• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2007.tde-07012008-103708
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Ludmilla Rossi Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Marziale, Maria Helena Palucci (Presidente)
Hong, Oi Saeng
Mauro, Maria Yvone Chaves
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz
Zago, Marcia Maria Fontao
Título em português
Análise dos fatores de risco do corte manual e mecanizado da cana-de-açúcar no Brasil segundo o referencial da promoção da saúde
Palavras-chave em português
Agroindústria
Promoção da saúde
Saúde do trabalhador
Trabalhadores rurais
Resumo em português
Trata-se de uma pesquisa de campo, exploratória, com abordagem quantitativa dos dados, elaborada com o objetivo de analisar as situações de trabalho e de vida que podem oferecer riscos à saúde de trabalhadores envolvidos no corte manual e mecanizado da cana-de-açúcar de uma usina de açúcar e álcool do interior do Estado de São Paulo. A amostra foi composta por 39 cortadores de cana-de-açúcar e 16 operadores de colhedeiras. Os dados foram coletados nos meses de julho e agosto de 2006 pela técnica de observação direta das situações de trabalho e das moradias dos trabalhadores e por meio de entrevistas semi-estruturadas que possibilitaram a identificação das percepções dos trabalhadores em relação aos problemas enfrentados diariamente nas lavouras canavieiras. O tempo médio de duração de cada entrevista foi de 20 minutos, as quais foram gravadas e posteriormente transcritas. Para a interpretação das falas, foi utilizada a técnica da análise do conteúdo. A pesquisa foi estruturada a partir do Modelo PRECEDE-PROCEED de Planejamento em Saúde (GRREN; KREUTER, 2005) e foram considerados os pressupostos da Teoria Social Ecológica (STOKOLS, 1996), da Teoria Cognitiva Social (BANDURA, 1986) e do Modelo Revisado de Promoção da Saúde (PENDER; MURDAUGH; PARSONS, 2002) para a análise dos dados, o que possibilitou a constatação de que o adoecimento dos trabalhadores envolvidos no corte manual e mecanizado da cana-de-açúcar é determinado pela interação contínua entre diversos fatores individuais, ambientais e sociais. Entre estes fatores, destacam-se as inadequadas condições de trabalho e de moradia destes indivíduos, que vivem em situação de pobreza. Em relação às condições de trabalho, observamos que durante o corte manual da cana os sujeitos estão expostos predominantemente ao risco de ocorrência de acidentes de trabalho e ao aparecimento de doenças osteomusculares devido à adoção de posturas incorretas, realização de movimentos corporais bruscos e repetitivos e intenso esforço físico. No corte mecanizado, há predominância do risco de aparecimento de diversos problemas psicológicos nos trabalhadores, decorrentes da constante exigência de atenção e concentração e das formas de organização do trabalho, além do risco de ocorrência de problemas osteomusculares devido à longa permanência na posição sentada. Os dados obtidos possibilitaram a elaboração de um plano de intervenções visando a promoção da saúde dos trabalhadores
Título em inglês
Analysis of the risk factors of manual and automated sugar cane cut in Brazil according to the referential of the Health Promotion
Palavras-chave em inglês
Agribusiness
Health Promotion
Occupational health
Rural workers
Resumo em inglês
It is about a field research, exploratory, with quantitative approach of the data, elaborated with the objective of analyzing the work situations and of life that can offer risks to the workers' health involved in the manual and automated cut of the sugar cane of a sugar and alcohol mill of the interior of São Paulo State. The sample was composed by 39 sugar-cane cutters and 16 operators of harvesters. The data were collected during the months of July and August of 2006 by the technique of direct observation of work situations and workers' homes and through interviews semi-structured that made possible the identification of the workers' perceptions in relation to the problems faced daily in the sugar cane farming. The average time of duration of each interview was 20 minutes, which were recorded and later transcribed. For the interpretation of the speeches, the technique of the content analysis was used. The research was structured according to the PRECEDE-PROCEED Model of Health Program Planning (GREEN; KREUTER, 2005) and the presuppositions of the Social Ecological Theory were considered (STOKOLS, 1996), of the Social Cognitive Theory (BANDURA, 1986) and the Health Promotion Model (Revised) (PENDER; MURDAUGH; PARSONS, 2002) for the analysis of the data, what made possible the verification that the workers' disease involved in the manual and automated cut of the sugar cane is determined by the continuous interaction among several individual, environmental and social factors. Among these factors, it stands out the inadequate work and living conditions of these individuals, who live in poverty. Concerning to work conditions, we observed that during the manual cut of the sugar cane the workers are exposed predominantly to the risk of occurrence of work accidents and the emergence of osteomusculares diseases due to the adoption of incorrect postures, execution of abrupt and repetitive movements and intense corporal physical effort. In the automated cut, there is the predominance of risk of emergence of several psychological problems in the workers, arising from the constant demand of attention and concentration and in the ways of work organization, besides the risk of osteomusculares problems occurrences due to the long permanence in the seating position. The obtained data made possible the elaboration of a plan of interventions seeking the promotion of the workers' health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.