• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-05082015-145237
Documento
Autor
Nome completo
Avani Souza Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Simone Caputo (Presidente)
Cunha, Maria Zilda da
Mendes, Maria dos Prazeres Santos
Rezende, Neide Luzia de
Rodrigues Sobrinho, Genivaldo
Título em português
Narrativas orais, literatura infantil e juvenil e identidade cultural em Cabo Verde
Palavras-chave em português
Cabo Verde
Chiquinho
Comandante Hussi
Hibridação
Identidade cultural
Resumo em português
Tanto as tradições orais apropriadas pela Literatura Infantil e Juvenil quanto pela Literatura de maneira geral contribuem para a formação da identidade cultural, porque trazem elementos da cultura através dos quais nos reconhecemos e nos identificamos pelos laços de pertencimento. Destacamos como objetivo precípuo deste trabalho a imersão no processo de construção da identidade cultural cabo-verdiana, híbrida e plural, a fim de dar visibilidade a estratégias de que lança mão a literatura para se apropriar tanto do patrimônio oral quando das vivências históricas para dinamizar o imaginário infantil e juvenil. A oralidade, resgatada em vários números da Revista Claridade (1936 e 1937), evidencia-se na narrativa oral O Lobo e o Chibinho, transposta para a linguagem literária por Baltasar Lopes, no excerto Bibia, do romance Chiquinho, e ainda em cinco capítulos dessa obra publicados naquela revista. O imaginário infantil e juvenil crioulo será ainda por nós analisado a partir da leitura de Infância, primeira parte de Chiquinho, e da obra Comandante Hussi, de Jorge Araújo, em que enfatizamos diálogos interculturais e intertextuais ensejados pela paródia a texto jornalístico que motivou a obra. As categorias teóricas em que apoiamos nossas análises foram, respectivamente, identidade cultural (Stuart Hall) e hibridação (Néstor Canclini).
Título em inglês
Oral Narratives, childrens and youth literature and cultural identity in Cape Verde
Palavras-chave em inglês
Cape Verde
Chiquinho
Comandante Hussi
Cultural identity
Hybridization
Resumo em inglês
The oral traditions appropriated by Childrens and Youth Literature as well as by Literature in general contributed to the cultural identity formation since they have cultural elements which we recognize and identify ourselves with through belonging ties. The main aim of this paper is the immersion in the Cape Verdean process of cultural identity formation, hybrid and plural, in order to give visibility to strategies resorted by Literature to incorporate both the oral heritage and the historical experiences to boost Children´s and juvenile imaginary. The oral tradition, rescued in many of the Claridade magazine texts (1936 and 1937), become clear in the oral narrative O Lobo e o Chibinho, transposed to the literally language by Baltasar Lopes, in the excerpt Bibia, from Chiquinho novel, including in more five chapters in the same edition. The Creole Children´s and Youth imaginary will be analysed in this paper by the readings of Infância, in the first part of Chiquinho, and of the text Comandante Hussi, by Jorge Araújo, emphasizing intercultural and intertextual dialogues occasioned by parody to journalistic text that motivated the work. The theoretical categories that support the analyses in this paper were, respectively, cultural identity (Stuart Hall) and hybridization (Néstor Canclini).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.