• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.81.2015.tde-17122015-114606
Documento
Autor
Nome completo
Gildo Girotto Júnior
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fernandez, Carmen (Presidente)
Cintra, Elaine Pavini
Altarugio, Maisa Helena
Leal, Sergio Henrique Bezerra de Sousa
Ursi, Suzana
Título em português
Análise do conhecimento pedagógico do conteúdo de professores de química a partir da perspectiva dos educandos
Palavras-chave em português
Conhecimento Pedagógico do Conteúdo
Conhecimento Profissional
Percepção de estudantes
Resumo em português
A profissão professor é aquela com a qual todas as pessoas possuem mais contato, pois todos os que passaram pela educação básica conviveram diariamente com professores por, pelo menos doze anos e, intuitivamente, reconhecem os bons profissionais. No entanto, transformar a intuição numa base de conhecimentos sistematizada que explique o sucesso de uns em detrimento dos problemas enfrentados por outros não é uma tarefa simples. Neste trabalho nossa hipótese se baseia na possibilidade de reconhecimento dos conhecimentos da base de um professor por parte dos seus alunos. Para tanto, nos pautamos no referencial da base de conhecimentos profissionais e, em particular seu conceito mais conhecido, o Conhecimento Pedagógico de Conteúdo (PCK) que representa o conhecimento que os professores utilizam no processo do ensino. Com esse intuito foram investigados três professores de química, a partir das percepções que seus estudantes têm das suas práticas educativas e essas percepções foram confrontadas com a análise do pesquisador. A pesquisa apresenta uma abordagem mista (qualitativa e quantitativa). Os dados coletados incluem os planejamentos de curso, entrevistas, registros audiovisuais e respostas ao instrumento CoRe dos professores por um lado, e por outro, entrevistas com os estudantes e respostas a um instrumento de análise quantitativa reportado na literatura. As análises dos três professores em contextos diferentes indicam que os alunos conseguem, de modo geral, reconhecer os conhecimentos relacionados a algumas categorias de conhecimentos mais vinculadas à prática do professor, enquanto não conseguem julgar algumas categorias relacionadas a conhecimentos extraclasse, que não se apresentam diretamente nas ações do professor em sala de aula. Dentre os conhecimentos reconhecidos pelos estudantes estão o Conhecimento do Conteúdo; Conhecimento das Estratégias de Ensino; Conhecimento dos Procedimentos de Avaliação; e Conhecimento dos Objetivos Educacionais e Contexto. Entretanto, nos três casos estudados, os estudantes não conseguiram perceber o Conhecimento da Compreensão e Conhecimentos Prévios dos Estudantes, o Conhecimento do Currículo e o Processo Reflexivo. Os alunos da Licenciatura em Química foram mais criteriosos em perceber os conhecimentos dos professores do que os alunos do Bacharelado. Em relação à análise quantitativa realizada, é possível interpretar que existem indícios sobre alguns aspectos da prática, mas a simples interpretação dos dados numéricos não poderia apontar para um alto ou baixo grau de conhecimento do professor. Podemos ainda apontar que uma mesma ferramenta de análise quantitativa não pode servir para o reconhecimento de conhecimentos profissionais em ambientes com características tão distintas como aqueles em que se deu a coleta de dados. Entretanto, a mesma pode servir de base complementar ao estudo qualitativo desenvolvido através de uma análise múltipla.
Título em inglês
Analysis of Pedagogical Content Knowledge of Chemistry teachers from the student's perspective
Palavras-chave em inglês
Pedagogical Content Knowledge
Professional Knowledge
Student's perceptions
Resumo em inglês
Teacher profession is one with which all people have more affinity. For all who have gone through basic education lived daily with teachers for at least twelve years and intuitively recognize the good teacher. However, transforming intuition on the systematic base of knowledge to explain the success of some teachers at the expense of the problems faced by others is not a simple task. In this work our hypothesis is based on the possibility of recognition of the knowledge base of a teacher by their students. To this end, we base on the professional knowledge base literature and in particular his best-known concept, the Pedagogical Content Knowledge (PCK) that represents the knowledge that teachers use in the educational process. To that end we have been investigated three chemistry teachers from the perceptions that their students have about their educational practices and these perceptions were compared with analysis of the researcher. The research presents a qualitative and quantitative approach. The data collected include course plans, interviews, audiovisual records and responses to CoRe instrument of teachers on the one hand, and on the other, interviews with students and answers to a quantitative analysis instrument reported in the literature. The analysis of the three teachers in different contexts indicate that students can, in general, recognize the knowledge related to certain categories of knowledge more linked to the practice of teacher, while unable to judge some categories related to extracurricular knowledge, which are not presented directly during the actions of the teacher in the classroom. Among the teacher knowledge students recognized are Content Knowledge; Knowledge of teaching strategies; Knowledge of Assessment Procedures; and Knowledge of Context and of Educational Objectives. However, in the three cases studied, the students failed to grasp the Knowledge of Students' understandings, the Knowledge of Curriculum and the Reflective Process. Student teachers were more discerning in understanding the knowledge of teachers than students of the Bachelor courses. With regard to quantitative analysis, it is possible interpret that there are indications of some aspects of the practice, but the simple interpretation of numerical data could not point to a high or low degree of teacher knowledge. We can also point out that the same quantitative analysis tool cannot serve for the recognition of professional knowledge in environments with such distinctive features as those who gave data collection. However, it can serve as a complementary basis to the qualitative study developed through multiple analysis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.