• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2008.tde-13042015-153733
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo de Carvalho Bonetti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Hosoume, Yassuko (Presidente)
Dickman, Adriana Gomes
Menezes, Luis Carlos de
Título em português
A linguagem de vídeos e a natureza da aprendizagem
Palavras-chave em português
Audiovisual
Ciências
Ensino
Material Didático
Resumo em português
Este trabalho pretende identificar elementos presentes em vídeos educativos que contribuem para o aprendizado de conceitos científicos. Alunos da rede privada e alunos da rede pública de ensino no 1º ano do Ensino Médio de São Paulo assistiram aos episódios de dois seriados veiculados em TV aberta, um com formato televisivo e o outro mais parecido com a aula tradicional. Para cada um dos seriados foram selecionados dois episódios, um sobre as alavancas e outro sobre o princípio de vôo do avião. Os resultados indicam que, individualmente, os episódios contribuem para o aprendizado de conteúdos científicos, e com desempenho bastante semelhante. Há pequenas diferenças ligadas ao fato de os alunos responderem com melhor desempenho a perguntas que tenham a mesma forma com que o tema foi desenvolvido no vídeo. Já os mesmos episódios contribuem de forma cooperativa, quando são exibidos para um mesmo grupo de alunos, obtendo-se, assim, melhoras significativas no aprendizado dos conceitos científicos em grupos. A linguagem dos vídeos promove forma de aprendizagem de natureza distinta e complementar. Dessa forma, encontramos indícios de que os vídeos prazerosos devem ser mais valorizados no ensino, pois são tão educativos quanto vídeos monótonos. Também identificamos que realizadores de audiovisuais educativos devem ter consciência da cooperação que ocorre quando se mesclam momentos de sistematização e momentos de prazer num audiovisual, o que pode ser contemplado por professores que utilizem vídeos de naturezas distintas.
Título em inglês
The language videos and the nature of learning
Palavras-chave em inglês
Audiovisual
Education
Sciences
Teaching Materials
Resumo em inglês
In this work we identify the aspects of educational videos that contribute to students´ learning of scientific concepts. Students in the first year of high school, from both public and private schools, watched two episodes about levers and two about the principle of airplane flight from two different TV series. While one episode explores the subjects in a contextualized way, the other is similar to a traditional class. Our results indicate that each episode contributes to the learning of scientific concepts in a very similar way. However, there are small differences in performance, due to the fact that students show better learning when the questions have the same format as developed in the video. We find that two episodes, about the same subject, work in a cooperative way when shown to the same group of students. The results show significant improvement in the students´ learning. The approaches of the two videos promote learning in distinct and complementary ways. Thus, we find that contextualized videos should be preferred in teaching, since they teach as much as unengaging videos. We also point out that educational video makers should be aware of the cooperative advantages of alternating moments of pleasure and of systematization. In fact, this can also be attempted by teachers using videos of distinct nature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.