• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-23072018-155616
Documento
Autor
Nome completo
Paulo César Ribeiro Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Franco, Marcia Maria de Arruda (Presidente)
Bastazin, Vera Lúcia
Cunha, Maria Zilda da
Iumatti, Paulo Teixeira
Título em português
As narrativas do bom diabo na cultura popular portuguesa da Idade Moderna à etnografia romântica
Palavras-chave em português
Diabo
Etnografia
Folclore europeu
História cultural
Religião popular portuguesa
Resumo em português
O presente estudo analisa a figura do diabo benfazejo na literatura tradicional portuguesa. O corpus selecionado é composto pela novela exemplar de autoria anônima Obras do Diabinho da Mão Furada, que remete ao século XVII, e por uma seleção de contos populares recolhidos sobretudo durante o século XIX. Partindo das considerações teóricas contemporâneas referentes ao pensamento mitológico, às poéticas da oralidade e a sua preservação pela cultura escrita por meio de variantes textuais, faz-se uma crítica à romantização de tradições populares e aos pressupostos nacionalistas que marcaram o raiar da folclorística europeia para então analisar a contraposição das diferentes representações de tal figura a oficial, de origem bíblica, e outra popular, de natureza mítica e pagã. Nesse sentido explora-se a associação deste bom diabo a bruxas, fadas, pesadelos e à construção de pontes como forma de demonstrar a pertinência do pressuposto que justifica e norteia este estudo: o de que o bom diabo das narrativas populares portuguesas alude às personagens míticas do folclore pagão, diabolizadas com o advento do Cristianismo. A correspondência entre os traços arquetípicos (Levi-Strauss) dos bons diabos ao dos duendes, gnomos, trasgos e outros pequenos seres da mitologia pagã é demonstrada com as análises dos textos de natureza oral que compõem o corpus elencado. As gravuras e outras representações pictóricas concernentes aos eixos temáticos desta investigação corroboram as perspectivas teóricas multidisciplinares em que o presente trabalho se baseia, fronteiriças à etnografia: os estudos culturais e religiosos, a literatura morigerante e a história do livro em seus aspectos filológicos, tipográficos e pictóricos.
Título em inglês
The good devils narratives in Portuguese folk culture from the Modern Age to the romantic ethnography
Palavras-chave em inglês
Cultural history
Devil
Ethnography
European folklore
Portuguese popular religion
Resumo em inglês
The present study analyzes the figure of the beneficent devil in the traditional Portuguese literature. The selected corpus is composed by the exemplary novel of anonymous authorship Obras do Diabinho da Furada, which refers to the seventeenth century, and a selection of folktales collected mainly during the nineteenth century. Starting from the contemporary theoretical considerations referring to mythological thought, poetics of orality and its preservation by written culture through textual variants, that is, from its critique to the romanticizing of popular traditions and the nationalist assumptions that marked the dawn of European folkloristics, it is told about the contrast of the different representations of such a figure an official of biblical origin and a popular one of a mythical and pagan nature. In this sense we explore the association of this good devil with witches, fairies, nightmares and the construction of bridges as a way of demonstrating the pertinence of the presupposition that justifies and guides this study: that the good devil of Portuguese popular narratives alludes to the mythical characters of pagan folklore, diabolized with the advent of Christianity. The correspondence between the archetypal traits (Levi-Strauss) of the good devils to the goblins, gnomes and other little people of pagan mythology is demonstrated by the analysis of the oral texts that make up the listed corpus. The engravings and other pictorial representations concerning the thematic axes of this investigation corroborate the multidisciplinary theoretical perspectives on which the present work is based, bordering on ethnography: cultural and religious studies, moralizing literature and the history of the book in its philological, typographic and pictorial aspects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.