• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2011.tde-08082011-161649
Documento
Autor
Nome completo
Erika Simone Galvão Pinto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Villa, Tereza Cristina Scatena (Presidente)
Monroe, Aline Aparecida
Neves, Lis Aparecida de Souza
Palha, Pedro Fredemir
Ruffino Netto, Antonio
Título em português
Controle da tuberculose na atenção básica de saúde de Natal / RN: visão do agente comunitário
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Auxiliares de saúde comunitária
Tuberculose
Resumo em português
O agente comunitário de saúde (ACS) é um ator social fundamental nas ações de controle da tuberculose (TB). Nesse estudo considerou-se à micro política voltada para prática do ACS. Objetivo do estudo: analisar segundo a visão do ACS a Busca de Sintomático Respiratório (BSR). Estudo descritivo do tipo inquérito, de forma transversal realizado em Natal, junho a setembro de 2009. População: 646 ACS do Programa de Agentes Comunitário de Saúde (PACS) / Estratégia Saúde da Família (ESF). Critérios de seleção: ACS trabalhando no período de coleta. Foram excluídos aqueles que estavam de férias, licença ou com atestados médicos. Utilizou-se amostragem de múltiplas etapas: cálculo da amostra baseado na população, partilha proporcional de acordo com a quantidade de ACS por distrito sanitário (DS) e amostragem casual simples. Prevendo-se uma taxa de não resposta de 10%, calculouse um n=108. Para coleta de dados utilizou-se um formulário aplicado aos ACS. Este compreendeu um total de 28 questões, divididas em três seções: caracterização dos ACS (08 questões), dados sobre a Estrutura das unidades de saúde (07 questões), dados sobre o Processo de atenção (13 questões). Os ACS responderam cada pergunta segundo diferentes escalas variadas de respostas: dicotômicas, de múltipla escolha com resposta única e uma escala de possibilidades preestabelecida (escala Likert) à qual foi atribuído um valor entre "um" e "cinco". A resposta mais favorável recebeu o valor mais alto da escala e a mais desfavorável recebeu o valor mais baixo. Os dados sobre Resultado (01 questão) foram coletados através de dados secundários. Para analisar os componentes Estrutura e Processo os valores próximos de 1 e 2 foram estipulados a classificação insatisfatória ,próximo de 3, regular e próximo de 4 e 5, satisfatória.Para analisar o componente Resultado da BSR, considerou-se à proporção de sintomático respiratório examinados. A maioria do ACS era do sexo feminino, nível médio e trabalhavam em unidades saúde da família com tempo médio de atuação de 122 (±47,4) meses. Consideraram como bom o trabalho na comunidade, julgaram regular a remuneração, sempre/quase sempre recebem capacitação em TB. Com relação à Estrutura das unidades de saúde apresentaram condições satisfatórias para formulários ( x = 4,90) e potes ( x = 4,25), e, no entanto apresentaram deficiências (regular) em geladeira ou caixa térmica ( x = 3,73), para armazenar o material coletado (escarro). Em relação ao ACS sentir-se preparado para identificar o suspeito de TB ( x = 4,4), orientar sobre TB ( x = 4,7) e baciloscopia ( x = 4,2), contudo muitas vezes não suspeita que a tosse possa ser TB ( x = 3,4). Foram insatisfatórias no componente Processo as ações de BSR ( x = 2,7) e levar pedido de baciloscopia para o usuário ( x = 2,2). Apenas 11% das baciloscopias esperadas foram solicitadas. A ação de BSR pelo ACS no território torna-se complexa por envolver a sua formação, a Estrutura e a organização do serviço de saúde sendo importante a supervisão do enfermeiro com foco nos mais diversos ângulos do seu trabalho ,desde as visitas domiciliares até as atividades comunitárias.
Título em inglês
Tuberculosis control in primary health care in Natal / RN: community health agent's view
Palavras-chave em inglês
Community health aides
Primary health care
Tuberculosis
Resumo em inglês
The community health agent (CHA) is a fundamental social actor in strategies for tuberculosis control (TB). This study considered the micro policy towards CHA practice. Aim of the study: to analyze, according to the CHA's view, the Respiratory Symptomatic Search (RSS). It is a cross-sectional descriptive study, a survey conducted in Natal, from June to September 2009. Population: 646 CHAs employed at the Community Health Agents Program (CHAP) / Family Health Strategy (FHS). Selection criteria: CHA employed at the data collection period. Those on vacation, absence or medical leave were excluded. Sample was calculated using multiple steps: sample calculation based on population, proportional division according to the number of CHAs by sanitary district (SD) and simple casual sampling. As a 10% loss rate of was expected, n = 108. Data was collected using a questionnaire completed by the CHAs. There were 28 questions, sorted into three sections: CHAs' profile (08 questions), data about health centers Structure (07 questions), data about the caring Process (13 questions). Each question was answered according to different answering scales: dichotomous, multiple answers with single option and a Likert scale ranging from "one" to "five". The most favorable answer was given the highest score and the most unfavorable was given the lowest score. Data about Result (01 question) was collected using secondary data. To analyze the Structure and Process components, scores similar to 1 and 2 were set as a dissatisfying, similar to 3 as regular and similar to 4 and 5 as satisfying. To analyze the RSS's Result component the proportion of respiratory symptomatic was considered. Most CHAs were female, with middle education level and employed at a health center for an average of 122 (±47.4) months. They rated community work as good, wages as regular, and reported education formation in TB always or almost always present. In the Structure component health centers met satisfying conditions regarding forms ( x = 4.90) and containers ( x = 4.25), despite some shortages (rated as regular) in refrigerators or thermal boxes ( x = 3.73) used to store collected material (sputum). The CHA's sense of preparedness to identify a TB suspect ( x = 4.4), to give orientations about TB ( x = 4.7) and about bacilloscopy ( x = 4.2), alghough in many occasions they don't suspect cough is a TB symptom ( x = 3.4). RSS's Process component was rated as unsatisfying ( x = 2.7) along with taking the bacilloscopy exam form to the patient ( x = 2.2). Only 11% of expected bacilloscopies were requested. The act of RSS by CHAs in the territory becomes complex because it involves education, health centers Structure and health care service organization. Nurse's supervision is important to focus on different views of the work process, from home visits to community activities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.