• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.85.2017.tde-07122017-110519
Documento
Autor
Nome completo
Jefferson de Jesus Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Araújo, Elaine Bortoleti de (Presidente)
Massicano, Adriana Vidal Fernandes
Passos, Luiz Augusto Corrêa
Título em português
Radiomarcação de inibidor de PSMA com 177Lu e avaliação biológica do potencial para aplicação no tratamento do câncer de próstata
Palavras-chave em português
câncer de próstata
radiofármaco
terapia radionuclídica
Resumo em português
O câncer de próstata é considerado o segundo mais comum na população masculina em todo o mundo e ocupa a 15ª posição em mortes por câncer, em homens, representando cerca de 6% do total de mortes por câncer no mundo. O antígeno de membrana prostático específico (PSMA) é uma glicoproteína tipo II transmembrânica superexpressa no câncer de próstata, suas metástases e em neovascularizações relacionadas a tumores sólidos, que tem estimulado o desenvolvimento de pequenas moléculas inibidoras do receptor de PSMA, que carreguem agentes terapêuticos. Este trabalho pretendeu estudar de forma inédita a marcação e estabilidade radioquímica do Glu-NH-CO-NH-Lys(Ahx)-DOTA com 177Lu (PSMA-DOTA-177Lu) e avaliar seu potencial para a terapia do câncer de próstata. O radiofármaco foi obtido com pureza radioquímica elevada (PR > 95%) em todas as condições estudadas e permaneceu inalterada em ≤ - 20 °C até 48 horas, mesmo em atividade específica alta (74 MBq/μg). O ensaio de ligação específica do PSMADOTA- 177Lu mostrou que a fração do peptídeo que se ligou às células LNCaP de tumor de próstata foi de 1,79 ± 0,21 %, 2,47 ± 0,03 %, 3,07 ± 0,01 % e 4,13 ± 0,27%, para as concentrações de 0,15 x 106, 0,3 x 106, 0,5 x 106 e 1 x 106 células, respectivamente. O ensaio de internalização do PSMA-DOTA-177Lu sugere que o maior percentual da ligação específica do radiofármaco às células LNCaP corresponde à fração da ligação de superfície (99,03 ± 0,84 %). Os parâmetros farmacocinéticos determinados no estudo in vivo em camundongos Balb/c são compatíveis com o rápido clareamento sanguíneo e excreção renal, além de apresentar apreciável captação tumoral in vivo (2,76 ± 1,21 % Al/g) após 4 horas de administração do radiofármaco. Os estudos em estabilidade em soro humano demonstram estabilidade alta do radiofármaco PSMA-DOTA-177Lu por um período de até 24 horas, que foi confirmada pela baixa captação óssea demonstrada nos estudos in vivo de biodistribuição. O estudo de variação da atividade possibilitou estabelecer a atividade específica ideal (MBq/μg), que será extrapolada para um piloto de produção do radiofármaco. Os resultados favoráveis deste estudo encorajam a perspectiva de realização de ensaio clínico controlado deste novo radiofármaco, avaliando seu potencial para aplicação no tratamento do câncer de próstata.
Título em inglês
Radiolabeling of PSMA inhibitor with 177Lu and biological evaluation of potential for application in the treatment of prostate cancer
Palavras-chave em inglês
peptide receptor radionuclide therapy
prostate cancer
radiopharmaceutical
Resumo em inglês
Prostate cancer is the second most frequently worldwide diagnosed cancer among males and ranks the 15th common cause of death from cancer in men, comprising 6% of the world's total cancer deaths. The prostate specific membrane antigen (PSMA) is a type II transmembrane glycoprotein, which is overexpressed in prostate cancer as well as in the neovasculature of solid tumors and metastasis. These features render PSMA an ideal target for developing small molecules inhibitors of PSMA and therapeutic approaches to targeted drugs delivery. This work intended to study in an unprecedented way the radiochemical labeling and stability of Glu-NHCO- NH-Lys (Ahx)-DOTA with 177Lu (177Lu-PSMA-DOTA) and its potential anti-tumor effects in prostate cancer. The radiopharmaceutical PSMA-177Lu was obtained with high radiochemical purity (RP > 95%) under all studied conditions and remained unchanged up to 48 hours (high at ≤ -20 °C), even at high specific activity (74 MBq / μg). The cellular uptake of PSMA-DOTA-177Lu was determined using PSMAexpressing LNCaP cells and showed a binding of 1.79 ± 0.21%, 2.47 ± 0.03%, 3.07 ± 0.01% and 4.13 ± 0.27%, to 0.15 × 106, 0.3 × 106, 0.5 × 106 and 1 × 106 LNCaP cells, respectively. The PSMA-DOTA-177Lu internalization assay revealed that the membrane-bound activity (non-internalized peptide) to LNCap cells, was 99.03 ± 0.84%. Moreover, the pharmacokinetic in vivo studies performed in Scid mice resulted in a rapid blood clearance and renal excretion, and showed significant tumor uptake (2.76 ± 1.21% lA/g) 4 hours after PSMA-DOTA-177Lu administration. Stability studies in human serum demonstrated high PSMA-DOTA-177Lu stability over 24 hours, which is in agreement with the low bone uptake obtained in the in vivo biodistribution studies. Furthermore, the comparative study aiming to establish the ideal PSMA-DOTA-177Lu specific activity (MBq / μg) will be considered for further radiopharmaceutical production. The pre-clinical data obtained from this study suggested a great potential for PSMA-DOTA-177Lu to be included in clinical trials and to make a major contribution to the treatment of prostate cancer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.