• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.82.2018.tde-20082018-154905
Documento
Autor
Nome completo
Deisi Ferrari
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2017
Orientador
Banca examinadora
Azevedo, Fábio Micolis de (Presidente)
Magalhães, Fernando Henrique
Negrão Filho, Ruben de Faria
Parizotto, Nivaldo Antonio
Silva, Orivaldo Lopes da
Título em português
Capacidade discriminatória e fator de risco de parâmetros eletromiográficos na dor femoropatelar
Palavras-chave em português
Capacidade discriminatória
Dor femoropatelar
Eletromiografia de superfície
Fator de risco
Resumo em português
Apesar da dor femoropatelar (DFP) apresentar alta incidência e prognóstico desfavorável, sua etiologia permanece obscura e seu diagnóstico clínico e funcional indefinido. Acredita-se que uma das causas da DFP seja a alteração na ativação dos músculos vasto medial (VM) e vasto lateral (VL), porém são escassos os estudos que investigam parâmetros eletromiográficos no domínio da frequência destes músculos. Portanto, o objetivo é analisar parâmetros da frequência, obtidos por dois métodos de processamento, para identificação de padrões eletromiográficos em mulheres com DFP que apresentem elevada capacidade discriminatória, correlação com a dor e que possam ser considerados como fator de risco. O sinal eletromiográfico dos músculos VM e VL de 80 mulheres (40 mulheres assintomáticas e 40 mulheres com DFP) foi coletado durante a subida de escada. Considerou-se para análise o sinal eletromiográfico correspondente à componente vertical da força de reação do solo (Fz) e à loading rate (LR) da Fz. Os parâmetros eletromiográficos foram comparados entre os grupos e testados quanto à (ao) reprodutibilidade, capacidade discriminatória, associação com a dor e fator de risco. Os resultados evidenciaram que os parâmetros eletromiográficos correspondentes à Fz e a LR da Fz são reprodutíveis e estão alterados em pacientes com DFP. Entretanto, os parâmetros do sinal eletromiográfico correspondente à Fz apresentaram valores altos de correlação com a dor e capacidade discriminatória quando comparados ao segundo processamento. Além disso, a alteração eletromiográfica, representada pela banda de frequência entre 45 e 96 Hz do VL, mostrou ser um possível fator de risco para DFP. Os achados deste estudo mostram uma nova abordagem na interpretação e aplicabilidade das alterações eletromiográficas dos músculos VM e VL, evidenciando que alterações de controle neuromuscular devem ser consideradas no processo de avaliação, tratamento e prevenção da DFP.
Título em inglês
Discriminatory capacity and risk fator of electromyography parameters in the patellofemoral pain
Palavras-chave em inglês
Discriminatory capacity
Patellofemoral pain
Risk factor
Surface electromyography
Resumo em inglês
Despite the patellofemoral pain (PFP) has high incidence and unfavorable prognosis, its etiology remains unclear and clinical diagnosis indefinite. It is believed that one of the causes of PFP is the muscle activation altered of the vastus medialis (VM) and vastus lateralis (VL), however there are few studies that investigate electromyographic parameters in the frequency domain in these muscles. Therefore, the purpose is to analyze parameters of the frequency domain, using two different processing methods, to identify electromyographic patterns in women with PFP that have high discriminatory capacity, correlation with pain and that could be a risk factor. The electromyography signal of the VM and VL muscles of the 80 women (40 pain-free women and 40 women with PFP) was collected during stair ascend. Electromyography signal related to vertical ground reaction force (Fz) and loading rate (LR) of Fz was considered to analysis. Electromyography signal was compared between groups and tested about the reliability, discriminatory capacity, correlation with pain and risk factor. Results evidenced that electromyography signal related to Fz and LR are reliable and altered in women with PFP. However, electromyography signal related to Fz has higher values of correlation with pain and discriminatory capacity than electromyography signal related to LR. Furthermore, the altered electromyography signal, represented by the frequency between 45 and 96Hz of the VL muscles, may be consider a risk factor for PFP. Findings of this study show a new approach for understanding and applicability of the altered electromyography signal of the VL and VM muscles, evidencing that changes in the neuromuscular control should be considered in the assessment, management and prevention of the PFP.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.