• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alberto Giglio
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2000
Orientador
Banca examinadora
Defino, Helton Luiz Aparecido (Presidente)
Landim, Elcio
Volpon, José Batista
Título em português
Caracterização funcional e histológica de modelos experimentais de estudo do trauma raquimedular
Palavras-chave em português
Lesão da medula espinhal
Trauma raquimedular
Resumo em português
Foi realizado estudo experimental com ratos Wistar Albinos, com o objetivo de avaliar diferentes modelos de estudo da lesão da medula espinhal. Os controles foram formados pelos grupos Anestesia, Divulsionamento dos tecidos moles pré-vertebrais e Laminectomia. Os grupos para estudo da lesão da medula espinhal foram formados por animais nos quais o segmento vertebral localizado entre T10 e L1 foi submetido à secção total da medula espinhal, secção parcial (hemissecção), secção total precedida da aplicação local de anestésico e compressão vertebral. Os animais foram avaliados 2 e 24 horas após a realização dos procedimentos, por meio da Escala de Avaliação Locomotora, Teste do Campo Aberto, Teste de Retirada da Cauda, Teste da Placa Quente e Teste do Pinçamento da Pata (reflexos segmentares e supra-segmentares) e também por métodos histológicos, utilizando-se as colorações de Níssl, HematoxHina-Eosina e Glees. Foi observado que as escalas de avaliação locomotora utilizadas foram menos sensíveis à detecção de mudanças funcionais nos animais se comparadas com os testes de comportamento sensório-motores. O teste Exploração no Plano Vertical foi o mais sensível para detectar deficiências sensório-motoras nos diferentes grupos experimentais. Por esse método detectamos uma diminuição da capacidade de exploração do plano vertical nos animais 24 horas após os procedimentos. O teste de função reflexa mais sensível à detecção de deficiências sensório-motoras nos animais após trauma raquimedular leve, moderado e grave, foi o Teste da Placa Quente. Portanto, este estudo demonstrou que, além das Escalas de Avaliação Locomotora, o Teste do Campo Aberto e o Teste da Placa Quente são de utilização fácil, simples, barata, reprodutível e quantitativa, com sensibilidade para detectar deficiências funcionais em animais que tenham sofrido trauma raquimedular leve, moderado ou grave. A análise histológica em segmentos da medula espinhal abrangendo o sítio da lesão permitiu a avaliação da lesão e correlação entre a lesão sensitiva e motora.
Título em inglês
Functional and histological characterization of experimental models of spinal cord injury
Palavras-chave em inglês
Rachimedullar trauma
Spinal cord injury
Resumo em inglês
An experimental study was carried out using Wistar Albine rats, aiming at an evaluation of different models for the study of spinal injury. Controls included the following groups: Anesthesia, Divulsion of the soft prevertebral tissues and Laminectomy. Groups for the study of spinal injury were composed by animals whose vertebral segment between T10 and L1 was submitted to Total Section of the Spinal cord, Partial Section (hemissection), Total Section Preceded of Application of Local Anesthetic and Vertebral Compression. Animals were evaluated, 2 and 24 hours after the experimental procedures, by means of the Locomotor Evaluation Scale, Open Field Test, Tail Flick Test, Hot Plate Test and Paw Nippering Test (segmentary and suprasegmentary reflex), as well as by means of histological methods using Níssl, Hematoxilin-Eosin and Glees Stainning. lt was observed that the Locomotor Evaluation Scales so far used were less sensitive to detection of functional changes in animals when compared with the sensorio-motor behaviour tests. The vertical Plain Exploration Test was the most sensitive for detection of sensorio-motor deficiences in different experimental groups. By means of this method we could detect a decrease in the ability to explore the Vertical Plain in the animals of 24 hours. The more sensitive reflex function test to detect sensorio-motor deficiences of animals, following light, moderate or severe spinal cord injury, was the Hot Plate Test. Therefore, this study showed that, in addition to the locomotor Evaluation scales, the Open Field Test and Hot Plate Test are of easy, simple, cheap, reproducible and quantitative utilization, showing enough sensitivity to detect functional deficiences in animals previously submitted to light, moderate or severe spinal cord injury. Histological analysis of spinal cord segments which enclosed the injured site allowed the evaluation of the injury and the relationship between sensitive and motor lesions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.