• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-17092015-124112
Documento
Autor
Nome completo
Wilker Leite de Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Fabio Rigatto de Souza (Presidente)
Parreira, Marcelo Pen
Souza, Ana Helena Barbosa Bezerra de
Título em português
O fim do eu e o mim sem fim: a crise do narrador em Malone Meurt e A hora da estrela
Palavras-chave em português
A hora da estrela
Beckett
Clarice
Crise do romance
Crise do sujeito
Malone meurt
Resumo em português
Estudo da crise do narrador onisciente nos romances Malone meurt (1951), de Samuel Beckett, e A hora da estrela (1977), de Clarice Lispector. Atravessados pela memória textual de seus autores implícitos, os narradores-escritores Malone e Rodrigo S. M. fracassam ao criar histórias aos moldes do realismo formal. Malgrado seus esforços para estabelecer uma distância segura em relação à matéria narrada, acabam por replicar nela não apenas a si próprios, mas sobretudo motivos, episódios e até mesmo falas de personagens de obras anteriores. Paradoxalmente, a busca por firmarem-se como senhores absolutos do processo ficcional apenas sublinha o quanto são objetos desse processo.
Título em inglês
The end of the I and the me without end: the crisis of the narrator in Malone Meurt and A hora da estrela
Palavras-chave em inglês
A hora da estrela
Beckett
Clarice
Crisis of the novel
Crisis of the subject
Malone dies
Malone meurt
Resumo em inglês
A study about the crisis of the omniscient third-person narrator in the novels Malone meurt (1951), from Samuel Beckett, and A hora da estrela (1977), from Clarice Lispector. Laced by textual memory of their implied authors, the narrators-writers Malone and Rodrigo S. M. fail to tell stories according to the formal realism molds. Despite their efforts to create a safe distance between them and the narratives, they end up not only mirroring themselves in it but mainly mirroring several subjects, episodes, and even phrases from previous work. Paradoxically, their search to be the absolute subject of the creation process only emphasizes how they are objects of this process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.