• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-31052011-161733
Documento
Autor
Nome completo
Polyana de Almeida Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Cavaliere, Arlete Orlando (Presidente)
Bonfitto Junior, Matteo
Vassina, Elena Nikolaevna
Título em português
Gorie ot uma, de Aleksandr Gribóiedov tradução e aproximações
Palavras-chave em português
A inteligência que desgraça!
Aleksandr Griboiédov
Neoclassicismo
Teatro Russo
Teatro Russo do século XVIII
Teatro Russo no início do século XIX
Resumo em português
O presente trabalho é composto pela apresentação de A inteligência, que desgraça! (1825), do dramaturgo russo Aleksandr Serguéievitch Griboiédov, do universo em que foi escrita, bem como a tradução da obra-prima ao português. Essa primeira tradução carrega os dilemas inerentes à grandiosidade da linguagem e, sendo assim, o primeiro passo, na tradução da obra ao português, segue o caminho do significado para que, no futuro, o significante, complexo e rico, possa ser focado. Depois, tomamos o caminho do Teatro Russo do século XVIII e início do século XIX, seu universo neoclássico, e, ao final, as transfigurações de A inteligência, que desgraça! aos modelos clássicos, essencialmente os conflitos provenientes das ações que trabalham, nas duas tramas principais, de maneira igual.
Título em inglês
Gorie ot uma, de Aleksandr Griboiédov translation and approximations
Palavras-chave em inglês
Aleksandr Griboedov
Gore ot uma
Neoclassicism
Russian theater
Russian theater in eighteenth-century
Russian theater in the beginning of nineteenth-century
Resumo em inglês
This present research is composed of a presentation of Gore ot uma (1825), by Russian playwright Aleksandr Griboedov, and of the universe in which it was written, as well as a first step in attempt of translating the masterpiece into Portuguese. This first translation embodies the dilemmas inherent to the greatness of the language and, therefore, the first step, for a translation of the masterpiece into Portuguese, follows the path of the signified, in order that, in the future, the signifier, rich and complex, may be focused. Afterwards, we take the path of Russian Theater from the Eighteenth century to the beginning of Nineteenth century, its neoclassical universe, and, in the end, in Gorie ot umas transfigurations to the classical patterns, essentially the conflicts originated by actions that work, in the two main plots, in a equal manner.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.