• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2018.tde-29082018-165545
Documento
Autor
Nome completo
Lucia Machado de Andrade
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Fernandez, Carmen (Presidente)
Dion, Sônia Maria
Porto, Paulo Alves
Título em português
Uso de termos personificadores por professores de química: uma análise qualitativa
Palavras-chave em português
animismo
antropomorfismo
termos personificadores
Resumo em português
O propósito deste estudo foi investigar o uso de termos personificadores por professores de química do ensino médio, dando ênfase ao tipo de uso - consciente ou inconsciente, à ocorrência de cada tipo - animismo e antropomorfismo (literal, metafórico e teleológico), aos motivos e contextos que acarretariam no seu uso e às concepções dos professores em relação à sua influência no processo de ensino-aprendizagem. O trabalho está estruturado em duas partes: na primeira, foram analisadas quinze encomendas de simulações computacionais elaboradas por um total de trinta e seis professores participantes do projeto LabVirt da Escola do Futuro da USP. Na segunda parte do trabalho, os termos personificadores detectados nas encomendas dessas simulações serviram de subsídio para a elaboração de um conjunto de tarefas e entrevistas (estruturada e semi-estruturada) que foram utilizadas para a análise de outro grupo de seis professores. A partir dos dados desta pesquisa, pode-se dizer que o uso de termos personificadores é uma prática comum dos professores investigados, embora isso ocorra de forma inconsciente. Esse uso aparece indistintamente entre professores com diferentes perfis acadêmicos e experiência docente. A recorrência ao uso desses termos está relacionada à abstração do conceito químico trabalhado em sala por estes professores. Eles consideram, ainda, que o uso desses termos auxilia no processo de ensino-aprendizagem de seus alunos. O antropomorfismo metafórico é o tipo mais freqüentemente utilizado. Além disso, os termos personificadores mostraram-se eficientes instrumentos de análise para inferir sobre os possíveis modelos mentais dos professores em relação a alguns conceitos químicos. Tais modelos foram revelados por meio do uso desses termos pelos professores, utilizados em seus respectivos modelos expressos. Tais resultados revelam que o uso inconsciente desses termos impossibilita uma autonomia do professor no que se refere ao controle da influência da linguagem sobre o processo de ensino-aprendizagem.
Título em inglês
Use of personifying terms by chemistry teachers: a qualitative analysis
Palavras-chave em inglês
animism
anthropomorphism
personifying terms
Resumo em inglês
The purpose of this study was to investigate the use of personifying terms by high school chemistry teachers, giving emphasis to the type of use - conscious or unconscious, to the occurrence of each type - animism and anthropomorphism (literal, metaphoric and teleological), to the reasons and contexts which entail their use and to teachers' conceptions related to their influence on teaching and learning. The project is structured in two parts: in the first, fifteen scripts for learning objects elaborated by a group of teachers (a total of thirty six teachers) who participated in the LabVirt project from "Escola do Futuro - USP" were analyzed. In the second part, the personifying terms detected on these scripts were used to elaborate a set of tasks and interviews (structured and semi-structured) which were used to analyze another group of six teachers. From these results, was possible to admit that the use of personifying terms is a common practice among these investigated teachers, although it happens unconsciously. This practice appears indistinctively between teachers with different academic profiles and experience. The recurrence of these terms is related to the abstraction of the concept studied. Behind, these teachers consider that the use of these terms helps in the teaching learning process. The metaphoric anthropomorphism is the most frequent term used. Besides that, the personifying terms were efficient analysis instruments to infer about the possible mental models of the teachers. These models were revealed by the use of the personifying terms in their respective expressed models. These results point to the fact that the unconscious use of the personifying terms impedes the autonomy of the teacher in terms of the influence of language about the teaching learning process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.