório e possíveis efeitos devido à presença de elementos tóxicos. Uma vez utilizado com finalidade terapêutica, um material deve ser completamente caracterizado e, desta forma, amostras da lama negra de Peruíbe foram analisadas para determinar suas propriedades físicas e químicas: teor de umidade, matéria orgânica e perda ao fogo; pH, granulometria, capacidade de troca catiônica e grau de inchamento; composição elementar determinada por Análise por Ativação Neutrônica, Absorção Atômica com Forno de Grafite e fluorescência de raios X e composição mineralógica determinada por difração de raios X. Outra ferramenta bastante utilizada para avaliar o comportamento de elementos traço em diversas matrizes ambientais é a extração sequencial. Sendo assim, foi feito um processo de extração sequencial para fracionar a lama em formas geoquímicas específicas e verificar como e em que quantidade os elementos estão contidos nela. Considerando os diversos procedimentos de extração seqüencial, foi utilizado o método BCR-701 (Community Bureau of Reference) por ser o mais reprodutivo entre eles bem como uma extração simples com suor artificial a fim de se avaliar quais elementos estão potencialmente disponíveis para absorção pela pelo do paciente durante um tratamento tópico. Os resultados indicaram que a lama é constituída basicamente por um material silto-argiloso, rico em matéria orgânica e com boa capacidade de troca catiônica. Não foram observadas variações significativas na composição mineralógica e elementar das formas in natura e maturada da lama. As análises por extração sequencial e extração simples indicaram que os elementos que estão eventualmente disponíveis em maior quantidade para serem absorvidos pela pele durante o tratamento são Ca, Mg, Mn e Na.
Título em inglês
Sequential extration applied to Peruibe black mud
Palavras-chave em inglês
BCR-701
black mud
in natura
matured
sequential extration
Resumo em inglês
The Peruíbe Black mud is used in therapeutic treatments such as psoriasis, peripheral dermatitis, acne and seborrhoea, as well as in the treatment of myalgia, arthritis, rheumatism and non-articular processes. Likewise other medicinal clays, it may not be free from possible adverse health effects due to possible hazardous minerals leading to respiratory system occurrences and other effects, caused by the presence of toxic elements. Once used for therapeutic purposes, any given material should be fully characterized and thus samples of Peruíbe black mud were analyzed to determine physical and chemical properties: moisture content, organic matter and loss on ignition; pH, particle size, cation exchange capacity and swelling index. The elemental composition was determined by Neutron Activation Analysis, Atomic Absorption Graphite Furnace and X-ray fluorescence; the mineralogical composition was determined by X-ray diffraction. Another tool widely used to evaluate the behavior of trace elements, in various environmental matrices, is the sequential extraction. Thus, a sequential extraction procedure was applied to fractionate the mud in specific geochemical forms and verify how and how much of the elements may be contained in it. Considering the several sequential extraction procedures, BCR-701 method (Community Bureau of Reference) was used since it is considered the most reproducible among them. A simple extraction with an artificial sweat was, also, applied in order to verify which components are potentially available for absorption by the patient skin during the topical treatment. The results indicated that the mud is basically composed by a silty-clay material, rich in organic matter and with good cation exchange capacity. There were no significant variations in mineralogy and elemental composition of both, in natura and mature mud forms. The analysis by sequential extraction and by simple extraction indicated that the elements possibly available in larger quantities to be absorbed by the skin during treatment are Ca, Mg, Mn and Na.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.