• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2005.tde-30072007-171059
Documento
Autor
Nome completo
Vitória Helena Maciel Coelho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2005
Orientador
Banca examinadora
Bagnato, Vanderlei Salvador (Presidente)
Rastelli, Alessandra Nara de Souza
Silva, Orivaldo Lopes da
Título em português
Fluorescência óptica no diagnóstico de lesões teciduais
Palavras-chave em português
Diagnóstico
Espectroscopia
Fluorescência
Lesão por ultravioleta e lesão muscular
Resumo em português
A espectroscopia de fluorescência é um método convencionalmente empregado no estudo de materiais para a determinação de compostos em função de bandas de emissão características. O mesmo princípio pode ser utilizado para a determinação da presença de agentes fluorescentes em tecidos biológicos, que podem ser úteis no diagnóstico e direcionamento no tratamento de lesões teciduais. Das lesões teciduais as lesões por ultravioleta e as lesões musculares merecem atenção especial devido à freqüência com que ocorrem. As lesões por ultravioleta podem induzir o câncer de pele, que hoje representa o câncer de maior incidência no Brasil e as lesões músculo esqueléticas são as mais freqüentes quando comparadas há outras patologias que acometem o homem, motivo este do estudo destas lesões. No entanto, apesar da espectroscopia de fluorescência se mostrar eficiente para a detecção de lesões superficiais, dúvidas permanecem a respeito da sensibilidade da técnica para lesões intersticiais (que ocorrem em profundidade), visando este estudo avaliar a eficiência e a sensibilidade da técnica na diferenciação entre o tecido normal e o tecido lesado para o diagnóstico destas lesões. O sistema empregado para efetuarmos o diagnóstico, utiliza uma fonte laser de excitação em 442 nm (Helio-Cádmio), ponta de detecção com uma fibra central e seis periféricas para coleta da luz re-emitida pelo tecido, um monocromador e um computador. Para o trabalho foram utilizados ratos machos da raça Wistar com peso aproximado de 300 g, lesados utilizando uma lâmpada de ultravioleta e traumatizados utilizando um equipamento de trauma direto não invasivo. Os resultados foram obtidos através de análises comparativas entre os espectros do tecido normal e tecidos lesados.
Título em inglês
Optical fluorescence in tissue injury diagnosis
Palavras-chave em inglês
Diagnostic
Fluorescence
Injury by ultraviolet and muscle injury
Spectroscopy
Resumo em inglês
The fluorescence spectroscopy is a conventionally used method, in the study of materials for the compound determination in function to the characteristic emission bands. The same principle can be used to determine the presence of fluorescent agents in biological tissues, which can be useful in the diagnosis, and for a better direction in the treatment of tissue injuries. From the tissue injuries, the injuries by ultraviolet and muscle injuries, they deserve a special attention due to their frequent occurrence. The injuries by ultraviolet can induce skin cancer, which nowadays represents the highest incidence in Brazil and the muscle injuries are the most common, when compared to the other pathologies that affect human beings, that is why these two kinds of injuries will be studied in this paper. Although, thus, the fluorescence spectroscopy has shown to be efficient in the detection of superficial injuries, doubts remain about the technique sensitivity for interstitial injuries (which happen deeply), this study aims to evaluate the efficiency and sensitivity of the technique in the differentiation between normal tissue and injured tissue, for the diagnosis of these injuries. The system used to get the diagnosis uses a laser source of excitation in 442 nm (Helium-Cadmium), a tip of detection with a central fiber and six peripheral ones to collect the re-emitted light from the tissue, a monochromator and a computer. For the research, Wistar rats weighting about 300 g was used, which are injured using an ultraviolet lamp and traumatized, using a direct non-invasive trauma equipment. The results was be obtained through comparative analysis between the spectrums from normal tissue and injured ones.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.