• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-19012009-153231
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Gomes Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Chaves, Rita de Cassia Natal (Presidente)
Macêdo, Tania Celestino de
Souza, Florentina da Silva
Título em português
Câmara Cascudo e Oscar Ribas: diálogos no Atlântico
Palavras-chave em português
Câmara Cascudo
Macrossistema literário
Oscar Ribas
Resumo em português
O presente trabalho tem por objetivo propor aproximações entre os autores Câmara Cascudo e Oscar Ribas. O primeiro pertencente ao sistema literário brasileiro e o segundo ao angolano. Buscamos a comparação entre ambos, considerando as semelhanças entre seus percursos. Ao longo de suas carreiras, os autores dividiram-se entre a produção literária e a pesquisa folclórica. A proposta que executamos apropria-se do conceito de macrossistema literário defendido por Benjamin Abdala Júnior. Em sua perspectiva, macrossistema é definido pelos contatos que podem ser estabelecidos entre os sistemas literários nacionais no contexto das literaturas de língua portuguesa. Nosso estudo centra-se sobre dois romances: Canto de muro (1959) de Câmara Cascudo e Uanga (feitiço) (1951) de Oscar Ribas. A análise destas obras nos permite apreciar textos fracionados entre o fazer literário e o compromisso com a divulgação de dados de pesquisa. A dualidade nas carreiras dos intelectuais é espelhada na composição de seus romances. Realizamos também uma leitura do livro de ensaios Made in África (1965) de Câmara Cascudo, no qual nos deparamos com um Cascudo leitor de Oscar Ribas e preocupado com os matizes africanos da cultura brasileira.
Título em inglês
Câmara Cascuda and Oscar Ribas: dialogs in the Atlantic
Palavras-chave em inglês
Camara Cascudo
Literary macrosystem
Oscar Ribas
Resumo em inglês
The present work aims to propose some relations between the writers Câmara Cascudo and Oscar Ribas considering the similarity in their literary journey, the former belonging to the Brazilian literary system and the latter to the Angolan literary system. During their careers, those writers dedicated themselves to the literary production as well as the research on folklore. The study approach is the concept of literary macrosystem defended by Benjamin Abdala Júnior, which is defined by the contacts that can be established among the national literary systems in the context of Portuguese-language literatures. It focuses on two novels, Câmara Cascudo's Canto de muro (1959) and Oscar Ribas's Uanga (feitiço) (1951). The analysis of both works allows us to appreciate texts parceled into the literary making and the commitment to publishing their researches. That dualism in both intellectual careers is reflected in the composition of their novels. The reading of Câmara Cascudo's essay book, Made in África (1965), has allowed us to see Câmara Cascudo as a reader of Oscar Ribas's works and a writer concerned about the African hue of Brazilian culture.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ALEXANDRE_GOMES_NVES.pdf (739.18 Kbytes)
Data de Publicação
2009-01-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.