• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2004.tde-17012005-110907
Documento
Autor
Nome completo
Estela Sant'Ana Vieira Douat
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2004
Orientador
Banca examinadora
Parizotto, Nivaldo Antonio (Presidente)
Gouvêa, Cibele Marli Cação Paiva
Silva, Orivaldo Lopes da
Título em português
Estudo comparativo do efeito do ultra-som terapêutico de 1MHz com frequência de repetição de pulso a 100 Hz e 16 Hz no reparo de osteotomia por escareação em tíbia de rato
Palavras-chave em português
inflamação
reparo ósseo
ultra-som terapêutico
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi comparar o efeito do ultra-som terapêutico de 1 MHz, nas freqüências de repetição de pulso de 100 Hz e 16 Hz (0,5 W/'CM POT.2' SATA), no processo de reparo de tíbia após osteotomia experimental. Neste trabalho foram utilizados 40 ratos machos albinos Wistar, divididos em 4 grupos experimentais: referência, controle, tratados com ultra-som terapêutico de 100 Hz (UST100) e 16 Hz (UST16). Os animais foram submetidos à fratura cirúrgica por escareação e, após 24 h, iniciou-se o tratamento com ultra-som terapêutico, por 6 dias consecutivos, durante 3 min ao dia. No 7° dia pós-cirúrgico foi realizada coleta de sangue através de punção cardíaca para quantificação dos níveis de fosfatase alcalina, em seguida os animais foram submetidos à eutanásia, a tíbia fraturada foi removida, radiografada e fixada para análise histológica. Para determinar a significância das diferenças observadas foi utilizada análise de variância (ANOVA). Os diâmetros da lesão da tíbia foram significativamente menores nos grupos UST100, UST16, respectivamente, em comparação ao grupo controle. O nível de fosfatase alcalina foi significativamente diferente nos grupos experimentais. A densidade de matriz óssea, fibroblastos, macrófagos, neutrófilos, linfócitos e vasos sangüíneos foram significativamente diferentes entre os grupos, indicando que o tratamento com ultra-som induziu o reparo ósseo. O tratamento com UST acelerou a fase aguda da recuperação óssea, sendo que, o UST com freqüência de repetição de pulso de 100 Hz demonstrou ser mais eficaz
Título em inglês
Comparative study of the 1 MHz with pulse frequency repetition of 100 Hz and 16 Hz therapeutic ultrasound effect in rat tibia healing after osteotomy
Palavras-chave em inglês
bone repair
inflammation
therapeutic ultrasound
Resumo em inglês
The aim of this work was to compare the 1 MHz with pulse frequency repetition of 100 Hz and 16 Hz therapeutic ultrasound effect (0.5 W/'CM POT.2' SATA) in the repair process of the experimental tibia osteotomy. In this work we used 40 male albino Wistar rats divided into 4 experimental groups: reference; control; 100 Hz (UST100) and 16 Hz (UST16) therapeutic ultrasound-treated. The rats undergone bone surgical fracture and the ultrasound treatment started 24 h after the surgery, the treatment lasted for 6 days, during 3 min a day. The blood was sampled by cardiac punction for alkaline phosphatase level quantification at the 7th day after surgery, than the animals were euthanized, the fractured tibia was removed, analyzed by radiography and fixed for histological analysis. The statistical significance of the analyzed parameters was tested with the ANOVA test. The diameter of the tibia lesion decreased significantly in the UST100 and UST16 groups, respectively, as compared to the control group. The blood alkaline phosphatase level was significantly different among experimental groups. The bone matrix, fibroblasts, macrophages, neutrophils, lymphocytes, and blood vessels densities were significantly different among experimental groups, indicating that the ultrasound treatment induced the bone repair. The UST treatment accelerated the acute phase of bone recovery and UST with pulse repetition frequency of 100 Hz was the most effective treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Estela.pdf (829.77 Kbytes)
Data de Publicação
2005-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.