• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-08022018-110121
Documento
Autor
Nome completo
Ruben Gerardo Sternschein
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Chwarts, Suzana (Presidente)
Amâncio, Moacir Aparecido
Carvalho, Francisco de Assis Moreno de
Rosenberg, Shalom
Título em português
A natureza humana e a liberdade no pensamento de S. R. Hirsch
Palavras-chave em português
Filosofia
Hermenêutica
Hirsch
Judaísmo
Liberdade
Livre-arbítrio
Psicologia
Responsabilidade
Resumo em português
O projeto de pesquisa consiste na análise dos diversos escritos de Samson Raphael Hirsch (1808-1888) a fim de descobrir o sistema de pensamento que sustentou suas diversas posturas controversas, com especial ênfase no tema do livre-arbítrio. Baseando-nos na hipótese de existir um sistema coerente, investigamos a ideia do livre-arbítrio em sua obra e buscamos analisar qual seu grau de consistência no conjunto dos escritos, qual seu grau de coerência interna e qual sua relação com outros temas por ele abordados. De acordo com nossa hipótese, a ideia de liberdade humana sustentada por Hirsch resume-se da seguinte forma: todos os indivíduos encontram-se limitados e determinados tanto pela informação genética quanto pela história pessoal vivida. Entretanto, esses fatores não impõem apenas uma atitude em cada circunstância nova, senão delimitam um contexto de opções. Uma dentre todas as opções é a divina e, portanto, aquela que mais condiz com a essência e a missão da pessoa. Apenas essa opção é escolhida em plena liberdade, sem influências ou determinantes limitadores. Assim, a heteronomia divina se configura, retrospectivamente, como a essência da autonomia humana. Os fatores circunstanciais mencionados são percebidos como ferramentas para o desenvolvimento do propósito divino, que se revela como a realização mais autêntica do indivíduo. Para refletir sobre isso, identificamos alguns tópicos recorrentes (Psicologia e Epistemologia; a Natureza e a Matéria; a História e o Tempo; e a Política). Estes temas acionam a discussão sobre a liberdade em sua obra e, por isso, intitulam os capítulos da presente tese de doutorado. Também confrontamos as percepções de Hirsch com as dos principais autores que se debruçaram sobre o mesmo tema. Revisamos essas ideias à luz das pesquisas sobre Hirsch e, finalmente, no contexto histórico e filosófico no qual ele atuou.
Título em inglês
Human nature and freedom in S.R. Hirsch's thought
Palavras-chave em inglês
Free will
Freedom
Hermeneutics
Hirsch
Judaism
Philosophy
Psychology
Responsibility
Resumo em inglês
This research project consists of an analysis of the several works by Samson Raphael Hirsch (1808-1888) in order to ascertain the system of thought upon which many of his controversial conclusions are based, with special emphasis on the topic of free will. Relying on the hypothesis that a coherent system exists, I have investigated how Hirschs work approached the idea of free will, the degree of consistency in said approach, its internal coherence and its relationship with other topics discussed by the author. According to the hypothesis, Hirsch's idea of human freedom is summarized as follows: all individuals are limited and determined by both genetic information and personal history. However, those factors do not impose one single attitude for each new circumstance, but rather delimit a context of options. One of all such options is the divine option, the one that most matches the essence and mission of a given person. Only this option is chosen in full freedom, devoid of influences or limiting determinants. Thus, divine heteronomy is, retrospectively, the essence of human autonomy. The circumstantial factors mentioned above are perceived as tools for the development of the divine purpose, which reveals itself as the most authentic fulfillment of the individual. In order to reflect better on the issue, I identified a few relevant and recurring topics for a more detailed analysis (Psychology and Epistemology, Nature and Matter, History and Time, and Politics). Those issues are the bases used for the discussion in this work about freedom in Hirschs work, and as such the chapters that compose the thesis were named accordingly. I have also compared Hirsch's perceptions with those of the main authors who have delved on the same topic. These ideas are reviewed in light of existing research on Hirsch, and, finally, of the historical and philosophical context under which he produced his works.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.