• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-31102018-155822
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Yanagihara Shimizu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Ishiki, Michiko Okano (Presidente)
Mubarac, Luiz Claudio
Saito, Cecília Noriko Ito
Souza, José Afonso Medeiros
Título em português
Shin-hanga e Hiroshi Yoshida: paisagens de uma nova gravura
Palavras-chave em português
Arte japonesa
Hiroshi Yoshida
Shin-hanga
Ukiyo-e
Xilogravura moderna japonesa
Resumo em português
A presente pesquisa investiga o movimento de gravura moderna japonesa Shin-hanga, que se iniciou na Era Meiji (1868 1912) e foi desenvolvido nas duas eras subsequentes, Taish (1912 1926) e Shwa (1926 1989), em um momento em que o Japão passava por um processo de ocidentalização. Tal contexto histórico é explicado no primeiro capítulo, o qual nos ajuda a entender o desenvolvimento do Shin-hanga e suas relações com o mundo e a arte ocidental, principalmente a europeia. O movimento em si é explicado no segundo capítulo: o seu início, o desenvolvimento e os principais artistas. A paisagem, ou as vistas de lugares, foi o tema escolhido para a análise das imagens. Como exemplo do movimento, destacou-se o artista Hiroshi Yoshida (1876 1950), o qual teve muitas oportunidades para viajar para fora do Japão, tendo a vivência no Ocidente e no Oriente. Yoshida fez pinturas e xilogravuras e utilizou a técnica tradicional japonesa em sua produção, mas também incorporou conceitos ocidentais no estudo de luz, por exemplo. Suas obras foram estudadas estabelecendo comparações com as estampas Ukiyo-e e algumas pinturas impressionistas europeias.
Título em inglês
Shin-hanga and Hiroshi Yoshida: landscapes in a new print
Palavras-chave em inglês
Hiroshi Yoshida
Japanese art
Modern japanese woodcut
Shin-hanga
Ukiyo-e
Resumo em inglês
The present research investigates the modern Japanese print movement Shin-hanga, which began in the Meiji Era (1868 1912) and was developed in the two subsequent eras, Taish (1912 1926) and Shwa (1926 1989), at a time when Japan underwent a process of westernization. Such a context is explained in the first chapter, which helps us understand the development of Shin-hanga and his relations with the world and Western art, mainly European. The movement itself is explained in the second chapter: its beginning, development and the leading artists. The landscape, or the views of places was the theme chosen for the analysis of the images. As an example of the movement, the highlight is on the artist Hiroshi Yoshida (1876 - 1950), who had many opportunities to travel outside Japan, having experience in the West and East. Yoshida made paintings and prints and used the traditional Japanese technique in his production, but also incorporated Western concepts in the study of light, for example. His works were studied alongside Ukiyo-e prints and some Impressionist paintings by European artists.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.