• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2019.tde-25022019-122347
Documento
Autor
Nome completo
Natália Gonçalves de Souza Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Martins, Eduardo Vieira (Presidente)
Camilo, Vagner
Cano, Jefferson
Cunha, Cilaine Alves
Marques, Wilton José
Título em português
Um leitor inconformado: Álvares de Azevedo e o periodismo do século XIX
Palavras-chave em português
Crítica literária
Literatura comparada
Revue des deux mondes
Romantismo
Transferência cultural
Resumo em português
Esta tese de doutorado tem por objetivo principal analisar o conjunto da produção ensaística de Manuel Antônio Álvares de Azevedo (1831-1852), composta por Literatura e civilização em Portugal; Lucano; Alfredo de Musset: Jacques Rolla e George Sand: Aldo o rimador. A pesquisa elenca as principais questões levantadas pelo autor enquanto crítico literário e delineia as polêmicas em que cada um desses quatro ensaios se insere. Simultaneamente, a análise identifica as características formais e estilísticas desses textos, nos quais pode se perceber um elemento recorrente que os unifica: a prática da citação. O levantamento daquilo que é citado por Álvares de Azevedo em seus ensaios permite relacioná-los a um importante conjunto de textos, na maior parte das vezes de origem internacional, composto por jornais, revistas, livros e manuais de literatura que se encontravam em circulação no Brasil do século XIX. A investigação sistemática do vasto material compulsado por Álvares de Azevedo evidencia o papel de destaque conferido à Revue des deux mondes, indubitavelmente uma de suas principais fontes bibliográficas, nas páginas da qual ele teve contato com um aparato crítico-teórico proveniente dos estudos de literaturas estrangeiras, em voga na França a partir de 1830. A visada cosmopolita que norteia os artigos de escritores como Jean-Jacques Ampère, Xavier Marmier e Edgar Quinet, ajudou o poeta brasileiro a moldar seu ponto de vista crítico. Embasados na pesquisa filológica, os trabalhos produzidos por esses estudiosos franceses de literaturas estrangeiras sugerem inúmeras ramificações entre as culturas partícipes do tronco indo-europeu e parecem ter fornecido um instrumento teórico importante para que Álvares de Azevedo equacionasse sua posição particular frente ao problema nuclear da crítica romântica do seu tempo: refutando a tese hegemônica, que defendia a autonomia da literatura brasileira frente à portuguesa, o autor da Lira dos vinte anos, de uma perspectiva internacionalista, defendia a unidade das duas literaturas e a relação da produção poética local com o rico patrimônio legado pela tradição ocidental. O diálogo com o periodismo do século XIX, sobretudo com os artigos de literaturas estrangeiras, precursores dos estudos de literatura comparada, permite colocar o debate proposto por Álvares de Azevedo no panorama mais amplo das discussões que se desenrolavam internacionalmente e ajudam a compreender o seu anseio de que as letras locais também participassem de um movimento de circulação cultural entrevisto por ele nas obras das literaturas matriciais analisadas em seus ensaios. Esta tese de doutorado dá continuidade a uma investigação iniciada no mestrado, dedicado ao estudo dos prefácios e cartas em que Álvares de Azevedo refletiu sobre sua produção poética e ficcional.
Título em inglês
A nonconformist reader: Álvares de Azevedo and 19th century journalism
Palavras-chave em inglês
Comparative literature
Cultural transfer
Literary criticism
Revue des deux mondes
Romanticism
Resumo em inglês
This doctoral thesis aims to analyse the essay production set of Manuel Antônio Álvares de Azevedo (1831-1852), made up of Literatura e civilização em Portugal; Lucano; Alfredo de Musset: Jacques Rolla and George Sand: Aldo o rimador. The study compiles the main questions raised by the author as a literary reviewer and delineates the polemics in which each one of those four essays gets engaged. Simultaneously, the analysis identifies the formal and stylistic characteristics of those texts, in which it can be noticed a recurrent element that unifies them: the quotation practice. The gathering of the quotations done by Álvares de Azevedo on his essays allows us to relate them to another set of texts, mostly of international origin, comprised of newspapers, magazines, books and literature manuals that were circulating in the XIX century Brazil. The systematic investigation of the extensive material consulted by Álvares de Azevedo brings to light the important role of Revue des deux mondes, undoubtedly one of his main bibliographic sources, in which he had contact with the theoretical and critical apparatus of foreign literature, in vogue in France since 1830. The cosmopolitan view that guides the articles of the writers such as Jean-Jacques Ampère, Xavier Marmier e Edgar Quinet, helped the Brazilian poet to shape his critical viewpoint. Based on philological research, the works done by those French experts of foreign literature suggest innumerous ramifications among the participant cultures of the indo-european root and seem to have provided an important theoretical tool so that Álvares de Azevedo could equationate his own position related to the nuclear problem of the contemporaneous romantic review: refuting the hegemonic thesis, that defended the autonomy of the Brazilian literature from the Portuguese literature, the author of the Lira dos vinte anos, from an internationalist perspective, stood up for the union of both literatures and for the relation of the local poetic production to the rich heritage of the western tradition. The dialogue with the journalism of the XIX century, mainly with the foreign literature articles, ancestors of the comparative literature, allows to place the debate proposed by Álvares de Azevedo on the wider panorama of the international discussions and helps to understand his yearning for the participation of the local literature on the cultural circulation movement glimpsed by him on the works of matric literature analysed on his essays. This doctoral thesis continues an investigation initiated in the Master´s degree, dedicated to the study of the prefaces and the letters in which Álvares de Azevedo reflected on his poetic and fictional production.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.