• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2015.tde-13072015-165638
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius Tohoru Yoshiura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Alves, Domingos (Presidente)
Del Ben, Cristina Marta
Ribeiro, Marcos Aurélio Martins
Título em português
Desenvolvimento e implantação de um sistema web para monitoramento da rede de atenção em saúde mental
Palavras-chave em português
Gestão em saúde
Informática em saúde pública
Saúde mental
Sistemas de informação em saúde
Resumo em português
A saúde mental é uma das áreas que envolve mais atenção, visto que as ações tomadas dentro da rede não podem ser reduzidas a sistemas fechados, sem comunicação com outros sistemas, mas a sistemas abertos, heterogêneos e articulados. Dessa maneira, torna-se necessário a busca de novas possibilidades para a realização do trabalho contínuo e articulado entre os diferentes níveis da rede de atenção em saúde mental. Diante deste contexto, o principal objetivo deste projeto é desenvolver e implantar um sistema de informação em saúde para gestão de pacientes que permite realizar o monitoramento do fluxo de pacientes com transtornos mentais. Para tal, o projeto contempla o desenvolvimento de um sistema web utilizando as tecnologias web PHP, HTML, JavaScript e CSS, Sistema Gerenciador de Banco de Dados MySQL e servidor web Apache. Um sistema baseado na arquitetura web, denominado SISAM 13, que permite acompanhar as consultas, solicitações de internação, internações e o movimento de pacientes na rede pública de saúde mental do Departamento Regional de Saúde XIII (DRS XIII), fornecendo relatórios de gestão, foi criado e implementado. Inicialmente, o sistema foi implantando como piloto e, após de 90 dias, entrou em funcionamento definitivo. De novembro de 2012 até outubro de 2014, foram cadastrados 4271 pacientes, 480 profissionais, 1483 agendamentos de consultas, 5938 solicitações de internação e 3239 internações. Evidenciou-se que a maioria dos municípios de procedência da solicitação de internação fazem parte do DRS XIII, confirmando a adequação da regionalização. Verificou-se que a alta proporção de solicitações provenientes dos serviços especializados em saúde mental mostrou a dificuldade de estabilização de pacientes com transtornos mentais por essas unidades, evidenciando a falta de organização desses serviços e a falta articulação com os demais serviços da rede. O sobrecarregamento da rede do DRS XIII pode ser justificado pelo alto tempo de espera por atendimento, e a redução do giro leito, prejudicando o fluxo de pacientes. A maioria da população atendida nos serviços de internação foi masculina, entre 20 a 39 anos, com diagnóstico de transtornos relacionados ao uso de substância(s) psicoativa(s) e internação com duração maior ou igual a 31 dias. O maior tempo de permanência pelas internações compulsórias em comparação com as internações voluntárias e involuntárias, ocasiona em redução no giro leito, refletindo para toda rede de saúde mental. A alta proporção de contrarreferências para serviços especializados em saúde mental pode contribuir para a continuidade do tratamento, todavia, verificou-se que apenas 54,92% das altas foram contrarreferencias. A baixa utilização da funcionalidade de consultas em conjunto com o número de ações de usuários com permissão de solicitadores menor que o de prestadores, sugere o aperfeiçoamento e/ou inclusão de funcionalidades no sistema para os serviços extra-hospitalares. O aumento de 13,16% do número total de ações de um ano para outro pode ser explicado pela incorporação do sistema no processo diário de trabalho, visto que os usuários do sistema foram vistos e reconhecidos como parte integrante na construção do sistema, permitindo o engajamento dos mesmos na sua utilização e melhoria.
Título em inglês
Development and deployment of a web based system for monitoring the mental health network
Palavras-chave em inglês
Health information systems
Health management
Mental health
Public health informatics
Resumo em inglês
Mental health is one of the areas that involves more attention, since the actions taken within the services network cannot be reduced to closed systems without communication with other systems, but with open, heterogeneous and articulated ones. Thus, a search for new possibilities for the realization of continuous and articulated work between different levels of mental health care network is necessary. Given this context, the main objective of this project is to develop and deploy a web based health information system for patient management in order to perform the monitoring of the flow of patients with mental disorders. To this end, the project will include the use of web technologies such as PHP, HTML, JavaScript and CSS, Database Management System MySQL, and Apache web server. A web based system called SISAM 13, that allows appointments, requests for hospitalizations, hospitalizations and the movement of patients in the public mental health network, providing management reports, was created. Initially, the system was implemented as a pilot, and after 90 days, it came into definitive operation. From November 2012 to October 2014, the system registered 4271 patients, 480 professionals, 1483 schedules appointments, 5938 request for hospitalizations and 3239 hospitalizations. Most origin municipalities of the requests was part of the Regional Health Department XIII (RHD XIII), confirming the adequacy of regionalization. It was found that the high proportion of requests from the mental health specialized services, showed the difficulty of stabilizing patients with mental disorders by these units, showing the lack of organization and coordination with other network services. The network overloading can be justified by the high waiting time for hospitalization, and the bed turnover decrease, damaging the network patients flow. It was shown that the majority of the population treated in hospital admissions was male, between 20 to 39 years, diagnosed with disorders related to the use of psychoactive(s) substance(s) use and length of stay more than or equal to 31 days. The longer length of stay by the compulsory admissions compared with voluntary and involuntary admissions, causes reduction in the bed turnover, reflecting on the entire mental health network. The high proportion of counter references to mental health specialist services can contribute to the continuity of care, however, it was found that only 54,92% of the discharges were counter referenced. The low level use of the appointments features along with the low number of user actions by requesters, suggests the improvement and / or inclusion of features in the system for outpatient services. The increase of 13,16% in the total number of actions from one year to another can be explained by the incorporation of the system in the daily working process, since users of the system were seen and recognized as an integral part in the system development, allowing their engagement in its use and improvement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.