• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2019.tde-07022019-153420
Documento
Autor
Nome completo
Telma Franco Diniz Abud
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Azenha Junior, João (Presidente)
Cunha, Maria Zilda da
Garcia, Ana Julia Perrotti
Milton, John
Zanotto, Mara Sofia de Toledo
Título em português
Tradução de poesia infantil e sua recepção via Pensar Alto em Grupo: "As meninas" e "O menino (azul)", de Cecília Meireles
Palavras-chave em português
Cecília Meireles
Estudos da tradução
Literatura infanti
Pensar Alto em Grupo
Recepção
Tradução de poesia
Resumo em português
Centrado no campo dos Estudos da Tradução em confluência com o campo da Educação, este trabalho visou investigar, diretamente com as crianças leitoras, a recepção de poemas infantis traduzidos para o inglês, e contrastá-la à recepção dos respectivos poemas fonte, escritos em português, valendo-se, para a geração de dados, da prática de letramento Pensar Alto em Grupo (ZANOTTO, 2014). Os poemas fonte, "As meninas" e "O menino azul", pertencem à coleção de poemas Ou isto ou aquilo (1964), de Cecília Meireles. As versões para o inglês foram elaboradas pela pesquisadora, e pela poeta e tradutora britânica Sarah Rebecca Kersley, aplicando critérios que privilegiam a correspondência de atributos poéticos entre poema fonte e traduzido (BRITTO, 2002; 2005; 2010). O contraste entre as recepções fez-se com base nas interpretações infantis: cada poema fonte foi 'pensado-alto' por dois grupos de crianças brasileiras e cada poema traduzido por dois grupos de crianças estrangeiras. Do lado brasileiro, crianças de 9 a 11 anos, matriculadas na EMEF Vera Lúcia Fusco Borba (São Paulo); do lado estrangeiro, crianças da mesma idade, matriculadas no correspondente Y5 das escolas inglesas Thriplow Primary School (Cambridge) e King David Primary School (Birmingham). No que concerne à Educação, este estudo contribuiu para confirmar a aplicabilidade do PAG como instrumento para promover a leitura de poesia no Ensino Fundamental I. No que concerne aos Estudos da Tradução, este estudo permitiu afiançar o PAG como ferramenta de apoio a tradutores e a estudiosos da tradução, em especial aos de literatura infantil e/ou aqueles voltados à recepção. Ao comparar as interpretações, foi possível apontar convergências de leituras entre os diferentes grupos, sugerindo que o horizonte de expectativas das crianças, no que concerne os valores afetivos na esfera doméstico-familiar é muito semelhante dentro de uma mesma cultura e também entre diferentes culturas. Foi possível também apontar divergências entre as interpretações, e distingui-las em pelo menos dois tipos: 1) aquelas motivadas pela ancoragem linguístico-cultural, a saber, os diferentes ambientes histórico-geográficos, em conjunto com a história de vida dos participantes, seu conhecimento de mundo, além do "horizonte de expectativas" dos leitores em face de uma nova obra (JAUSS, 1994 [1967]); e 2) aquelas provocadas por interferências na tradução e que, mesmo quando aparentemente inofensivas, podem provocar o popular "efeito borboleta" (ASLANOV, 2015) descrito na Teoria do Caos. Assim, no plano específico, a par dos dados gerados pelo PAG, o tradutor pode fazer escolhas mais conscientes e éticas. E num plano mais amplo, o estudioso pode se deparar com resultados que comprovem teorias já existentes ou apontem para novas hipóteses, novos caminhos.
Título em inglês
Translation of poetry for children and its reception via Think Aloud in Group: "Girls at the window" and "The (blue) boy"
Palavras-chave em inglês
Cecília Meireles
Childrens literature
Reception
Think Aloud in Group
Translation of poetry
Translation studies
Resumo em inglês
This thesis, which encompasses both Translation Studies and Education Studies, examines how English-speaking young readers receive Brazilian childrens poems translated into English and compares their reactions to those of young Brazilian readers receiving the source poem in the childrens source language. This study uses data from the dialogical literacy practice known as Think Aloud in Group (ZANOTTO, 2014). The source poems, As meninas [Girls at the window] and O menino azul [The blue boy] are part of the collection Ou isto ou aquilo (1964) by Cecília Meireles. The English translation was rendered by the author together with British translator and poet Sarah Rebecca Kersley and subscribed to the criteria of correspondence of poetic attributes between the source poem and the translation (BRITTO, 2002; 2005; 2010). Comparison of how the poems were received was based on the childrens interpretations: each source poem was thought aloud with two groups of Brazilian children, and each translated poem was thought aloud with two groups of English-speaking children. In Brazil, the groups consisted of children ages 9 to 11 enrolled in the 4th grade at Vera Lúcia Fusco Borba Municipal State-Funded School (São Paulo); in England, the children were the same age and enrolled in the equivalent Y5 at Thriplow Primary School (Cambridge) and King David Primary School (Birmingham). In terms of education as a field of study, this research confirms the applicability of Think Aloud in Group as an instrument to encourage children in primary school to read poetry. In terms of Translation Studies, this work demonstrates the efficacy of Think Aloud in Group as a support tool for translators and scholars of translation, particularly for specialists studying childrens literature and/or how translated childrens literature is received by non-native speakers. A comparison of the childrens interpretations evidences convergences among the groups, suggesting that childrens horizons of expectations, in terms of home and family values, is very similar within the same culture as well as between different cultures. And two types of divergences in the interpretations are also apparent: 1) differences owing to linguistic and cultural references: the readers historical and geographic setting, individual life story, understanding of the world and "horizon of expectations" when exposed to a new poem (JAUSS, 1994 [1967]); and 2) differences caused by interferences in the translation that, even when seemingly innocuous, may lead to the popular butterfly effect" expressed in chaos theory (ASLANOV, 2015). Thus, specifically speaking, using data from Think Aloud in Group practices allows translators to be more cognizant and ethical in their translating choices; and broadly speaking, these practices provide a rich data set that can be used both to test current theories and to generate new hypotheses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.