• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-17042017-105219
Documento
Autor
Nome completo
Cristina Casagrande de Figueiredo Semmelmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Cunha, Maria Zilda da (Presidente)
Klautau, Diego Genu
Mendes, Maria dos Prazeres Santos
Título em português
Em boa companhia: a amizade em O senhor dos Anéis
Palavras-chave em português
Amizade
Ética a Nicômaco
Literatura e cinema
O Senhor dos Anéis
Tolkien
Resumo em português
Chama a atenção o fato de uma obra como O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien, envolver não apenas um herói, mas muitos personagens com um objetivo comum: a destruição do Anel do Poder. Eles criam laços e revelam sentimentos que nós encontramos no dia a dia, na jornada de nossa vida: se tornam amigos. Este projeto busca analisar como a amizade na obra tolkieniana colabora para o desenvolvimento de seus personagens, bem como contribui para o sucesso de seu objetivo final. Para tanto, tomaremos como base teórica o livro Ética a Nicômaco de Aristóteles, obra que se propõe essencialmente a estudar a felicidade, ou seja, o bem último do homem (eudaimonía). Ao aniquilarem o Anel, os heróis da saga tolkieniana realizam seu grande desejo, e ocorre então o que Tolkien chama de eucatástrofe, o final feliz, essencial nas histórias de fada. Ainda no pensamento aristotélico, a amizade seria tanto um sintoma da felicidade do ser humano quanto uma necessidade para que ele alcance essa realização plena. Por conta de Tolkien ter o seu entendimento de imaginário baseado, entre outras questões, no pensamento religioso, buscaremos também apoio na teologia, especialmente na Suma Teológica de São Tomás de Aquino, enxergando, na amizade, uma relação direta com a caridade cristã. Por entendermos que, na contemporaneidade, a centralidade do livro dá espaço para outras produções artísticas, nos apoiaremos também nas adaptações fílmicas de O Senhor dos Anéis, dirigidas pelo neozelandês Peter Jackson. Tal análise comparativa visa trazer mais elementos para o estudo sobre a amizade na narrativa de Tolkien, visto que o homem contemporâneo, especialmente o jovem, se mostra, cada vez mais, apoiado no universo do audiovisual, muitas vezes partindo dele para o da literatura. Acreditamos que nosso projeto chega em boa hora, visto que tanto o livro quanto o filme em questão envolvem e fascinam seu público leitor e espectador, contribuindo para a formação de seu pensamento ético e de seu caráter, servindo de referência a muitas obras do gênero fantasia, em diversas plataformas.
Título em inglês
In good company: friendship in The Lord of the Rings
Palavras-chave em inglês
Friendship
Literature and Cinema
Nicomachean Ethics
The Lord of The Rings
Tolkien
Resumo em inglês
It draws our attention the fact that a work like The Lord of The Rings, by J. R. R. Tolkien, involves not only a single hero, but many characters with a common goal: the destruction of the Ring of Power. They connect with each other and reveal feelings we find day by day in our lives journey: they become friends. This project aims, therefore, to analyze how friendship in the Tolkienian work collaborates for the characters development, as well as it contributes for the success of their final goal. To achieve this, we will take as theoretical basis the book Nicomachean Ethics, by Aristotle, a work that essentially proposes to study happiness, in other words, the ultimate purpose of man (eudaimonia). By annihilating the Ring, the Tolkienian saga heroes achieve their great desire, and what happens then is what Tolkien calls the happy ending, which is essential to fairy stories. Still within the Aristotelian line of thought, friendship would be both a symptom of a human beings happiness and a requirement to reach this full achievement. Since Tolkiens imaginary understanding is based on, among other issues, the religious mindset, we will take theology as support, especially Summa Theologica, by Thomas Aquinas, by seeing, in friendship, a direct association with the Christian charity. Since we understand that, in our present days, the centrality of the book allows other artistic productions, we will also base this study on The Lord of The Rings movie adaptations, directed by the New Zealander filmmaker Peter Jackson. Such comparative analysis aims to bring more elements to the study of friendship in Tolkiens narrative, since the contemporary man, especially the young one, shows an increasing interest in the audiovisual universe, often starting with it and then moving on to literature. We believe that this is a timely project, since both the book and the movies in question involve and fascinate their readers and spectators, contributing to the development of their ethical thinking and character, acting as a reference to many fantasy gender works, in many platforms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.