• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2006.tde-10122006-181609
Documento
Autor
Nome completo
Fatima Maria da Silva Abrão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Maria Cecilia Puntel de (Presidente)
Gomes, Elizabeth Laus Ribas
Oliveira, Rezilda Rodrigues
Sá, Lenilde Duarte de
Santos, Tânia Cristina Franco
Título em português
Primórdios da enfermagem profissional na cidade de Recife: Pernambuco: raízes da pré-institucionalização da formação do campo organizacional (1922-1938)
Palavras-chave em português
Campo organizacional
Enfermagem profissiona
História da enfermagem
Pré-institucionalização
Resumo em português
Este estudo teve como objeto a pré-institucionalização da Enfermagem profissional na cidade do Recife, Pernambuco, num dado campo organizacional, cujos antecedentes remontam às práticas oriundas das formas de organização hospitalar e das formas de organização escolar, expressas nos discursos dos agentes, tanto no campo da saúde como no da educação. Trata-se de estudo histórico-social, cujo recorte temporal compreende o período de 1922 a 1938, sendo o marco inicial o lançamento da pedra fundamental do Hospital do Centenário, ambiente institucional do estudo. O marco final ocorre com a sua desapropriação. A pesquisa apóia-se principalmente em fontes primárias, consultando-se periódicos e documentos de importantes acervos institucionais: Santa Casa de Misericórdia do Recife, Arquivo Público Jordão Emerenciano, Fundação Joaquim Nabuco, Arquivo Nacional, Biblioteca Pública de Pernambuco, Biblioteca Nacional, Academia Santa Gertrudes, Memorial de Medicina, Academia de Medicina, Mosteiro de São Bento de Olinda, Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças da Universidade de Pernambuco e Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco. Utilizou-se também depoimentos de informantes chave, como o da ex-aluna da Primeira Turma da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças. A teoria institucional e o pensamento de Pierre Bourdieu foram os referenciais teóricos do estudo. Os achados apontam para um campo organizacional emergente, visto a partir do Hospital do Centenário, além da chegada ao Recife de enfermeiras alemãs. Contudo, não se dá a criação de uma Escola para Enfermeiras como era esperado, pois os valores e as crenças dos agentes não foram compartilhados durante todo o período estudado, juntamente com as bases cognitivas e normativas necessárias na formação do campo organizacional. O contexto delineado percorre um período entre guerras, compreendendo, a Primeira e Segunda Repúblicas e início do Estado Novo. No campo emergente, nota-se a predominância de um modelo médico sanitário, com ênfase na Educação Sanitária. Na formação do campo organizacional da Enfermagem, foi possível destacar a luta dos agentes no campo da saúde e educação, sendo visível a diversidades de escolas, sobressaindo-se a ênfase nos cursos para visitadoras de saúde pública, o que leva à apreensão das disputas também existentes no campo da Saúde Pública e Hospitalar. Não menos importante foi o foco envolvendo a Igreja e o Estado, os quais irão dominar a luta pelo domínio do capital simbólico, definido pelas relações de forças entre dois agentes, que exercerão nítida influência na criação da futura Escola para Enfermeiras, nos idos de 1945. Nesse ínterim serão as Visitadoras de Saúde Pública e/ou Educadoras Sanitárias ou Educadoras de Higiene, que atuarão criando e dando forma às bases precursoras da Enfermagem na cidade do Recife (Pernambuco)
Título em inglês
The origins of professional nursing in Recife - Pernambuco
Palavras-chave em inglês
Nursing history
Organizational field
Preinstitutionalization
Professional nursing
Resumo em inglês
This study addresses the preinstitutionalization of professional Nursing in Recife, Pernambuco, Brazil, in a given organizational field. Its antecedents go back to the practice originated in the hospital and school organization forms, expressed in the discourse of agents in the health and education spheres. We carried out a social-historical study of the period from 1922 to 1938. The initial boundary is the cornerstone of the Hospital do Centenário, which constitutes the institutional environment for this study, and the final boundary its expropriation. The research is mainly based on primary sources, consulting journals and documents from important institutional collections: Santa Casa de Misericórdia in Recife, Public Archives Jordão Emerenciano, Joaquim Nabuco Foundation, National Archives, Pernambuco Public Library, National Library, Santa Gertrudes Academy, Memorial de Medicina, Academia de Medicina, São Bento de Olinda convent, Nossa Senhora das Graças Faculty of Nursing - University of Pernambuco and Department of Nursing, Federal University of Pernambuco. We also used testimonies by key informants, such as a former student in the first class group of Nossa Senhora das Graças Faculty of Nursing. The theoretical frameworks for the study were institutional theory and Pierre Bourdieu?s thinking. The findings point towards an emerging organizational field, from the perspective of the Hospital do Centenário, besides the arrival of German nurses to Recife. However, against expectations, a School for Nurses is not created, as the agents? values and beliefs were not shared across the entire study period, together with the cognitive and normative bases needed in the formation of the organizational field. The outlined context covers an interwar period, including the First and the Second Republic and the beginning of the Estado Novo. In the emerging field, the predominance of a medical health model is noticeable, with an emphasis on health education. In the formation of Nursing?s organizational field, the fight between health and education agents deserves special attention, which was visible to a wide range of schools. In this respect, the emphasis on courses for public health visitants stands out. This reveals the disputes that also existed in Public Health and in the Hospital sphere. No less important was the focus involving the Church and the State. These will dominate the struggle for the mastery of symbolic capital, defined by the power relations between two agents, which will exert a clear influence on the creation of the future School for Nurses, in 1945. In this interval, it will be the Public Health Visitants and/or Health Educators or Hygiene Educators who will act, creating and molding the bases that preceded Nursing in Recife (Pernambuco)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.