• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Flávia Albuquerque Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Delvonei Alves de (Presidente)
Passos, Luiz Augusto Corrêa
Pimenta, Daniel Carvalho
Título em português
Análise dos indicadores epidemiológicos e operacionais do Programa de Controle da Turbeculose do município de Ipatinga, Minas Gerais, 2004 a 2014
Palavras-chave em português
HIV
indicadores epidemiológicos
saúde pública
tuberculose
Resumo em português
A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa, cujos indicadores epidemiológicos demonstram se tratar de um grave problema de saúde pública. O Brasil faz parte do grupo de países prioritários para ações de tuberculose no mundo, e o município de Ipatinga se destaca entre os de elevada carga da doença no estado de Minas Gerais. O objetivo do presente estudo é a análise dos indicadores epidemiológicos e operacionais do Programa de Controle da Tuberculose de Ipatinga (PCT) de 2004 a 2014. A metodologia está focada em estudo retrospectivo, de dados de pacientes que apresentaram tuberculose no passado; observacional, pois não houve intervenção na história da doença; longitudinal de série temporal para o período de seguimento compreendido entre 2004 e 2014. Os dados foram obtidos por meio das fichas de notificação de tuberculose do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, CEP/UNILESTE, CAAE:45295415.4.0000.5095. Os dados clínicos e epidemiológicos predominantes entre os 1.098 casos de TB foram: sexo masculino (66,2%), faixa etária de 15 a 59 anos (83,9%), raça branca e parda (61,2%) e baixo nível de escolaridade com 33,5% sem entrar no ensino médio; casos novos (85,9%), forma pulmonar (80,9%), agravos associados como alcoolismo (15,3%), AIDS (8,3%) e diabetes (5,7%). Os indicadores evidenciaram uma queda de 24,2% na incidência e 30,5 % na mortalidade, aumento na realização de sorologia para HIV de 34,6% para 75,4%, baixa realização de tratamento diretamente observado (11,4%) e de cultura de escarro (8,2%). A situação de encerramento entre casos novos foi: cura em 80,9%, abandono 10,8%, óbitos 4,5% e transferência 3,8%. A coinfecção TB/HIV associou-se positivamente com (p<0,05): faixa etária de 15 a 59 anos, acometimento extrapulmonar da doença e ausência de confirmação do caso. Foi encontrada associação significativa da cura com as variáveis sexo feminino, ausência de AIDS, de alcoolismo e de HIV; do abandono com sexo masculino, faixa etária de 15 a 59 anos e presença de confirmação do caso; e do óbito com faixa etária maior que 60 anos e alcoolismo. O PCT realiza as ações recomendadas pelo Ministério da Saúde, entretanto é necessária a intensificação de algumas delas em busca de melhorias. Os indicadores demonstraram bons resultados se comparados com a média nacional e até mesmo com o estado de Minas Gerais. Para minimizar possíveis variações nos resultados do PCT e erros nas notificações dos casos, sugere-se constante e criteriosa vigilância, tanto nas ações de controle quanto na estrutura e registro dos dados. Por fim, destaca-se a importância deste trabalho em evidenciar a dimensão da tuberculose como problema de saúde pública, sendo útil como material de apoio para orientação e planejamento de políticas públicas, capaz de contribuir para o controle e erradicação da doença, meta da Organização Mundial da Saúde.
Título em inglês
Epidemiological and operational indicators analysis of the Tuberculosis Control Program of Ipatinga municipality, Minas Gerais, from 2004 to 2014
Palavras-chave em inglês
epidemiological indicators
HIV
public health
tuberculosis
Resumo em inglês
Tuberculosis (TB) is an infectious disease whose epidemiological indicators show that it is a serious public health problem. Brazil is part of the priority group of countries for tuberculosis actions in the world, with the municipality of Ipatinga standing out among those with a high burden of disease in the state of Minas Gerais. The objective of the present study is the analysis of the epidemiological and operational indicators of Ipatinga Tuberculosis Control Program (PCT) from 2004 to 2014. The methodology is focused on a retrospective study, whose data from patients with Tuberculosis occurred in the past; observational study, without intervention in the history of the disease; longitudinal temporal study for the follow-up period from 2004 to 2014. Data were obtained through the Tuberculosis Notification Form of the Notification of Injury Information System (SINAN) and approved by the Ethics Committee in Research (CEP/UNILESTE), CAAE: 45295415.4.0000.5095. The predominant clinical and epidemiological data among the 1,098 cases of TB were: male sex (66.2%), age group of 15 to 59 years old (83.9%), caucasian and afrodescendent race (61.2%), and low schooling, less than 33.5% entered high school; new cases (85.9%), pulmonary form (80.9%), associated diseases such as alcoholism (15.3%), AIDS (8.3%) and diabetes (5.7%). The indicators showed a decrease in incidence (24.2%) and mortality (30.5%), an increase in serology for HIV from 34.6% to 75.4%, a low rate of directly observed treatment (11.4%) and sputum culture (8.2%). The treatment outcome among new cases was: success rate in 80.9%, loss to follow-up 10.8%, death 4.5% and transference 3.8%. TB / HIV co-infection was positively associated with (p <0.05): age range of 15 to 59 years, extrapulmonary TB involvement and absence of case confirmation. Significant association of success rate was found with the variables female sex and absence of AIDS, alcoholism and HIV; loss to follow-up with males, age range of 15 to 59 years and presence of case confirmation; and death with age of 60 or more years and alcoholism. The PCT performs the actions recommended by the Ministry of Health, however, it is necessary to intensify some of them in search of improvements. The indicators showed good results when compared with the national average and even with the State of Minas Gerais. In order to minimize possible variations in PCT results and errors in case reports, constant and careful surveillance is suggested, both in the control actions and in the structure and data registry. Finally, the importance of this work is highlighted in emphasizing the tuberculosis dimension as a public health problem, being useful as support material for public policy orientation and planning, capable of contributing to the control and eradication of the disease, a goal of the World Health Organization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-10
 
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.