• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-06112012-113225
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Cristina Muraro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Macêdo, Tania Celestino de (Presidente)
Chaves, Rita de Cassia Natal
Junqueira, Maria Aparecida
Mourao, Fernando Augusto Albuquerque
Soares, Francisco Manuel Antunes
Título em português
Luanda: entre camaradas e mujimbos
Palavras-chave em português
Discurso
Espaço
Literatura angolana
Manuel Rui
Mujimbos
Ondjaki
Resumo em português
De uma perspectiva comparada, e sob viés literatura e sociedade, o objetivo desta tese é discutir os tópicos espaço e discurso, nas narrativas angolanas Quem me dera ser onda (1982), de Manuel Rui e Bom dia camaradas (2000), de Ondjaki. No capítulo 1, para contextualizar o tempo da diegese, os anos 80 em Angola, examina-se o discurso das personagens, do narrador e do discurso de léxico socialista. No capítulo 2, a análise concentra-se na representação dos espaços de Luanda, em três instâncias: o privado, o coletivo e o público, ou seja, a casa, os prédios e a escola; bem como suas relações com o discurso. No capítulo 3, demonstra-se como espaço e discurso se interligam ao contradiscurso (mujimbo). Em meio a isso, argumenta-se também como o sistema de contradições sociais corrobora para dar forma à estrutura das obras.
Título em inglês
Luanda: between comrades and mujimbos
Palavras-chave em inglês
Angolan literature
Manuel Rui
Mujimbos
Ondjaki
Space
Speech
Resumo em inglês
In a comparative perspective, between literature and society, this thesis analyzes space and speech in two Angolan narratives, Quem me dera ser onda (1982), by Manuel Rui, and Bom dia camaradas (2000), by Ondjaki. In chapter 1, I contextualise the time of the diegesis, examining the speech of characters, the narrator and the socialist lexicon, during the 80s. In chapter 2, the analysis focuses on the representation of spaces of city Luanda, in three instances: private, collective and public, in other words: house/home, buildings/apartment anda school; as well as its relations with the speech. In chapter 3, I demonstrate how space and speech are interconnected to the counterspeech (mujimbo). Inside this, I hope also demonstrate how the system of social contradictions suture the structure of the narratives.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.