• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2004.tde-09082005-111939
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Eli Gazetta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Villa, Tereza Cristina Scatena (Presidente)
Carvalho, Maria das Gracas Bomfim de
Netto, Antonio Ruffino
Palha, Pedro Fredemir
Paschoal, Vânia Del'Arco
Título em português
"Controle dos comunicantes de doentes de tuberculose: ações realizadas no Programa de Controle da Tuberculose no município de São José do Rio Preto - SP"
Palavras-chave em português
comunicante
controle
tuberculose
Resumo em português
O objetivo desta pesquisa foi descrever e analisar as ações de controle dos comunicantes de doentes de tuberculose em relação à área física, recursos materiais, recursos humanos e à rede laboratorial para a investigação da doença. Foram coletados dados das seguintes variáveis: as relacionadas às características dos casos-índice de tuberculose quanto a sexo, faixa etária e forma clínica; os comunicantes registrados e os examinados em relação a sexo, faixa etária, tipo de parentesco com o caso-índice; tipos de exames realizados e a incidência da doença. A população do estudo constitui-se de 166 comunicantes registrados e examinados na unidade de saúde e 7 profissionais que desenvolvem as ações do Programa de Controle da Tuberculose. Os instrumentos de coleta de dados foram: análise documental, entrevistas semi-estruturadas e registros das observações livres por meio de um diário de campo. Os resultados apontam que à área física não satisfaz as exigências das normas do Ministério da Saúde; são utilizados todos os manuais do Ministério da Saúde para o Programa de Controle da Tuberculose. Dos profissionais que atuam no Programa, 85 % são do sexo feminino e 15%, do masculino; sua faixa etária vai de 32 a 67 anos; o tempo de formatura dos profissionais vai de 10 a 42 anos e o período de exercício nesta atividade varia de 8 meses a 18 anos. Dos 112 casos de tuberculose notificados, 77 (68,8%) eram da forma pulmonar e 35 (31,2%) das formas extra-pulmonares, predominando o sexo masculino com 62 casos (80,5%); 15 casos (9,5%) para o feminino e 33 (29,5%) eram co-infectados TB/HIV. Nos comunicantes de doentes de tuberculose foram identificados 263 registrados pelo serviço, referente aos 112 casos-índice. Dos 263 comunicantes registrados, verificamos que 166 (63,1%) foram avaliados, pois encontramos anotações em seus prontuários; 147 (88,5%) foram avaliados pelo Programa de Controle da Tuberculose no Núcleo Gestão Assistencial 60, sendo que 19 (12%) deles, por serem menores de 12 anos, foram avaliados em outros serviços de saúde da cidade; os outros 97 (36,9%) não foram avaliados ou foram avaliados, e esta informação não foi registrada nos prontuários, sendo 82 (49,4%) do sexo masculino e 84 (50,6%), do feminino; 42 (25,3%) estão entre 0 e 19 anos , 73 (44%) entre 20 e 49 anos e 44 (25,5%) têm 50 anos ou mais. Dos exames diagnósticos nos comunicantes, 95,8% foram realizados através de raio X de tórax, 12% por baciloscopia de escarro, 7,2% mediante teste tuberculínico e 0,6% por meio de cultura; 3 (1,8%) desenvolveram a doença, perfazendo 2,7% do total dos casos diagnosticados. Os resultados também apontam para a necessidade de que o Programa de Controle da Tuberculose seja revisto, valorizando a vigilância e o monitoramento dos comunicantes, desenvolvendo estratégias através de protocolos sistematizados para os profissionais de saúde e que garantam a continuidade no atendimento desse serviço de forma humanizada e integral com ênfase em ações preventivas.
Título em inglês
Control of communicants of tuberculous people: actions taken in the Program of Tuberculosis Control in the Nucleus of Assistential Administration 60 in the city of São José do Rio Preto - SP.
Palavras-chave em inglês
communicant
control
tuberculosis
Resumo em inglês
This is aimed to describe and analyze the control actions of the communicants of tuberculous people in relation to the physical area, material and human resources, and to the laboratorial net for the investigation of the disease. Data of the following variables were collected: those related to the characteristics of the tuberculous index cases as for sex, age, and clinical form, registered communicants, and those examined as for sex, age, kind of kinship with the index case, types of exams performed and disease incidence. The study population is constituted by 166 communicants registered and examined in the health unity and 7 professionals who develop the actions of the Tuberculosis Control Program. The data collecting tools were: documental analysis, semi-structured interviews and registers of the free observations by means of a field diary. The results indicate that the physical area does not fulfill the regulations of the Health Ministry; all the Health Ministry handbooks for the Tuberculosis Control Program were used. Of the professionals acting in the program, 85% were female and 15%, male; their age range from 32 to 67; the professionals' time from graduation range from 10 to 42 years, and their working time in this activity, from 8 months to 18 years. Of the 112 cases of tuberculosis notified, 77 (68.8 %) were of the pulmonar kind and 35 (31,2 %), of the extra-pulmonar kinds, the male prevailing in 62 cases (80.5 %) over 15 (19.5%) female; 33 (29.5%) were co-infected with TB/HIV. In the communicants of tuberculous people, 263 were identified and registered by the service, as related to 112 index cases. It was verified that, of the 263 registered communicants, 166 (63.1 %) were evaluated as annotations were found in their files; 147 (88.5%) were evaluated by the Tuberculosis Control Program in the Assistance Administration Nucleus 60, 19 (12%) of which, for being under 12, were evaluated in other city health services; the other 97 (36.9%) were either evaluated or not, and this information was not registered in their files, 82 (49.4%) being male and 84 (50.6%), female; as for age, 42 (25.3%) range from 0 to 19, 73 (44%), from 20 to 49, and 44 (22.5%) are 50 or older. Of the diagnostic exams in the communicants, 95.8% performed through thorax X-ray, 12% through mucus bacilloscopy, 7.2 % through tuberculinic test, and 6 % through culture; 3 (1.8 %) developed the disease, completing 2.7 % of the total diagnosed cases. The results also indicate the necessity of revising the Tuberculosis Control Program, emphasizing the surveillance and monitoring of the communicants, developing strategies through systematized protocols for the health professionals to assure the continuity of this assisting service in an integral and human form with emphasis on preventive actions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GAZETA_CE.pdf (1.15 Mbytes)
Data de Publicação
2005-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.