• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2008.tde-04052015-162853
Documento
Autor
Nome completo
Mônica Maria Biancolin
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ferrara Junior, Nelson Fiedler (Presidente)
Carvalho, Edgard de Assis
Teixeira, Maria Cecilia Sanchez
Título em português
O imaginário de estudantes de física: uma abordagem antropológica
Palavras-chave em português
Antropologia
Ensino
Ensino Médio
Física
Imaginário
Resumo em português
O trabalho consiste no desvelamento do imaginário de estudantes de Física com a tecedura de implicações que o conhecimento do imaginário acarreta para o Ensino de Física. O conhecimento do imaginário é de significativa importância, pois a relação entre o indivíduo e o mundo não é direta, mas mediada por processos de pensamento. Tais processos configuram-se através das significações que o homem institui das coisas a partir da sua interação com o mundo. As significações estão alicerçadas no plano simbólico, justificando o estudo dos símbolos, das imagens e do imaginário. Para o acesso ao imaginário dos estudantes de Física utilizamos a técnica dos Brasões de Pascal Galvani. Tal técnica projetiva consiste no preenchimento de escudos, com figuras, a partir de temas propostos. A análise do imaginário revelado pelos Brasões está ancorada na Antropologia do Imaginário de Gilbert Durand que classifica o imaginário em dois regimes: o regime diurno definido como o regime das antíteses e o regime noturno que se caracteriza por estar constantemente sob o signo da conversão e do eufemismo. O trabalho insere-se numa visão sistêmica do mundo representada pela abordagem Bio-cognitiva que considera a educação segundo a perspectiva existencial de formação. A formação do sujeito é concebida como um processo tripolar, ou seja, a interação do sujeito com as coisas e com as pessoas e a tomada de consciência do sujeito sobre o seu funcionamento. A coleta de dados da pesquisa foi realizada durante sete encontros, com um grupo de cinco alunos, da disciplina Física, do terceiro ano do ensino médio da escola pública, localizada em Poá- SP. A cada encontro uma proposta de trabalho foi apresentada pela pesquisadora resultando num conjunto de 21 Brasões.
Título em inglês
The Imaginarium of Physics Students : A anthropological approach
Palavras-chave em inglês
Anthropology
Education
Imaginary
Physics
Secondary Education
Resumo em inglês
The work consists of the discovery of imaginary of physics students, with the web of implications that the knowledge of the imaginary bring to the physics teaching. The knowledge of the imaginary is of a significant importance, because the relationship between the individual and the world is not direct, but mediated by thought processes. Such processes are configured through the meanings that man conceives of the things starting from your interaction with the world. The meanings are found in the symbolic plan, justifying the study of the symbols, of the images and of the imaginary. To access the imaginary of physics students, Pascal Galvani's technique of heraldries was used. Such projected technique, consists of the completion of shields, with illustrations, starting from proposed themes. The analysis of the imaginary revealed by the heraldries is anchored in Gilbert Durand's Anthropology of Imaginary which classifies the imaginary in two regimes: the diurnal, which is defined as the regime of the antitheses and the nocturnal, which is characterized by being constantly under the sign of the conversion. The work inserts in a systemic vision of the world represented by the biocognitive approach that considers the education according to the existential perspective of formation. The formation of the subject is conceived as a tripolar process, i.e., one's interaction with things, with people and the realization of the subject of his or hers operation (operational closing). The collection of data of the research was accomplished during seven encounters, with a group of five students, of the third year of physics discipline of public High School, located in Poá-SP. Every meeting a work proposal was presented by the researcher, resulting in a group of 21 heraldries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.