• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-10092015-183343
Documento
Autor
Nome completo
Caroline de Almeida Nascimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Corradin, Flavia Maria Ferraz Sampaio (Presidente)
Curvello, Maura Bottcher
Machado, Alleid Ribeiro
Título em português
Uma leitura intertextual da história e da literatura portuguesas por Helder Costa
Palavras-chave em português
Brecht
Camões
Helder Costa
História
Intertextualidade
Teatro
Resumo em português
O presente estudo consiste na análise e na interpretação crítica do texto teatral A Viagem Camões Poeta prático, de autoria do encenador e dramaturgo português Helder Costa, sob a óptica do emprego de recursos intertextuais como a paródia, a paráfrase e a estilização, que compõem o tecido textual, que traz à baila episódios da história lusitana, trajados em novas roupagens, distintas, sob diversos aspectos, daquelas que predominam no imaginário coletivo luso. A partir da visão brechtiana de teatro, de que a função social dessa arte reside, em grande medida, em despertar a consciência popular para a situação do presente por meio da reflexão sobre o passado, o texto teatral, objeto da presente pesquisa, estabelece diálogo entre o pretérito áureo das expansões marítimas e o contexto de escrita da peça, logo após o término da ditadura salazarista. Outro enfoque desse trabalho é o atrito gerado a partir do emprego da metaficção historiográfica no preenchimento das lacunas deixadas pelos incontestáveis fatos históricos (mote para a escrita da peça teatral de Helder Costa), que são ficcionalizados de modo a evidenciar questões acerca da arbitrariedade das fronteiras entre Literatura e História. Observa-se, ora no plano macro, ora no plano micro, que a peça de Helder Costa configura-se como uma proposta de revisão da essência saudosista do ser português.
Título em inglês
An intertextual reading of the Portuguese history and literature by Helder Costa
Palavras-chave em inglês
Brecht
Camões
Helder Costa
History
Intertextuality
Theater
Resumo em inglês
This study consists in the analysis and the critical interpretation of the theatrical text A Viagem Camões Poeta prático (The Journey Camões Practical poet), written by the Portuguese director and playwright Helder Costa, from the perspective of the employment of intertextual features such as parody, paraphrase and styling, which compose the textual content, which narrates episodes of the Portuguese history, repackaged, different in several respects from those that predominate in the Portuguese collective imagination. Based on the perspective of the Brechtian theater, that the social function of this art largely lies in the awakening of the popular awareness of the present through a reflection about the past, the theatrical text, object of this research, establishes a dialogue between the golden past of the maritime expansions and the context of the period in which the play was written, soon after the end of Salazars dictatorship. Another focus of this work is the friction generated from the use of historiographical metafiction in filling the gaps left by the incontrovertible historical facts (a motto for the writing of Helder Costas play), which are fictionalized in order to highlight questions regarding the arbitrariness of the borders between Literature and History. It can be observed, both in the macro and in the micro plan, that Helder Costas play is configured as a proposal to revise the nostalgic essence of the Portuguese being.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.