• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2018.tde-21092018-125011
Documento
Autor
Nome completo
Lidiane Mello de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Campos, Edemilson Antunes de (Presidente)
Gualda, Dulce Maria Rosa
Melo, Lucas Pereira de
Narchi, Nadia Zanon
Salim, Natália Rejane
Título em português
Por um parto respeitoso: uma etnografia em grupos do movimento de humanização do parto e nascimento
Palavras-chave em português
Antropologia Médica
Ativismo Biossocial
Movimento Social
Parto humanizado
Saúde da Mulher
Resumo em português
A assistência ao parto e ao nascimento no Brasil passou por amplas reformulações nas últimas décadas baseadas na necessidade de melhorar a qualidade e a satisfação das mulheres, crianças e suas famílias. Em busca das redefinições das práticas, estabeleceu-se, no país, o movimento de humanização do parto e nascimento (MHPN). Neste estudo, buscou-se compreender os significados e as práticas construídos a partir do conceito de parto presentes no campo da humanização do parto e do nascimento. Trata-se de uma pesquisa que utilizou a metodologia qualitativa com abordagem etnográfica, realizada em dois grupos participantes do MHPN que tinham como objetivo comum a melhoria da humanização do parto e do nascimento no âmbito do Sistema Único de Saúde. O trabalho de campo ocorreu entre os anos de 2014 e o segundo semestre de 2016. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas e de observação participante nas atividades dos grupos e em eventos do MHPN, em que foram efetuadas 10 interlocuções com os militantes do movimento. Os dados foram analisados mediante a técnica de análise de conteúdo, organizados em três eixos principais: a militância e os contextos de cuidado, parto e nascimento em suas trajetórias e significados e práticas ao redor do parto e do nascimento. Permitiu-se compreender que esses militantes almejam um parto que chamamos de parto respeitoso, baseados em um cuidado individualizado, em evidências científicas e na garantia de direitos.
Título em inglês
For a respectful labor: an ethnography in groups from the humanization of labor and birth movement.
Palavras-chave em inglês
Anthropology; Medical
Biosocial Activism
Humanizing Birth
Social Movement
Women\'s Health
Resumo em inglês
Labor and birth care in Brazil have undergone broad reformulations in the last decades based on the need to improve the quality and satisfaction of women, children and their families. In searching for the redefinition of the practices it was established in the country the humanization of labor and birth movement (MHPN). In this study, we sought to understand the meanings and the practices, built from the concept of labor, existent in the field of humanization of labor and birth. It is a research that used the qualitative methodology with ethnographic approach, made in two MHPN participant groups, that had as a common objective the improvement of humanization of labor and birth in the scope of the Unified Health System. Field work took place between the year of 2014 and the second semester of 2016. Data collection was made by means of semi-structured interviews and participant observation in the activities of MHPN groups and events, in which 10 interlocutions with the movement militants were carried out. Data were analyzed using the technique of content analysis, organized in three main branches: militance and care contexts, labor and birth in their trajectories and meanings, and practices surrounding labor and birth. It was possible to understand that such militants desire what we call a respectful labor, based on individualized care, scientific evidence and guarantee of rights.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Lidiane_corrigida.pdf (1.91 Mbytes)
Data de Publicação
2018-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.