• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2003.tde-22122003-160217
Documento
Autor
Nome completo
Laura de Azevedo Guido
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Bianchi, Estela Regina Ferraz (Presidente)
Carvalho, Rachel de
Chaves, Eliane Correa
Graziano, Kazuko Uchikawa
Posso, Maria Belen Salazar
Título em português
"Stress e coping entre enfermeiros de centro cirúrgico e recuperação anestésica"
Palavras-chave em português
enfermagem em centro cirurgico
enfrentamento
estresse profissional
Resumo em português
O presente estudo tem como finalidade o conhecimento dos estressores, na atuação dos enfermeiros de centro cirúrgico e recuperação anestésica (CC/RA), assim como as estratégias de coping usadas. A população foi composta por todos os enfermeiros de CC/RA da cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Foram dezessete entrevistados, sendo cinco atuando em hospital privado (29,41%) e doze em hospital público (70,59). Na coleta de dados foram utilizados dois instrumentos: formulário para levantamento de atividades diárias, e inventário de estratégias de coping. Os resultados foram tabulados e analisados usando-se testes não paramétricos. Obteve-se pela avaliação subjetiva e individual dos enfermeiros que 70,59% dos entrevistados percebem-se estressados ao atuar em CC/RA. Pela identificação dos estressores no desempenho das atividades diárias dos enfermeiros, concluiu-se que as condições de trabalho em CC correspondem à área de maior stress para 41,18% dos enfermeiros independentemente do cargo ocupado. Quanto às estratégias de coping mais utilizadas pelos enfermeiros, destaca-se a resolução de problemas. Detectou-se uma diferença significativa entre: stress total e stress percebido por meio da avaliação individual e subjetiva; stress total e o stress decorrente de possuir curso de pós-graduação; stress total e o stress referente ao relacionamento com equipe médica e de enfermagem; ao relacionamento com serviços diretamente ligados à assistência do paciente durante o ato anestésico cirúrgico; atividades relacionadas à administração de pessoal; e condições de trabalho para o desempenho das atividades do enfermeiro de CC. O enfermeiro de CC/RA é estressado, mas tem algumas estratégias que oferecem apoio à realização de sua atividade profissional.
Título em inglês
"Stress and coping among nurses in operating room and recovery room"
Palavras-chave em inglês
coping
stress
stress among nurses
stress in operating room and recovery room
Resumo em inglês
This study intents to verify stress and coping among operating room (OR) nurses and recovery room nurses. The population was composed for all nurses in Santa Maria,RS, Brazil. The total of 17 nurses were intervened, that 29,4% was from private hospitals and 70,6% form governmental hospitals. The date was collected by “ Diary activities inventory” and “ways of coping questionnaire”. The results demonstrated that 70,6% of nurses perceived as stressed. The “ conditions of work” was the stressful item cried (41,18%) and was not dependent of function in OR. They answered that “solving problems” was the most useful coping strategy. Differences statistical significant were detected among; total of stress and perceived stress; total of stress and post-graduate curse; total of stress and relation ship with doctors, nurses, other departments, staff administration and work conditions. In conclusion, the OR nurses were stressed but the used coping strategies in order to work and live.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Laura.tese.pdf (2.09 Mbytes)
Data de Publicação
2004-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.