• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2008.tde-12012009-145948
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Alves Soerensen
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Moriya, Tokico Murakawa (Presidente)
Costa, Joao Carlos da
Dalri, Maria Celia Barcellos
Hayashida, Miyeko
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz
Título em português
Acidentes ocupacionais com ênfase ao risco biológico em profissionais do atendimento pré hospitalar móvel
Palavras-chave em português
Acidentes biológicos
Assistência pré-hospitalar móvel
Biossegurança
Resumo em português
Teve como objetivo estudar os riscos ocupacionais em profissionais da equipe do Atendimento Pré-Hospitalar móvel (APH) com ênfase nos acidentes com material potencialmente contaminado, desenvolvido em duas etapas. A primeira teve como objetivo identificar a exposição acidental a fatores de riscos ocupacionais em profissionais da equipe de saúde no APH móvel, no período de 2000 a 2005 e a segunda teve como objetivo analisar a exposição acidental a material biológico potencialmente contaminado (mbpc), em profissionais da equipe de saúde de APH móvel de uma empresa privada de APH móvel, do interior paulista, que realiza atendimento tanto na área urbana quanto nas rodovias. Na primeira etapa realizou-se pesquisa descritiva documental com dados obtidos de 4992 Fichas de Atendimento Rodoviário e das notificações dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho - SEESMT, e na segunda realizou-se um estudo descritivo, exploratório, através de entrevista semi estruturada em 50 profissionais da equipe de APH móvel envolvendo bombeiros, enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem e motoristas de ambulância. O projeto obteve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Os dados foram analisados em Epi Info versão 3.4.3. Na primeira etapa foram detectadas 54 exposições aos riscos ocupacionais, dos quais apenas seis foram notificadas ao SEESMT. Entre os os riscos ocupacionais destacou-se o risco de acidente (64,8%), seguidos de situação não ergonômicas (16,7%) e riscos biológicos (9,2%). Na segunda etapa da pesquisa, de uma amostra de 50 profissionais da equipe de Atendimento Pré Hospitalar, a maioria (94,4%) apresentava faixa etária entre 20 e 50 anos; sexo masculino (84%); atuação na área de seis 06 a 60 meses (56%); apresentava esquema de vacinação contra HBV (92%). Dos profissionais entrevistados (56%) referiu exposição acidental ao material biológico potencialmente contaminado, perfazendo um total de 41 acidentes. Das exposições acidentais ao mbpc (70,7%) acometeu pele íntegra; (17,1%) o percutâneo; (7,3%) a mucosa; e (4,9%) a pele lesada. As áreas do corpo mais expostas ao mbpc foram antebraço (41,5%); braço (21,9%), e mão (21,9%). As exposições Andrea Alves Soerensen 9 acidentais com mbpc ocorreram em sua maioria ao realizar procedimentos de imobilização (39%), extricação (21,9%), exame físico (19,9%). O sangue foi o material biológico mais freqüente nas exposições (85%). Quanto a utilização do Equipamento de Proteção Individual no momento do acidente, a maioria fazia uso de macacão de brim (95%), botas de cano alto (90,2%) e luvas de procedimentos (63,4%). A conduta mais freqüente pós-exposição acidental foi a procura da consulta média (29,3%); realização de sorologias (17,1%). A maioria não registrou o acidente de Trabalho (78,1%). As situações favorecedoras que mais contribuíram para as exposições acidentais ao mbpc foram: emergência (46,4%); agitação do paciente (28,6%); operações de resgate (25%); distração (21,4%); estresse (17,9%) e presença de grande volume de material biológico potencialmente contaminado (14,3%). A maioria do entrevistados sugeriu medidas para prevenção de acidentes com mbpc. Os resultados do estudo, sugestões dos entrevistados e revisão de literatura subsidiaram propostas gerais aplicadas aos profissionais da saúde, e as específicas ao APH móvel, para prevençao e controle de acidentes com mbpc
Título em inglês
Occupational accidents with emphasis on biological risk in Mobile Prehospital Care team professionals.
Palavras-chave em inglês
Biologicals accidents
Exposure to biological agents
Mobile prehospital care
Resumo em inglês
This research aimed to study occupational risks in Mobile Prehospital Care (MPC) team professionals, emphasizing accidents with potentially contaminated material, and was developed in two phases. In the first, the goal was to identify accidental exposure to occupational risk factors in health team professionals working in MPC between 2000 and 2005. The second aimed to analyze accidental exposure to potentially contaminated biological material (pcbm) among health team professionals in MPC working for a private MPC company in the interior of São Paulo state, Brazil, which is active in the urban area and on highways. In the first phase, a descriptive documentary research was performed, using data obtained from 4992 Highway Care Records and notifications presented to Specialized Safety Engineering and Occupational Medicine Services SEESMT. In the second phase, a descriptive-exploratory study was carried out, using semi-structured interviews with 50 professionals from the MPC team, involving firefighters, nurses, physicians, nursing technicians and ambulance drivers. The project was approved by the Research Ethics Committee. Data were analyzed using Epi Info software, version 3.4.3. In the first phase, 54 cases of exposure to occupational risks were detected, only six of which were notified to the SEESMT. Among occupational risks, accident risks stood out (64.8%), followed by nonergonomic situations (16.7%) and biological risks (9.2%). In the second phase, in a sample of 50 MPC team professionals, a majority (94.4%) was between 20 and 50 years old; male (84%); active in the area between 06 and 60 months (56%); vaccinated against HBV (92%). Among the interviewees, (56%) indicated accidental exposure to pcbm, totaling 41 accidents. Of all cases of accidental exposure to pcbm, (70.7%) affected integral skin; (17.1%) percutaneous tissue; (7.3%) mucous tissue; and 4.9% injured skin. The body areas most exposed to the pbcm were forearm (41.5%); arm (21.9%) and hand (21.9%). Most cases of accidental exposure to pbcm occurred while performing immobilization (39%), extraction Andrea Alves Soerensen 11 (21.9%) and physical examination (19.9%) procedures. Blood was the most frequent biological material involved in exposures (85%). As to the use of Individual Protection Equipment at the moment of the accident, most professionals were wearing denim overalls (95%), long boots (90.2%) and procedure gloves (63.4%). The most frequent conduct after the accidental exposure was the search for a medical appointment (29.3%) and blood tests (17.1%). Most professionals did not file an Occupational Accident register (78.1%). The situations that most contributed to accidental exposure to pcbm were: emergency (46.4%); patients agitation (28.6%); rescue operations (25%); distraction (21.4%); stress (17.9%) and the presence of a large volume of potentially contaminated biological material (14.3%). Most interviewees suggested pcbm accident prevention measures. The study results, the interviewees suggestions and a literature review served as the base for general proposals applied to health professionals, as well as specific proposals for MPC, with a view to the prevention and control of pcbm accidents
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.