• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2014.tde-08012015-153615
Documento
Autor
Nome completo
Débora de Souza Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Merhy, Emerson Elias
Peduzzi, Marina
Pereira, Maria José Bistafa
Rozendo, Célia Alves
Título em português
Potencial criador e transformador do trabalho em saúde para (re)configuração de modelos de atenção
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Enfermagem
Modelos de Atenção à Saúde
Saúde da Família
Serviços de Saúde
Resumo em português
O núcleo de análise do estudo foi a prática cotidiana em saúde, detendo-se na sua potencialidade para (re)configuração de modelos de atenção, no contexto da Atenção Básica, em Maceió, Alagoas, Brasil, e utilizando, como categoria analítica fundamental, o processo de trabalho em saúde. O objetivo geral foi analisar a potencialidade criadora e transformadora do trabalho cotidiano de equipes de Saúde da Família e sua relação com a construção de um modelo de atenção sustentado pelos princípios do Sistema Único de Saúde. Para isso, desenvolveu-se uma investigação de abordagem qualitativa, em duas fases, com a utilização de técnicas e instrumentos de pesquisa para coleta de dados quantitativos e qualitativos, que se complementaram para compreensão do problema investigado. Na primeira fase do estudo, a situação de saúde do município foi apresentada e analisada a partir de dados secundários acessados das principais fontes de indicadores sociais e de saúde municipais, regionais e nacionais. Na segunda fase, desenvolveu-se a técnica do Grupo Focal com trabalhadores de 13 equipes, atuantes em 8 Unidades de Saúde da Família de Maceió, com utilização do fluxograma analisador do modelo de atenção, para apropriação de dados referentes à configuração e potencialidade das práticas. O tratamento e interpretação dos dados foram desenvolvidos, orientando-se pelo método da análise temática e inspirados em princípios da hermenêutica e dialética, que permitiram a compreensão crítica da configuração e potencialidade do processo de trabalho, captando seu caráter histórico, cíclico e dinâmico. Os resultados evidenciaram que os trabalhadores enfrentam uma realidade marcada por grave situação de vulnerabilidade e risco social da população, principalmente relacionados às precárias condições de vida e desencadeados pela profunda desigualdade social, que repercutem negativamente sobre o quadro de morbimortalidade e o acesso aos serviços. A configuração do trabalho mostrou-se limitada à normatização instituída pela Estratégia Saúde da Família, mas apresenta aberturas impulsionadas pelo vínculo construído com a comunidade, produzindo múltiplas linhas de fuga informais, que se articulam no sentido de garantir a resolubilidade da atenção. Embora o trabalho vivo esteja capturado a normas e protocolos, que evidencia o predomínio do modelo biomédico e das tecnologias duras e leve-duras no cotidiano do trabalho, foram observadas múltiplas potencialidades para transformação positiva do modelo de atenção, no sentido da integralidade. A visão crítica sobre o contexto social da realidade na qual a população está inserida, o exercício do trabalho em equipe multiprofissional, o esforço no desenvolvimento de ações intersetoriais para solução dos problemas e a valorização de ações preventivas e de promoção da saúde são alguns exemplos de potencialidades identificadas. Os laços de afeto desenvolvidos entre equipes e comunidades propulsionam uma potencialidade que sinaliza disparar as demais: a abertura para o território das tecnologias leves, de acolhimento, escuta e diálogo, resultante da produção permanente de relações de confiança, compromisso e responsabilidade do trabalhador com a comunidade. A conclusão do estudo aponta que os trabalhadores vivenciam um momento de travessia, em que o modelo biomédico se confronta com novos modos de fazer. Nesse movimento, o estudo contribui ao mapear os pontos sensíveis da travessia, funcionando como instrumento para alavancar processos de empoderamento dos trabalhadores sobre sua prática, que conduzam a um modelo comprometido com a integralidade da atenção à saúde.
Título em inglês
Creative and transformer potential of the health work to (re) configuration of models of care
Palavras-chave em inglês
Family health program
Health services
Integrality
Models of care
Primary health care
Work process
Resumo em inglês
The core of analysis of this study was the daily practice in health, pausing in its capability to (re)configuration of models of care in the context of primary care, in Maceió, Alagoas, Brazil, and using as analytical fundamental category, the work process in health. The overall objective was to analyze the creative and transformative potential of the daily work of Family Health Teams and their relationship with the construction of a model of sustained attention by the principles of the SUS. For this, a research with qualitative approach was developed in two phases, with the use of techniques and research instruments to collect the quantitative and qualitative data, which are complementary to understanding the investigated problem. In the first phase of the study, the health situation of the county was presented and analyzed from secondary data accessed from the main sources of social and health municipal, regional and national indicators. In the second phase, the technique of focus group was developed with employees of 13 teams, active in 8 Units of the Family Health of Maceió, using the analyzer flow chart of the healthcare model, to appropriate data regarding the configuration and potential practices. The processing and interpretation of data were developed guided by the thematic analysis method and backed by principles of hermeneutics and dialectics, which allowed a critical understanding of the configuration and capability of the working process, capturing its historical, cyclical and dynamic character. The results showed that workers face a reality marked by severe situation of vulnerability and social risk of the population, mainly related to poor living conditions and triggered by social inequality, which impact negatively on the frame morbidity and access to the services. The work configuration proved to be limited by regulation established by the Family Health Strategy, but presents openings driven by the bond built with the community, producing multiple lines of informal trail, which articulate to ensure the resolution of attention. Although the live work is strongly influenced by standards and protocols, which shows the dominance of the biomedical model and the hard and soft-hard technologies in daily work, multiple potentials for positive transformation of the healthcare model, the integrality, were observed. A critical view about the social reality in which the population is inserted, the practice of multiprofessional teamwork, effort in the development of intersectoral actions for troubleshooting and recovery of preventive and health promotion are some examples of potential identified. The bonds of affection developed between teams and communities to propel a potentiality which signals trigger the others: the opening to the territory of lightweight technologies, acceptance, listening and dialogue, resulting from ongoing production of relations of trust, commitment and responsibility of the worker to community. The conclusion of the study points the workers living a moment of crossing, which the biomedical model is confronted with new ways of doing. In this movement, the study contributes to map the sensitive points of the crossing, running as a tool to leverage processes of empowerment of employees on their practice, leading to a committed to integral care model of health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.