• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-25082009-151642
Documento
Autor
Nome completo
Luciene Marie Pavanelo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Paulo Fernando da Motta de (Presidente)
Sousa, Sérgio Paulo Guimarães de
Souza, Raquel dos Santos Madanêlo
Título em português
Entre o coração e o estômago: o olhar distanciado de Camilo Castelo Branco
Palavras-chave em português
Amor de perdição
Bertolt Brecht
Cabeça e estômago
Camilo Castelo Branco
Coração
O que fzem mulheres
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é questionar a imagem cristalizada da ficção de Camilo Castelo Branco, usualmente polarizada em passional-satírico, lágrima-riso, sério-cômico, ou, em termos camilianos, coração-estômago, procurando mostrar que romances de classificações distintas podem ter mais semelhanças do que aparentam. Para isso, analisaremos a mais famosa obra de Camilo e principal representante da chamada tendência passional, Amor de Perdição, e um dos mais importantes exemplares da tendência satírica, Coração, Cabeça e Estômago, além de uma obra menos conhecida e de definição controversa, O Que Fazem Mulheres, ressaltando neles a mistura do sério e do cômico. Assim, buscaremos enfocar no que acreditamos ser uma característica comum nos três romances: o diálogo crítico de Camilo com os discursos ideológico-culturais e literários de seu tempo, construído através da paródia e do comentário metaliterário. Dessa forma, tencionamos propor uma reflexão sobre a estética camiliana, cujos recursos literários que produzem a quebra da tensão dramática podem ser aproximados do efeito de distanciamento utilizado por Bertolt Brecht em seu teatro épico. Finalmente, é nosso intuito discutir que, devido ao seu olhar distanciado, Camilo pode ser associado à tradição da sátira menipéia, cujos meios e fins são distintos da sátira de cunho moral.
Título em inglês
Between the heart and the stomach: the Camilo Castelo Brancos distanced gaze
Palavras-chave em inglês
Amor de perdição
Bertolt Brecht
Cabeça e estômago
Camilo Castelo Branco
Coração
O que fazem Mulheres
Resumo em inglês
The objective of this work is to question the crystallized image of Camilo Castelo Brancos fiction, usually polarized in passionate-satirical, tear-laughter, serious-comic, or, in camilian terms, heart-stomach, trying to show that novels of distinct classifications may have more similarities than they look like. In order to show it, we will analyze the Camilos most famous work and main representative of the so-called passionate tendency, Amor de Perdição, and one of the most important exemplars of the satirical tendency, Coração, Cabeça e Estômago, and also a less known work, of controversial definition, O Que Fazem Mulheres, giving prominence to the mixture of the serious and the comic at them. Thus, we will attempt to focus in what we believe that is a common characteristic in the three novels: Camilos critical dialogue with the ideological-cultural and literary discourses of his time, constructed through parody and metaliterary comment. Therefore, we intend to propose a reflection about the camilian aesthetics, which literary resources that produce the break of dramatic tension may be approximated to the estrangement effect used by Bertolt Brecht in his epic theater. Finally, it is our aim to discuss that, due to his distanced gaze, Camilo may be associated to the tradition of menippean satire, which means and ends are distinct of the moral type satire.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-08-25
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • PAVANELO, Luciene Marie. O olhar camiliano sobre o contexto literário oitocentista : metalinguagem e paródia em O Que Fazem Mulheres. Revista Desassossego [online], 2009, vol. 1, n. 1, p. 1-12. [acesso 2011-11-06]. Disponível em : <http://www.fflch.usp.br/dlcv/revistas/desassossego/edicao/01/artigos.php>
  • PAVANELO, Luciene Marie. O olhar distanciado de Camilo e a quebra da catarse. Remate de Males [online], 2008, vol. 28, n. 2, p. 267-277. [acesso 2011-11-06]. Disponível em : <http://www.iel.unicamp.br/revista/index.php/remate/article/viewFile/856/623>
  • PAVANELO, Luciene Marie. A sátira camiliana e o contexto cultural oitocentista parodiado. In Anais do XI Encontro Regional da ABRALIC - Literatura, Artes, Saberes [online], 11, São Paulo, 2007. São Paulo : ABRALIC, 2007. ISBN 9788598402. [acesso 2011-11-06]. Disponível em : <http://www.abralic.org.br/htm/congressos/anais-eventos.htm>
  • PAVANELO, Luciene Marie. Camilo Castelo Branco: iluminado e romântico?. In Atas do 3º Colóquio do PPRLB - Relações Luso-Brasileiras: entre iluminados e românticos [online], 3, Rio de Janeiro, 2006. Rio de Janeiro : Real Gabinete Português de Leitura, 2006. ISBN 18092748. [acesso 2011-11-06]. Disponível em : <http://www.realgabinete.com.br/geadmedia/mediapackages/giadrgpl_rgpl/documentsmain/201110181154952dde_lucienemariepavaoriginal.pdf>
  • PAVANELO, Luciene Marie. O diálogo crítico de Camilo Castelo Branco com o ultrarromantismo. In Anais - XX Encontro de Professores Brasileiros de Literatura Portuguesa: no limite dos sentidos [CD-ROM], 20, Niterói, 2005. Rio de Janeiro : Léo Christiano Editorial Ltda., 2005. ISBN 8585020644.
  • PAVANELO, Luciene Marie. Relações luso-brasileiras em Camilo Castelo Branco: mais do que lágrimas ou risos. In Atas do 4º Colóquio do PPRLB - Relações Luso-Brasileiras: D. João VI e o Oitocentismo [online], 4, Rio de Janeiro, 2008. Rio de Janeiro : Real Gabinete Português de Leitura, 2008. ISBN 18092748. [acesso 2011-11-06]. Disponível em : <http://www.realgabinete.com.br/geadmedia/mediapackages/giadrgpl_rgpl/documentsmain/201109131310498d16_lucienemariepavaoriginal.pdf>
  • PAVANELO, Luciene Marie. Camilo e a paródia do ultrarromantismo: o (anti-)herói romântico. In MUNIZ, Márcio, e SEIDEL, Roberto. Novos nortes para a literatura portuguesa. Organizador. 1 ed.. Feira de Santana : UEFS, 2007. cap. 29. p. 293-299.
  • PAVANELO, Luciene Marie. O narrador camiliano e o seu olhar distanciado entre o coração e o estômago. In ALVES, Carla Carvalho, et al. Repensando a literatura portuguesa oitocentista : ensaios críticos. Organizador. 1 ed.. São Paulo : Biblioteca 24X7, 2010. cap. 3. p. 67-92.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.