• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2008.tde-31102008-145716
Documento
Autor
Nome completo
Tânia Maria Ribeiro Monteiro de Figueiredo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Villa, Tereza Cristina Scatena (Presidente)
Motta, Maria Catarina Salvador da
Palha, Pedro Fredemir
Ruffino Netto, Antonio
Vendramini, Silvia Helena Figueiredo
Título em português
Acesso ao tratamento de tuberculose: avaliação das características organizacionais e de desempenho dos serviços de saúde - Campina Grande/PB, Brasil (2007)
Palavras-chave em português
Avaliação em Saúde
Serviços de Saúde
Tuberculose
Resumo em português
O estudo objetivou avaliar as características organizacionais e de desempenho dos serviços de saúde no acesso dos doentes para o tratamento da tuberculose no município de Campina Grande PB. Método: pesquisa avaliativa, de abordagem quantitativa que utilizou o desenho de estudo seccional ou transversal, tendo como quadro teórico as dimensões da Atenção Primária em Saúde, proposta por Starfield (2002). Para coleta de dados foi utilizado um instrumento Primary Care Assessment Tool (PCAT), elaborado por Starfield (2000). Adaptado e validado para o Brasil por Almeida e Macinko (2006). Adaptado para a atenção à tuberculose por Villa e Ruffino-Netto (2006). Participaram do estudo 106 doentes que receberam tratamento da TB no período de julho/2006 a agosto/2007. A análise de dados foi realizada em quatro etapas: caracterização dos sujeitos do estudo, análise de freqüência, construção de indicadores e análise de variância, análise de confiabilidade do questionário. Resultados: dos 106 doentes, 83,96% realizaram tratamento auto-administrado e 16,03%, tratamento supervisionado (TS); 42,45% são do sexo feminino e 57,54% do sexo masculino, com 20,75% sem escolaridade e 57,54% com baixa escolaridade. Quanto à variável durante o tratamento faltou medicamento para a TB, os valores médios para os indicadores do PSF/PACS foi de 4,71 e desvio-padrão, dp = 0,58 e para AMBRF média de 4,95 e dp de 0,25 configurando que as médias de respostas se encontram muito próximas ao escore 5 que corresponde à categoria nunca. Não foram observados diferenças entre os indicadores das diferentes unidades PSF/PACS e AMBRF. Para a variável conseguiram consulta no prazo de 24 horas as médias obtidas pelos indicadores das unidades PSF/PACS (4,34) e AMBRF (3,86) não foram consideradas significativamente diferentes. Com relação a perder o turno de trabalho ou compromisso para consultar os dados mostram que as médias obtidas pelos indicadores das unidades PSF/PACS (3,12) e AMBRF (2,59) não foram considerados estatisticamente significantes. Para a variável aguardar mais que 60 minutos para o atendimento, os indicadores das unidades PSF/PACS (3,34) e AMBRF (2,97), não foram considerados estatisticamente significantes. Quanto às variáveis doentes de TB necessitam utilizar transporte motorizado para consultar, pagar pelo transporte e fazer tratamento perto da sua casa, os indicadores utilizar transporte motorizado PSF/PACS (4,68) e AMBRF (1,31), pagar pelo transporte para consultar PSF/PACS (4,68) e AMBRF (1,73), fazer tratamento perto de casa PSF/PACS (4,43) e AMBRF (1,13) foram considerados estatisticamente significantes. Para a variável visita domiciliar, os indicadores visita domiciliar PSF/PACS (2,53) e AMBRF (1,19) foram considerados estatisticamente significantes. Os coeficientes do Alpha de Cronbach não padronizados e padronizados foram, respectivamente, 0,7275 e 0,7075, com base nos 8 (oito) itens do questionário. Conclusão: Apesar do município ter 85 equipes de PSF, o TS foi incorporado ou assumido apenas por uma pequena fração dos profissionais das equipes do PSF como uma estratégia de tratamento. Embora o tratamento da TB seja disponibilizado pelo serviço público de saúde, ainda representa um custo econômico para o doente de TB em função da necessidade de deslocamento até o serviço de saúde, bem como a perda do turno de trabalho para ser consultado
Título em inglês
Access to Tuberculosis Treatment: assessment of performance and organizational characteristics of health services - Campina Grande/PB, Brasil (2007)
Palavras-chave em inglês
Health Assessment
Health Services
Tuberculosis
Resumo em inglês
The aim of the present study was to assess the performance and organizational characteristics of health services providers in terms of patients access to tuberculosis treatment in Campina Grande, PB. Method: It is a, transversal, or cross sectional evaluation-like study using a quantitative approach based on Starfields (2002) theory on the dimensions of Health Primary Care. An instrument designed by Starfield (Primary Care Assessment Tool), which was later adapted and validated for use in Brazil by Almeida and Macinko (2006) was used for data collection. The same tool was then adapted by Villa and Ruffino Netto (2006) to be used for TB attention. One hundred and six patients who received TB treatment from July 2006 to August 2007 participated in the study. Data analysis was performed in four steps: characterization of the participants of the study; frequency analysis; construction of indicators and variance analysis; and questionnaire confidence analysis. Results: Out of one hundred and six patients, 83.9% received self-administered treatment and 16% received supervised treatment; 42.45% of the patients were female and 57.54% were male; 20.75% had no education and 57.54% had low educational levels. In relation to the variable no TB medication available during treatment the mean values for PSF/PACS indicators were 4.71 and the deviation pattern was dp = 0.58 and for AMBRF indicators the mean values were 4.95 and the deviation pattern was 0.25 , meaning that the answers averages were close to score 5.0, which corresponded to the category never. No differences between the different PSF/PACS and AMBRF units indicators were found. As for the variable got an appointment in twenty four hours, the averages obtained from the PSF/PACS (4.34) and AMBRF (3.86) indicators were not considered significantly different. In relation to missing a work shift due to the medical appointment data show that the averages obtained from the PSF/PACS (3.12) and AMBRF (2.59) were not statistically significant. Regarding the variables Tb patients have to use motor vehicle, pay for transportation, and receive treatment near their homes, the indicators use motor vehicle (PSF/PACS=4.68 and AMBRF = 1.31), pay for transportation (PSF/PACS = 4.68 and AMBRF =1.73), and receive treatment near their homes (PSF/PACS = 4.43 and AMBRF= 1.13) were considered statistically significant. In relation to the variable home visit, indicators both from the PSF/PACS units (2.53) and AMBRF (1.19) were considered statistically significant. Standardized and non-standardized Chronbachs Alpha coefficients based on the eight items in the questionnaire were 0.7275 and 0.7075, respectively. Conclusion: Although the city has eighty five PSF health teams, only a mall number of health professionals have actually incorporated ST as a treatment strategy. Besides, even though TB treatment is available in the public health services providers it still represents an economic cost to the TB patient because they have to use motor vehicle transportation and miss a work shift in order to go to the health units
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-01-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.