• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.81.2016.tde-06102016-142302
Documento
Autor
Nome completo
João Eduardo Fernandes Ramos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Piassi, Luis Paulo de Carvalho (Presidente)
Almeida, Maria José Pereira Monteiro de
Monteiro, Isabel Cristina de Castro
Oliveira, Mauricio Pietrocola Pinto de
Possenti, Sirio
Título em português
O cômico e a física: o riso, a quebra de expectativa e o absurdo no ensino e na divulgação da física
Palavras-chave em português
Comunicação científica
Humor
Intervenções em espaços formais
Riso
Resumo em português
É possível rir da ciência? Qual seria a relação entre o cômico e a ciência? Onde está o humor na ciência? No âmbito do ensino, os alunos riem das piadas com física? É preciso entender ou saber conceitos de física para entender a piada? É pensando nestas questões que articulamos a presente pesquisa, que visa estudar a relação entre o humor e a ciência e suas implicações didáticas. Para tanto, iniciamos nossa pesquisa a partir de um estudo das teorias sobre o humor e sua evolução ao longo da história, seguida de um levantamento de obras, tais como: O Guia do Mochileiro das Galáxias de Douglas Adams, As cosmicômicas de Italo Calvino, tiras e charges, entre outras, nas quais enxergamos uma aproximação entre ciência e humor. Com a base teórica, investigamos os resultados de intervenções didáticas nas quais foram utilizados materiais midiáticos pesquisados. Para a elaboração e realização das atividades e da pesquisa, nós nos apoiamos em uma metodologia que engloba três etapas: análise, formulação e aplicação/intervenção. Em que na primeira, o material é estudado, em seguida é realizada a produção de uma proposta de atividades, que, por fim, é realizada em um espaço educacional, seja ele formal ou não. No presente trabalho, a investigação foi realizada em dois momentos distintos. O primeiro envolvendo estudantes do ensino superior, tanto da Escola de Artes Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, quanto da Universidade Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus Rio Claro, e no segundo com alunos do ensino fundamental II, no âmbito do projeto Banca da Ciência na Escola. Como resultado, concluímos que, no geral, a relação entre humor e ciência se encontra fora da ciência, e relacionada com outros conteúdos. Pudemos observar que, de fato, há uma estreita relação entre o riso e a compreensão de um conteúdo científico, e, que o humor, devido a sua aproximação com o lúdico, possibilita, e necessita, um espaço dinâmico para a sua utilização. Portanto, o humor apresenta um papel importante tanto no processo de ensino-aprendizagem quanto no engajamento à ciência.
Título em inglês
Comic and physics: the laugh, the violation of expectations and the absurd on physics teaching and science communication.
Palavras-chave em inglês
Humor
Interventions
Laugh
Science communication
Resumo em inglês
Is it possible to laugh from Science? What would it be the relationship between something funny and science? Where is the humor on science? On the scope of teaching, do the students laugh from physics puns? Is it necessary to understand or to know physics concepts to "get" the joke? It is thinking on these questions that we have articulated this current research, that aims to study the relationship between humor and science, and its didactical implications. To do so, we started this research studying the humors theories and its evolution trough history, followed by a study of media works, such as Douglas Adams' Hitchhiker's Guide to the Galaxy, Italo Calvino's Cosmicomics, comic stripes, among others, on which we saw an approximation of science and humor. With this theoretical background, we have investigated the outcomes of didactical interventions on which the works researched were used. For the elaboration and realization of the activities and the research, we supported a methodology that can be divided in three steps, analysis, elaboration and intervention. On the first step, the work its studied, on the second step one intervention its elaborated, and, on the third step, the intervention takes place on an education environment, be it formal or nonformal. On the current work, the investigation was performed on two different moments. The first involving students from undergraduate courses, such as Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, and, Universidade Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus Rio Claro, and on the second moment, with students from secondary education on the project Science stand at school. As results, we have concluded that, in general, the relation between humor and science can be found outside the science, and related with others subjects. We could also observe that, indeed, there is a strait relationship among laugh and the comprehension of a scientific content, and, that the humor, due its proximity with ludic activities, allows, and requires, a dynamical space for its use. Therefore, the humor has an important role in teaching and learning process an in the engagement of science
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.