• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-05082015-162445
Documento
Autor
Nome completo
Darcy Attanasio Taboada Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Nitrini, Sandra Margarida (Presidente)
Atik, Maria Luiza Guarnieri
Campos, Regina Maria Salgado
Passos, Cleusa Rios Pinheiro
Soares, Marisa Balthasar
Título em português
Potencialidades do ensaio: convergências poéticas e conceituais (Guerra sem testemunhas, de Osman Lins)
Palavras-chave em português
Deolindo Tavares
Ensaio
Escrita
Jean-Paul Sartre
Osman Lins
Resumo em português
Esta tese é um estudo sobre o ensaio de Osman Lins, Guerra sem testemunhas: o escritor, sua condição e a realidade social. Por se tratar de um livro que teve duas edições diferentes, foi feito o cotejamento entre elas e detectada as alterações para a segunda publicação. Das buscas documentais de Guerra sem testemunhas foi possível acessar suas fontes primárias, o que revelou a existência de Diários, que registram a elaboração da obra. Na abertura desta, está posto um desafio ao leitor; lê-lo a partir das epígrafes que aparecem no início. As duas primeiras pertencem ao poeta Deolindo Tavares e as duas outras, ao filósofo Jean-Paul Sartre. Os versos do poeta pernambucano têm como personagem Willy Mompou, que Osman Lins fez migrar para o corpo do ensaio, transformando-o em seu parceiro ao simular uma narrativa que percorre o texto. As do pensador francês espraiam-se pela escrita, em que o diálogo mantido por Osman Lins acontece a partir da fonte dessas duas menções, de Que é a literatura?. Neste, as questões acerca do escritor e da literatura servem de ponto e contraponto para Lins apresentar a sua própria visão sobre os temas em questão na obra. Em realidade, esses dois autores, Deolindo Tavares e Jean-Paul Sartre, por essas contribuições, foram analisados como os dois polos a sustentar o ensaio, o poético e o conceitual. Por essas peculiaridades estilísticas, o escritor pernambucano ocupa o espaço potencializado pelo próprio gênero. Dentro de uma perspectiva relacional, em que se inserem essas reflexões, um estudo mais detalhado sobre Deolindo Tavares justifica-se por se tratar de um poeta desconhecido, o que não acontece com Sartre, intelectual francês de grande projeção internacional e com reconhecida presença no Brasil dos anos 1960 e 1970. Também foi dada relevância para as meditações e as práticas de inspiração cartesiana, que Osman Lins deixa transparecer em seu trabalho.
Título em inglês
Potentialities of the essay: poetic and conceptual xonvergences (Guerra sem testemunhas by Osman Lins)
Palavras-chave em inglês
Deolindo Tavares
Essay
Jean-Paul Sartre
Osman Lins
Writing
Resumo em inglês
This PhD thesis is a study of Osman Lins essay, Guerra sem testemunhas: o escritor, sua condição e a realidade social [War without testimonies: the writer, his/her condition and the social reality]. As there are two different editions, a comparison of both was done to point out the changes present in the second publication. Having access to its sources, it was found out that the process of writing Guerra sem testemunhas was registered in his Diaries. The opening of the book challenges its readers to read the text through its epigraphs. The first two ones belong to the poet Deolindo Tavares and the other two, to the philosopher Jean-Paul Sartre. The verses of the poet from Pernambuco has Willy Mompou as a protagonist, who Osman Lins brings to the centre of his essay and transforms him into his partner when he simulates a narrative throughout his text. The epigraphs of the French thinker appear throughout his whole writing; Osman Lins develops a dialogue with those two references to Sartres book What is Literature? Issues about the writer and literature become Linss point and counterpoint to introduce us to his own perspective about those themes. These two authors, Deolindo Tavares and Jean-Paul Sartre, were analysed as being two distinct poles that sustain the essay: the poetic and the conceptual ones. Due to these stylistic particularities the writer from Pernambuco occupies the space potentialized by the genre itself. The reflections, constructed from a relational perspective, justify a more detailed study about Deolindo Tavares because he is an unknown poet, while Sartre is an internationally renown French intellectual whose presence in Brazil in the 1960s and 1970s is widely recognized. This work also focuses the meditations and practices of Cartesian inspiration that Osman Lins reveals in his work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.