• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-14012013-141332
Documento
Autor
Nome completo
Kátia Cristina Franco de Medeiros Suelotto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Lopondo, Lilian (Presidente)
Alvarez, Aurora Gedra Ruiz
Pereira, Helena Bonito Couto
Ribeiro, Raquel de Sousa
Silva, Edson Santos
Título em português
O narrador e seus duplos em Nenhum olhar e em Cemitério de pianos, de José Luís Peixoto
Palavras-chave em português
Cosmovisão cristocêntrica
Duplicação
Foco narrativo em primeira pessoa
José Luís Peixoto
Mito
Resumo em português
O principal objetivo desta tese é a investigação do foco narrativo nos romances Nenhum olhar e Cemitério de pianos, de José Luís Peixoto, com vistas a defender a hipótese de que o narrador em primeira pessoa promove a assunção de duplos. Ambas as obras trazem personagens que contam a sua história e, no processo da narração, entram em contato consigo mesmas, sob uma perspectiva pautada nas deformações intrínsecas à passagem do tempo. Nesse sentido, a faculdade da memória assume um papel fundamental na relativização do passado. Trata-se, em primeiro lugar, de uma análise do plano da expressão. Concomitante à questão do narrador e seus duplos, observamos que o conteúdo de ambos os romances evoca o tema da busca da salvação. Compreendemos que a concepção de mundo que permeia as referidas obras está pautada na jornada de Cristo na Terra e, em especial, ao drama da Paixão. Concluímos, pois, que, ao desejo do narrador em primeira pessoa de contar a sua história, estão intimamente relacionados o fenômeno do duplo e a negação da morte. Desse modo, por meio da duplicação, as personagens entram em contato com uma realidade supratemporal, fundada no mito.
Título em inglês
The narrator and his double in Nenhum olhar and Cemitério de pianos, by José Luís Peixoto
Palavras-chave em inglês
Christocentric worldview
Duplication
First-person narrative focus
José Luís Peixoto
Myth
Resumo em inglês
The main objective of this thesis is the investigation of narrative focus on novels Nenhum olhar and Cemitério de pianos, by José Luís Peixoto, in order to defend the hypothesis that the first-person narrator promotes the assumption of doubles. Both works bring characters to tell their story and in the process of narration, get in touch with themselves, a perspective based on the deformations intrinsic to the passage of time. In this sense, the faculty of memory plays a key role in the relativization of the past. It is, firstly, an analysis of the level of expression. Concomitant with the question of the narrator and his double, we observed that the contents of both novels evoke the theme of the quest for salvation. We understand that the world view that permeates these works is based on the journey of Christ on Earth and in particular the drama of the Passion. Therefore we conclude that the desire of the first-person narrator to tell his story, are closely related to the phenomenon of the double and the denial of death. Thus, by duplicating the characters come into contact with supratemporal reality, founded on myth.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.