• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2018.tde-30082018-150826
Documento
Autor
Nome completo
Marina Miyuki Akutagawa Tacoshi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Fernandez, Carmen (Presidente)
Porto, Paulo Alves
Sousa, Sandra Maria Zákia Lian
Título em português
Avaliação da Aprendizagem em Química: concepções de ensino-aprendizagem que fundamentam esta prática
Palavras-chave em português
avaliação
concepções de ensino-aprendizagem
currículo
formação de professores de Química
Resumo em português
A avaliação possui um papel importante no processo de ensino-aprendizagem e sua prática deveria estar de acordo com os objetivos educacionais, contribuindo assim na sua obtenção. A avaliação das aprendizagens tem reconhecida capacidade de modificar o currículo, daí a importância do seu estudo. A forma como a avaliação se organiza e se desenvolve não é independente das concepções de ensino-aprendizagem apresentadas pelo professor e pode ter influência na representação que os alunos fazem da ciência e na aprendizagem da ciência. Neste trabalho, apresentamos o resultado de um estudo de caso realizado com dez professores de Química em exercício, atuantes em escolas públicas e particulares e também participantes do Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências da Universidade de São Paulo. Nossos dados estão baseados em entrevistas semiestruturadas realizadas com estes professores e análises de documentos desenvolvidos pelos professores e suas respectivas escolas, a saber: planejamento de ensino anual, projeto político pedagógico e avaliações. As respostas às entrevistas foram categorizadas e relacionadas a modelos didáticos conforme descritos na literatura por: transmissão/assimilação, descobrimento e construtivista. Os projetos políticos pedagógicos e os planejamentos foram categorizados de acordo com a literatura em ênfase em Educação Geral e em Química e, dentre estas, ainda em sub-categorias. As provas elaboradas pelos professores foram categorizadas em produtivas e reprodutivas, utilizando características descritas na literatura. As concepções de ensino-aprendizagem inferidas dos discursos dos professores, bem como as concepções expressas nos documentos que definem suas práticas (planejamentos de ensino e projetos políticos pedagógicos) mostram-se bastante coerentes com as direções sugeridas pelas reformas curriculares, expressando modelos de ensino centrados no aluno, e enfatizando aspectos relacionados à valorização do desenvolvimento dos estudantes e do processo de aprendizagem. Nosso estudo revela, entretanto, que as ações em sala de aula, ao menos no que se refere ao processo de avaliação, contrastam com tais idéias. A análise sistemática dos objetivos e da metodologia do processo avaliativo utilizada pelos professores investigados revela-se coerente com uma prática de ensino centrada no conteúdo químico e voltada principalmente à transmissão/assimilação e sugerem que a avaliação praticada pelos professores tem um papel predominantemente certificativo. Tal contradição pode comprometer a representação de ciência e como se aprende ciência, uma vez que, por este modelo de transmissão, a nota da prova e o que se solicita nela servem de referencial para o aluno. A compreensão das funções que a avaliação pode assumir não ocorre espontaneamente sendo necessário a intervenção através de formação contínua, onde se faça a correlação entre a concepção de ensino-aprendizagem, o modelo didático a ser empregado e a avaliação da aprendizagem mais adequada.
Título em inglês
Assessment of learning in Chemistry: teaching-learning conceptions that support this practice
Palavras-chave em inglês
assessment
chemistry teacher education programs
curriculum
teachinglearning conceptions
Resumo em inglês
Assessment plays an important role in the teaching-learning process, and its practice should be in accordance with the instructional goals, contributing towards their attainment. The assessment of learning is an important subject of study in research in science education, given its recognized capacity to change curriculums. The assessment methodology is dependent upon teaching-learning conceptions, and may impact students´ representations on science and on the learning of science. In this work, results based on a case-study focused on ten Chemistry teachers, practicing in public and private schools, and enrolled in a chemical education master program at the University of São Paulo are presented. The current study is based on the analysis of semi-structured interviews and also includes the investigation of documents produced by these teachers and the schools they work, including the annual teaching plannings, the school´s political pedagogical projects and the applied evaluations. The answers to the interviews were categorized and related to didactic models according to literature descriptions: transmission/assimilation model, discovery learning and constructivist model. Political pedagogical projects and teaching plannings were both categorized according to different curriculum emphases, grouped into two categories: "General Education" and "Chemical Education". Such emphases are also classified in subcategories, and have been suggested by literature. The exam questions were classified as productives and reproductives, also in accordance to previously described categories. The teaching-learning conceptions that emerge from the analysis of the teacher's speeches and the guidelines stated by the documents that define teachers' classroom practices (teaching plannings and political pedagogical projects) are in close agreement to the educational directions suggested by the curricular restructuring, expressing studentcentered teaching models and giving emphasis to the importance of students´ development and the learning process. Our study reveals, however, that classroom actions contrast to such ideas, at least while assessment procedures are concerned. The systematic analysis of the purposes and methodology of the evaluative process performed by the investigated teachers suggests a strong correlation to a content-based teaching practice, based on a transmission/assimilation model, where the main goal of the assessment practice is certification. Such contradiction may potentially undermine science representation and the learning of science, since, according to a transmission/assimilation model, the obtained grade in an exam and what is requested in the exams are important references to the students. Comprehension as regard to the different roles that the evaluation process may assume does not spontaneously occur. An intervention through teachers' in-service programs is necessary, focusing on the correlation between teaching-learning conceptions, didactic models and the assessment of learning.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.