• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.84.2012.tde-22102012-125017
Documento
Autor
Nome completo
Glaucia Mara Terzian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Balbachevsky, Elizabeth (Presidente)
Barreyro, Gladys Beatriz
Holzhacker, Denilde Oliveira
Iglecias, Wagner Tadeu
Sampaio, Helena Maria Sant'Ana
Título em português
Significado estratégico da cooperação acadêmica latino-americana para a pesquisa brasileira: a experiência dos Núcleos de Pesquisa da Universidade de São Paulo
Palavras-chave em português
América Latina
Colaboração científica
Cooperação acadêmica internacional
Ensino superior
Pesquisa e ciência
Relações internacionais
Resumo em português
A cooperação acadêmica internacional tem sido um importante instrumento da pesquisa científica, tendo em vista a produção do conhecimento científico em rede, a melhoria das capacidades para pesquisa e desenvolvimento, e a capacitação de docentes e pesquisadores. Ao considerar a produção do conhecimento científico como um dos objetivos intrínsecos à pesquisa, a proposta visa analisar seis Núcleos de Apoio à Pesquisa (NAP), da Universidade de São Paulo (USP), para saber se e como ocorre a dinâmica de interação desses Núcleos com pesquisadores latino-americanos; como desenvolvem pesquisas; como trocam experiências com seus pares, para estar ou permanecer na fronteira do conhecimento científico; e como suas cooperações acadêmicas podem ser estratégicas para a pesquisa brasileira. Parte-se da hipótese de que muitas pesquisas desses Núcleos são elaboradas em constante interação com pesquisadores de outros países latino-americanos e são estratégicas para a pesquisa brasileira. Para sua verificação, recorreu-se a especialistas para comporem as partes teóricas constantes dos Capítulos I e II, procurou-se delimitar os procedimentos de análise na parte da metodologia, constante do Capítulo III, tentou-se analisar os dados no Capítulo IV, buscou-se discutir os resultados no Capítulo V e, nas considerações finais, tentou-se refletir sobre as informações encontradas e fornecer algumas sugestões. Foi possível verificar diferentes dinâmicas de cooperação internacional, a partir de iniciativas de setores periféricos como os Núcleos, que funcionam como componentes estratégicos das instituições de ensino superior para conectar com centros de excelência da elite intelectual, estabelecer conexões com empresas e órgãos governamentais, obter recursos financeiros, criar redes de pesquisadores, conquistar reconhecimento acadêmico, visibilidade, reputação e contribuir para o desenvolvimento da região e do país em que se encontram.
Título em inglês
Strategic meaning of Latin America academic cooperation for the Brazilian research: the Research Groups experience of Universidade de São Paulo
Palavras-chave em inglês
Higher education
International academic cooperation
International relations
Latin America
Research and science
Scientific collaboration
Resumo em inglês
International academic cooperation has been an important tool on scientific research, mainly concerning the network scientific production of knowledge, the improvement of skills to research and development and the education training of professors and researchers. Considering the scientific production of knowledge as one of the purposes of this research, this work aims at analyzing six Research Groups (NAP) of the Universidade de São Paulo (USP) to research if and how their interaction dynamics has been dealt with among Latin America researchers: how they make researches, how they exchange experiences with their colleagues to be or remain at the frontier of scientific knowledge and how their academic cooperations can be strategic for Brazilian research. This work begins with the hypothesis that many researches of these Groups are developed in constant interaction with researchers from other Latin America countries and they are strategic for Brazilian research. In order to verify these suppositions, many experts contributed to make part of the theoretical Section I and II. We tried to define the procedures of analysis on methodology Section III, we intended to analyse the data on Section IV, we discussed the findings on Section V and, on final Section we tried to reflect about the found information and to give some suggestions. We could verify many different international cooperation dynamics came from periphery and isolated units, like the Groups, that work as strategic components of higher education institutions to connect with centres of excellence from intellectual elite, to interact with industries and government, to gain funding, to create network of scientists, to enhance academic acknowledgement, visibility, reputation and to contribute to the development of their contexts and country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.