• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-09062015-130702
Documento
Autor
Nome completo
Adriano Guilherme de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Abdala Junior, Benjamin (Presidente)
Martin, Vima Lia de Rossi
Santos, Rubens Pereira dos
Título em português
Vozes subterrâneas: embates discursivos em Angústia, de Graciliano Ramos, e Voz de prisão, de Manuel Ferreira
Palavras-chave em português
Hegemonia
Intelectual engajado
Literatura brasileira
Literatura cabo-verdiana
Literatura engajada
Resumo em português
Este trabalho visa explorar as relações entre duas obras produzidas em língua portuguesa e de algum modo vinculadas à tendência engajada da literatura modernista: Angústia, de Graciliano Ramos, e Voz de prisão, de Manuel Ferreira. Entre os nexos comparativos estão a hipótese de que, nos dois livros, são expostas e exploradas as tensões existentes entre discursos hegemônicos e discurso subterrâneos. Esse embate discursivo cultural, estético, ideológico será pensado como fatura romanesca e também a partir da participação e/ou intermediação da figura do intelectual, a qual, de modos diferentes, tem relevância nas obras em questão.
Título em inglês
Underground voices discursive discussions on Angústia, de Graciliano Ramos, and Voz de prisão, by Manuel Ferreira
Palavras-chave em inglês
Brazilian literature
Cape Verdean literature
Hegemony
Politically engaged literature
Politically engaged scholar
Resumo em inglês
This work aims to explore the relationships between two works produced in Portuguese and somehow linked to the political engagement tendency of modernist literature: Angústia by Graciliano Ramos, and Voz de prisão by Manuel Ferreira. Between the comparative links is the hypothesis that, in both books, are exposed and explored the existing tensions between hegemonic speeches and "underground speeches". This discursive clash - cultural, aesthetic, ideologic - will be thought as romanesque invoice and also through the participation and/or intervention of the figure of the scholar, to which, in different ways, has relevance in the works in question.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.